Tamanho do texto

Ficar de olho na alimentação e manter uma rotina de cuidados com os fios estão na lista de práticas bem-vindas quando o assunto é crescimento capilar

Você já sentiu como se o seu cabelo tivesse "estagnado" em um comprimento? Sim, nós sabemos como não conseguir o crescimento desejado para os fios pode ser algo bastante frustrante. Porém, existem algumas razões — a maior parte ligadas ao funcionamento do seu organismo — que podem ser a causa desse dilema capilar e, também, podem estar dificultando suas alternativas de saber o que fazer para o cabelo crescer saudável

Ao descobrir o que fazer para o cabelo crescer, lembre-se que o seu organismo é um dos responsáveis pela nutrição dos fios
shutterstock
Ao descobrir o que fazer para o cabelo crescer, lembre-se que o seu organismo é um dos responsáveis pela nutrição dos fios


De acordo com Kevin Porto, tricologista da clínica Mais Excelência Médica, a taxa científica é que os fios crescem de 0,5 a 1 centímetro por mês. Como um profissional especializado em cabelos, porém, ele afirma que isso pode variar, já que o crescimento é ligado à genética. "Por esse motivo existe a diferença de comprimento entre o cabelo de uma pessoa e de outra", explica. Mas, afinal, o que fazer para o cabelo crescer  ?

Ao Delas , a dermatologista Ana Carolina Sumam afirma que o primeiro passo é procurar a ajuda de um especialista. "A primeira coisa que tem que ser feita é uma avaliação do paciente para verificar se esse cabelo realmente não está crescendo, o que é muito raro, ou se é um quadro de queda ou quebra do fio", diz.

Segundo ela, muitas pessoas reclamam dos fios, mas que isso geralmente é apenas uma frustração. "Sempre há uma queixa de que o cabelo não está crescendo como esse paciente gostaria ou como já cresceu no passado, mas esse crescimnento mais lento é algo normal porque a taxa metabólica do nosso organismo vai diminuindo com a idade."

Como o crescimento dos fios é algo que varia de pessoa para pessoa e, infelizmente, não existe nenhuma "fórmula mágica" que pode ajudar nessa missão, o Delas separou algumas dicas sobre o que fazer para o cabelo crescer e que podem te ajudar a ter um cabelo digno de sereia; confira: 

1. Foque em manter sempre uma boa alimentação

A nutrição dos cabelos  , assim como da pele, das unhas e de todo o resto do corpo, depende do que você come. Sim, apesar de soar como um "conselho de mãe", a verdade é que você precisa de vitaminas, minerais, nutrientes e outros benefícios para poder manter a beleza em dia. Por isso, procure sempre comer comidas saudáveis e evitar gorduras, frituras e tudo aquilo que sabemos que (infelizmente) faz mal para o nosso corpo. 

"Geralmente, quando o cabelo para de crescer assim, mesmo sendo uma coisa mais difícil de acontecer, está ligado à deficiência de vitaminas que, por sua vez, pode ter a ver com a alimentação dessa pessoa", afirma a dermatologista. Claro, não quer dizer que você precise deixar de comer hambúrguer para sempre, é só não exagerar na dose. 

2. Procure manter a saúde dos fios em dia

Químicas muito agressivas ou produtos que não são adequados para o seu cabelo podem, sim, influenciar na saúde dos fios. A principal dica de o que fazer para o cabelo crescer é sempre observar os ingredientes de shampoo, condicionador e demais cremes que você costuma usar.

Segundo Ana Carolina, o ideal é buscar alternativas que agridam menos o couro cabeludo. Exemplos disso são os chamados "cosméticos leves", que não têm componentes químicos pesados , como sulfato, parabenos e silicones, ou aderir à técnicas de lavagem que não retiram a proteção natural dos fios, como  "low poo" e "no poo".

O corte, apesar de fazer o contrário e ajudar a crescer, também pode reduzir a quebra. "Cortar as pontas regularmente pode ajudar na estética do fio, deixando-o com maior peso nas pontas e reduzindo a quebra ao pentear", diz Kevin. 

3. Não durma de cabelo molhado

A especialista afirma que não há nenhum problema em lavar os cabelos todos os dias e isso não tem nenhuma influência no crescimento dos fios. O que pode afetá-los é outra questão: não secar os cabelos antes de dormir. "Dormir com o cabelo molhado pode ocasionar o crescimento de fungos e de dermatite seborreica, que pode resultar na queda de cabelo."

Kevin complementa que lavar os cabelos é um hábito importante para evitar problemas capilares e pode interferir diretamente na saúde dos fios. "O cuidado regular, como a maneira correta de lavar os fios e de aplicar os produtos no couro cabeludo, também é algo que pode evitar o efeito de uma calvície", diz. 

4. Fique de olho na sua saúde

Além da questão alimentar, existem outros fatores ligados ao organismo que podem afetar a saúde dos cabelos. Por isso, é sempre importante estar com os exames atualizados e a visita ao especialista em dia. "A  interrupção do crescimento pode estar ligada à várias questões, entre eles, a taxa hormonal ou nível de stress", comenta o tricologista.

Assim, quando os hormônios do nosso corpo estão desequilibrados, eles podem causar um efeito avalanche, atrapalhando no crescimento e, até mesmo, causando queda. Se você desconfiar que isso está acontecendo, procute um médico que possa indicar o tratamento certo. 

5. Busque tratamentos específicos

Apesar de cuidar dos fios ser muito importante, existem procedimentos que são mais focados em problemas de crescimento. Há tratamentos clínicos, como a fototerapia, que utiliza a luz de laser para oxigenar o couro cabeludo e aumentar a renovação celular. Os fatores de crescimento (FGF e VEGF) tópicos para estimular o corpo a produzir/aumentar esse crescimento ou via oral. Tudo, claro, indicado por um especialista", afirma o profissional. 

Tomar suplemento está também entre o que fazer para o cabelo crescer

Os suplementos podem ser uma opção quando se está buscando o que fazer para o cabelo crescer, mas com indicação
shutterstock
Os suplementos podem ser uma opção quando se está buscando o que fazer para o cabelo crescer, mas com indicação

Talvez você esteja se perguntando se os sumplementos estão entre as dicas de o que fazer para o cabelo crescer e, na realidade, a resposta é sim! Ana Carolina explica que essas cápsulas específicas para ajudar no crescimento podem fazer efeito porque são indicadas exatamente para os casos de falta de vitaminas. 

"As células dos folículos capilares tem uma taxa metabólica muito grande, ou seja, precisam de uma quantidade grande de nutrientes para conseguir se multiplicar e crescer. Então se o nosso organismo está passando por qualquer problema, ele vai priorizar o órgão que está sendo afetado e deixar de levar nutrientes para o cabelo. Por isso, aumentar esses nutrientes, seja com alimentação ou suplementos, pode ajudar", diz.

Geralmente, o recomendado são sumplementos com zinco, ferro, silício ou vitaminas A, B e C, mas isso vai depender da necessidade de cada pessoa. Kevin complementa, lembrando que a visita ao especialista também é importante caso esteja buscando essa solução para o crescimento dos fios. "É importante compreender cada caso e buscar ajuda de um profissional especializado que saiba indicar o que fazer para o cabelo crescer ", finaliza. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.