Tamanho do texto

Delas conversou com um especialista em perfumaria para saber o que deve ser levado em conta na hora de escolher uma fragrância, e até clima interfere

A escolha de um perfume não deve levar em consideração apenas o gosto da pessoa. A estação do ano e o clima também devem ser considerados nessa hora, já que a temperatura do dia também vai interferir na aderência da fragrância na pele.

Leia também: Meia com sandália no lugar da queridinha ankle boot; você usaria?

Ideal na hora escolher um perfume é passar na pele e esperar alguns minutos para saber como ele vai ficar de fato
Shutterstock
Ideal na hora escolher um perfume é passar na pele e esperar alguns minutos para saber como ele vai ficar de fato

Em entrevista ao Delas , o especialista em perfumaria Cesar Veiga, do Núcleo de Inteligência Olfativa do Boticário, explica que nos dias de baixa temperatura, por exemplo, o corpo transpira menos e, consequentemente, o perfume evapora e exala em menor quantidade. “Já nos dias mais quentes o corpo produz mais suor, reação que faz com que a pele exale a fragrância em maior quantidade, destacando todas suas notas. Por isso, embora não exista uma regra, algumas fragrâncias são mais recomendadas para climas mais frios.”

Quando a estação é o inverno ou o dia está mais frio, é possível abusar das notas mais adocicadas, com toque de  florais opulentos mais densos e especiarias mais quentes, como o cravo e a canela. No caso dos dias com clima mais ameno, as fragrâncias das famílias orientais quentes, amadeirados ambarados e os Chypres são os ideais. ”Elas passam mais a sensação de calor e aconchego. Essas famílias olfativas se fazem mais presentes, têm aroma mais marcante e, por isso, combinam tanto com o inverno.”

Leia também: Dress code: confira dicas para não errar ao mudar de empresa

Se o seu perfume favorito é como os citados acima e você não abre mão de passá-lo nem mesmo nos dias mais quentes, a dica é aplicar doses menores. Caso contrário vai ficar exagerado. Quando estamos no verão os melhores são os florais frescos, as lavandas, os cítricos e aromáticos. “Essas são notas mais leves, que combinam mais com o verão. Mas, se quiser usá-las no inverno, pode abusar um pouco na quantidade, para que elas estejam mais presentes.”

Como escolher um perfume?

Melhor forma de encontrar as fragrâncias que mais combinam com você e te agradam é experimentando, segundo Cesar
Shutterstock
Melhor forma de encontrar as fragrâncias que mais combinam com você e te agradam é experimentando, segundo Cesar

Tem gente que não deixa de passar perfume nem mesmo na hora de dormir. Em contrapartida, tem outras pessoas que gostam da ideia das fragrâncias, mas tem medo de exagerar ou não sabem como usar. Se você tem dúvidas sobre como escolher e como usar um perfume, nós conversamos um pouquinho mais com Cesar Veiga sobre o assunto. Confira:

Delas: O que levar em consideração na hora de comprar um perfume?

Cesar Veiga:  A escolha de uma fragrância é algo muito particular. A melhor forma de encontrar aquelas que você mais gosta é experimentando. Dedique um tempo testando as opções em sua pele. Todo mundo tem o seu próprio cheiro e, por isso, a mesma fragrância pode apresentar variações em pessoas diferentes ou na fita olfativa. Lembre-se também que uma fragrância tem nuances, notas que se expressam primeiro e outras que aparecem ao longo do tempo. Por isso, o ideal é passar na pele e esperar alguns minutos para reconhecer o coração de uma fragrância e aí, sim, ter certeza que ela te agrada.

Vale lembrar, também, que o tipo de produto que você compra determina o tempo de durabilidade que ele vai ter na sua pele. Se você quer que ele fique mais tempo, escolha um eau de parfum (tipo de perfume), que tem mais concentração de essência e, por isso, mais poder de fixação. Se você prefere algo mais leve, que você pode usar em abundância, e não se importa em reaplicar ao longo do dia, pode escolher uma água de colônia ou splash, por exemplo. Essa diferença de tipos de fragrância também interfere no preço que ela vai ter.

Delas: Em que lugar do corpo deve ser aplicado o perfume?

Cesar Veigas:  Não há regras definidas para a maneira de aplicar uma fragrância, mas algumas regiões, como parte de trás do pescoço, pulsos, atrás da orelha e cotovelos, são regiões do corpo que aderem muito bem a fragrância, auxiliando na durabilidade do aroma.  Estas partes são levemente mais quentes e têm uma maior circulação sanguínea, ou seja, passa mais sangue no local e isso faz com que a perfume evapore suavemente, liberando a fragrância aos poucos.

Parte de trás do pescoço, pulsos, atrás da orelha e cotovelos são regiões do corpo que aderem muito bem a fragrância
shutterstock
Parte de trás do pescoço, pulsos, atrás da orelha e cotovelos são regiões do corpo que aderem muito bem a fragrância


Delas: Alguma dica para mulheres que não sabem muito bem usar perfume mas querem começar?

Cesar Veigas:  A recomendação é começar e ir testando, aos poucos, porque essa é a melhor maneira de descobrir uma fragrância que mais combina com a sua personalidade e gosto olfativo. Ela pode começar pelos florais com leves toques frutais e musk (tio de perfume). Normalmente são mais fáceis de usar e não tem erro.

Leia também: Boca com batom vermelho é aposta de uma das mais influentes maquiadoras do mundo

Não existe momento inapropriado para usar perfume, mas é preciso ter noção na quantidade que você vai passar
shutterstock
Não existe momento inapropriado para usar perfume, mas é preciso ter noção na quantidade que você vai passar


Delas: Existe algum momento em que o perfume é proibido?

Cesar Veigas:  Eu acredito que não. Tem muita gente que gosta de usar até para dormir. As fragrâncias de qualidade são testadas para não causar alergia ou manchas na roupa e na pele, mesmo quando expostas ao sol. Então, o que vale mesmo é o bom-senso – para a quantidade e o tipo de fragrância.

Uma boa dica é evitar usar perfume, mesmo que você o ache bem fraquinho, quando for visitar bebês muito novinhos. Como eles são muito sensíveis, o cheiro pode desencadear reações alérgicas. Melhor deixar para visitá-lo "mais cheirosa" quando ele já tiver completado um ano. Além disso, academia também não é um ambiente muito favorável para a frangância, já que ela pode se misturar ao suor e incomodar quem está treinando perto de você.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.