Tamanho do texto

Se hoje as naturais ganharam espaço, antes valia até mesmo raspar os pelos

Se hoje as sobrancelhas estão respeitando o desenho natural do rosto, nem sempre foi assim. Aqueles pelinhos acima dos olhos chamam muita atenção e sempre foram alvo das mulheres. Nos anos 60, 70 e 90, a moda era deixá-las bem fininhas (tanto que algumas mulheres atualmente sofrem com a falta de pelos).

Leia também: Looks metalizados e nada óbvios são tendência para a moda primavera/verão

Atriz Lily Collins chama atenção pelas sobrancelhas grossas e preenchidas, que estão totalmente liberadas agora
Shutterstock 19.05.2017
Atriz Lily Collins chama atenção pelas sobrancelhas grossas e preenchidas, que estão totalmente liberadas agora

Ao longo das décadas, houve mudanças também no formato das sobrancelhas , que foram desenhadas para serem mais ou menos arqueadas. A especialista no assunto Fatima Bahia explica mais sobre a evolução da sobrancelha. Confira:

Anos 50

As sobrancelhas de Marilyn Monroe e Audrey Hepburn foram exemplo para muitas mulheres na década de 50
Pixabay
As sobrancelhas de Marilyn Monroe e Audrey Hepburn foram exemplo para muitas mulheres na década de 50

As musas da época eram Audrey Hepburn e Marilyn Monroe. O desenho mais arqueado, comprido, bem marcado e preenchido remetia a sensualidade e determinação.

Anos 60

Modelo Lesley Lawson, a Twiggy, foi exemplo para as sobrancelhas mais finas em uma época valia até raspar
Facebook/Lesley Lawson/Reprodução
Modelo Lesley Lawson, a Twiggy, foi exemplo para as sobrancelhas mais finas em uma época valia até raspar

“Nesta época, as sobrancelhas afinaram e assim os rostos perderam expressão. É fácil notar que a sobrancelha mais fina também envelhece o rosto, deixando a sobrancelha mais apática”, explica a especialista.

De acordo com Fatima, nesta época começou o terror de qualquer designer de sobrancelha: o hábito de raspar os pelos com lâmina e desenhar o arco com lápis.

Leia também: Mulher consegue se transformar em qualquer personalidade usando apenas maquiagem

Anos 70

Loiras como Farrah Fawcett não costumavam escurecer os pelos na década de 70, deixando o desenho bem natural
Pixabay
Loiras como Farrah Fawcett não costumavam escurecer os pelos na década de 70, deixando o desenho bem natural

Depois da moda indicar que as mulheres deveriam ter a sobrancelha bem fininha, os pelos conseguiram uma pequena trégua, e o arco ficou um pouco mais natural, ainda que fino. “As loiras, como Farrah Fawcett deixavam as sobrancelhas clarinhas mesmo, sem o uso de lápis”, diz Fatima.

Anos 80

Brooke Shields usava uma sobrancelha bem natural, até com pelos a mais que o mais usado, e bem reta da década de 80
Shutterstock
Brooke Shields usava uma sobrancelha bem natural, até com pelos a mais que o mais usado, e bem reta da década de 80

“As sobrancelhas passaram a ser grossas e bem definidas, às vezes com pêlos até demais, como as usadas por Malu Mader e Brooke Shields”, explica a especialista. Segundo Fatima, este formato mais reto pode deixar algumas mulheres com o olhar apático.

Anos 90

Sobrancelhas voltaram a ficar finas e levemente arqueadas na década de 90, assim como a modelo Cindy Crawford usava
Shutterstock
Sobrancelhas voltaram a ficar finas e levemente arqueadas na década de 90, assim como a modelo Cindy Crawford usava

“As sobrancelhas tomaram formato mais arqueado, mas voltaram a ficar mais finas. O costume era limpar bem os excessos e deixá-las levemente arqueadas, como a modelo Cindy Crawford”, lembra Fatima.

Anos 2000

Nos anos 2000, as sobrancelhas ficaram mais definidas, mas ainda eram mais finas do que as que vemos hoje em dia
Shutterstock
Nos anos 2000, as sobrancelhas ficaram mais definidas, mas ainda eram mais finas do que as que vemos hoje em dia

“Começou a era de sobrancelhas definidas, mas ainda eram afinadas em relação a tendência atual”, pontua a especialista. Foi mais ou menos nos anos 2000 que as mulheres começaram a perceber que tirar demais os fios poderia gerar consequências irreversíveis para o desenho.

Anos 2010 até atualmente

Modelo Cara Delevingne foi uma das mulheres que inspiraram outras a assumirem suas sobrancelhas mais grossas
Instagram/caradelevingne/Reprodução
Modelo Cara Delevingne foi uma das mulheres que inspiraram outras a assumirem suas sobrancelhas mais grossas

Um desenho mais grosso e preenchido passou a tomar conta das capas de revistas e sites. “A mulher se conscientizou que uma sobrancelha mais cheia rejuvenesce e harmoniza o rosto”, afirma Fatima. Foi quando a micropigmentação virou febre entre famosas e anônimas. Sofia Vergara, Cara Delevingne e Lily Colins viraram exemplo para muitas mulheres.

Cuidados, erros e truques

Pioneira em sobrancelhas e na técnica de micropigmentação 3D, Fatima Bahia alerta que um dos piores erros cometidos é afinar demais o desenho da sobrancelha. “As mulheres tem o dedo nervoso com a pinça e começam a querer tirar os pêlos em casa mesmo, o que causa falhas muito facilmente. Crie uma rotina para fazer o design uma vez ao mês”, aconselha.

Leia também: Inspire-se: maquiagem abaixo dos olhos é tendência para o inverno

Por outro lado, arquear em excesso também pode deixar a mulher com um olhar estranho. “As pessoas tendem a achar que quanto mais arqueada mais bonita e elegante fica, mas não é verdade. Primeiramente, deve-se avaliar o formato do rosto, musculatura e o desenho natural da mulher, pois nem sempre intensificar o arco fica bom e natural. Em segundo lugar, há um risco de transmitir arrogância e vilania.”

O melhor é procurar bem e escolher um profissional em quem você possa confiar. Ficar trocando toda hora de profissional pode não ser uma boa ideia. Conhecer o trabalho da pessoa e definir o desenho que melhor se encaixa para o seu perfil por diminuir as chances de falhas nos pelos.

Outro erro comum é descolorir os fios. “Se você é loira, sua sobrancelha não pode ser muito escura ou preta, claro, mas não use descolorante no local, pois isso enfraquece os pelos e causa queda. Existe uma tinta específica para esta área. Além disso, a sobrancelha sempre deve ser um pouco mais escuras do que os cabelos, mas nunca use descolorante”.

Leia também: Chip da beleza: para quem é indicado e quais os riscos desse implante hormonal?

Já para mantê-las bonitas após o design, o truque de Fatima é sempre pentear os pelos para cima com uma escovinha. E, caso tenha falhas que te incomodem, preencha com uma sombra marrom sutilmente. "Nunca use sombra preta, entretanto, porque vai pesar”. Hoje, já existem produtos específicos para a correção das falhas, mas o melhor mesmo é ir testando para ver o quanto de pigmento você precisa para ficar natural.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.