Tamanho do texto

A mulher conta que, apesar de ter se envolvido emocionalmente, percebeu que o homem não sentia a mesma coisa. Por isso, ela decidiu se afastar dele

Uma jovem de 21 anos (cuja identidade não foi divulgada) compartilhou no fórum Mamamia sua experiência se relacionando com um homem casado e 11 mais velho. No relato sobre a traição, ela conta que "caiu nos charmes dele" assim que o conheceu.

Leia também: Traição tem a ver com amor? Veja o que mulheres que já traíram têm a dizer

homem beijando o pescoço da mulher, os dois deitados na cama arrow-options
shutterstock
A mulher afirma que ficou envolvida emocionalmente com o homem, mesmo sabendo que eles estavam cometendo traição


A mulher conta que conheceu o empresário de 32 anos quando estava em um bar e ele deixou claro que é casado. Antes de ir embora, ele pediu o número dela para que eles pudessem manter contato e se tornassem "amigos". Na mesma semana, eles marcaram de ir ao cinema durante o dia e foi quando a amizade evoluiu para uma traição  .

O casal se beijou pela primeira vez nesse encontro. "Nós transamos no carro dele alguns dias depois. Depois disso, passamos a nos ver quase todos os dias — ele vinha ao meu apartamento no caminho do escritório para casa e nós fazíamos o melhor sexo da minha vida", diz. 

Mesmo sabendo que ele é casado , a anônima afirma que se tornou "viciada com o perigo e a adrenalina" de viver um affair. Por causa desse status de relacionamento, ela passou a mentir para amigos e familiares, e logo se viu envolvida emocionalmente com o homem. 

Leia também: É possível esconder um caso? Mulher adepta da traição prova que sim

"Um dia eu falei que o amava e ele me disse 'eu te amo' de volta. O nosso sexo ficou ainda melhor", conta. Ela afirma, porém, que logo depois ele disse ter se arrependido do que falou e hoje percebe que as declarações foram feitas no calor do momento, já que ela estava animada por se relacionar com um homem mais velho. 

Esse momento a fez despertar e perceber que ele não deixaria a esposa e os filhos para ficar com ela, além de que a relação deles era "feita de encontros e sexo casuais". Assim, começou a sair com outras pessoas e ficar "menos disponível" para ele.

"Eu comecei a jogar o fato dele ser casado na cara dele. Fazia comentários sobre como é bom quando os homens não mentem para a mãe de seus filhos. Bons homens não traem as esposas", comenta. Os dois se afastaram e começaram a se relacionar com outras pessoas.

Leia também: Ao descobrir traição de uma década atrás, esposa enfrenta dilema

Hoje, ela diz que vê o relacionamento como  "tóxico" . "Depois de diversas tentativas, com muita dor e lágrimas, eu finalmente bloqueei o número dele e nunca mais nos falamos", diz. Ela aconselha outras mulheres a não "caírem no erro" de se envolver com um homem que não tem comprometimento e afirma que mesmo com a "adrenalina da  traição  " não valeu a pena.