Tamanho do texto

"Nunca procurei por amor, estava apenas focando nos meus próprios objetivos", diz americana. Mas ela e o "daddy" acabaram se apaixonando

Miranda Canady, de 20 anos, é uma garçonete norte-americana que conheceu seu atual marido, Aaron Combs, de 34 anos, por meio de um site de relacionamentos entre sugar daddy e sugar babies .

Leia também: Ela é 32 anos mais nova do que o parceiro e afirma: "Ele não é meu sugar daddy"

jovem se casa com sugar daddy arrow-options
Reprodução/Facebook/Aaron Combs
A jovem e o rapaz, que têm 14 anos de diferença de idade, se conheceram em um site de relacionamentos

A diferença de idade de 14 anos entre eles e o modo como o namoro iniciou não é um problema para o casal. Miranda conta que o parceiro lhe pagava 240 libras, equivalente a R$ 1240 por encontro quando era seu sugar daddy .

A jovem morava em Kansas, Estados Unidos, quando criou uma conta no site de relacionamentos em julho de 2017 com o objetivo de ter mais "perspectiva de vida".  "Eu nunca procurei por amor, estava apenas focando nos meus próprios objetivos", diz ela ao portal Mirror .

"No começo foi divertido. Conheci homens de sucesso e recebi até R$ 15.512 de um deles. Também recebi muitos presentes, como joias, roupas, perfumes e flores", afirma.

"Os homens com quem namorei eram inteligentes, bem-sucedidos, generosos e compassivos. Eles nunca me fizeram sentir desconfortável, mas eu sabia que eles estavam lá para se sentirem felizes, como se algo estivesse faltando em suas vidas", conta Miranda.

Leia também: Ela tem 25 anos e ele, 45: mulher diz que diferença de idade causa humilhação

O relacionamento do casal

mulher se casa com sugar daddy arrow-options
Reprodução/Facebook/Aaron Combs
Miranda e Aaron se casaram em junho de 2019 e não se arrependem: "É possível encontrar alguém em qualquer lugar"

Miranda afirma que conheceu Aaron Combs no mesmo mês que criou o perfil no site e, com 14 anos de diferença de idade , ele logo se tornou seu sugar daddy . O casal concordou em ter um relacionamento benéfico para ambos, então o homem pagava sempre R$ 1240 após cada date .

Com o passar do tempo, entretanto, o namoro ficou um pouco mais sério. "Percebi que as coisas estavam ficando mais sérias após o quarto encontro", relembra Combs. "Acabamos saindo só porque queríamos", complementa. Com isso, Miranda não queria mais ser paga pelo rapaz.

No momento em que o relacionamento passou para outro nível, em abril de 2018, Combs precisou se mudar para Cincinnati, em Ohio, e comprou uma passagem de avião para Miranda se juntar a ele.

Leia também: Sexo na 1ª noite? Nada disso! "Amante em série" ensina a seduzir um homem rico

Em 27 de junho desse ano o casal oficializou a união e se diz muito feliz. "Se você pode abrir sua mente e seu coração, é possível encontrar alguém em qualquer lugar", declara Miranda. "Alguns sugar babies,  provavelmente, estão lá apenas para seu próprio benefício e ficam em alerta [para não se apaixonar], mas há alguém lá fora para todos", garante a garçonete.

A dupla reforça não ter arrependimentos quanto à decisão de se casarem depois de serem sugar daddy e sugar baby um do outro. "Aaron é a minha pessoa. Ele me trata com respeito, valoriza minha opinião e quer que eu seja o melhor que posso ser", destaca a jovem. Aaron Combs finaliza: "Sinto que as pessoas encontram amor quando não o procuram. Eu estava procurando uma amiga, mas acabei encontrando o amor da minha vida".