Tamanho do texto

Mulher conta detalhes da experiência e diz que gravidez foi uma surpresa

Após o nascimento do filho, cada mulher tem um tempo para poder sentir-se pronta para voltar a ter relações sexuais . Enquanto algumas podem levar semanas - ou meses - uma mãe que vive em Londres, na Inglaterra, revelou ter feito sexo com o companheiro em uma cama hospitalar duas horas após dar à luz seu quarto filho.

mulher beijando sua filha
Arquivo pessoal
Deborah Hodge, de Londres, conta que fez sexo em uma cama hospitalar duas horas após o nascimento da sua filha

Em entrevista ao The Sun , Deborah Hodge, de 44 anos, conta que após o nascimento do seu bebê, Amelia, no dia 25 de julho de 2013, ela foi levada para uma sala privada para que pudesse se recuperar do parto. Seu parceiro, por sua vez, deitou-se ao seu lado na cama hospitalar e, após alguns abraços, logo começaram a fazer sexo.

“Eu gosto muito de sexo. Havia uma proximidade incrível entre nós. Eu não me sentia sexy, mas me sentia especial. Eu não podia acreditar que tínhamos feito isso. Coloquei a culpa em todos os medicamentos que eu estava usando”, declara a escritora. Ela ainda ressalta que não sentiu nenhum desconforto no momento.

Deborah explica que na época tinha 39 anos e ele, 24, e realmente achou que não poderia engravidar novamente por conta das menstruações irregulares. Mas, pouco antes do Natal de 2012, descobriu que iria ter mais um bebê.

O casal, que estava em um relacionamento há nove meses,  fazia sexo de três a quatro vezes por semana. Três dias após saírem do hospital, Deborah e o rapaz voltaram a ativa. No entanto, a relação chegou ao fim poucos meses após o nascimento de Amelia.

Quando a mulher deve voltar a ter relações sexuais após dar à luz?

casal deitado na cama de pijama
shutterstock
Especialista consultada pelo Mirror dá algumas dicas. No entanto, o importante é que a mulher sinta-se pronta e confortável

Especialista consultada pelo  Mirror diz que não há regras. Cada casal é diferente – e o processo de recuperação pós-parto é diferente para todas as mulheres. 

A médica Karen Morton explica que um pequeno número de casais pode se sentir confortável para já fazer sexo novamente no primeiro mês. Por outro lado, alguns tendem a esperar de três a seis meses.

Ela lista algumas recomendações:

  • Espere que a mulher esteja emocionalmente e fisicamente pronta

“Um novo bebê gasta uma enorme quantidade de tempo, sono e energia – e tem um grande impacto emocional”, diz. Além disso, os hormônios e as mudanças envolvidas com a amamentação podem reduzir o desejo sexual, causar secura vaginal e até mesmo dor.

  • Use métodos contraceptivos

Mesmo quando a mãe está amamentando,  Karen diz ter encontrado muitas mulheres com filhos de apenas 10 meses de diferença após uma pequena “surpresa”. Por isso, se o desejo não for engravidar novamente, vale a pena conversar com um profissional para garantir que a proteção seja colocada em prática.

  • Espere até estar bem

A médica ressalta que a rotura perineal pode deixar a área dolorida por semanas – e as cicatrizes são normais.

  • Use lubrificante

“Tenha muitas preliminares e tente relaxar. Se você estiver ansiosa ou tensa, será mais provável que fique desconfortável”, explica.

  • Não apresse as coisas

Com o tempo, o sexo volta ao normal com a normalização dos hormônios. Mas, se durante o sexo a mulher sentir dor, o ideal é procurar ajuda médica o mais rápido possível.

Por fim, após contar a sua experiência na cama hospitalar , Deborah diz que se sentiu vulnerável por ser uma mãe solteira, mas que já está pronta para voltar a namorar. “Eu acho que as novas mães devem voltar a fazer sexo. Adiar não é uma boa ideia”, diz.  No entanto, o importante é que a mulher esteja segura e confortável para ter relações sexuais após dar à luz .