Tamanho do texto

Saiba quando e como tomar, os cuidados e efeitos colaterais do medicamento

Quando o sexo é desprotegido ou a camisinha estoura, muitas mulheres recorrem à pílula do dia seguinte, a PDS, para evitar uma gravidez indesejada. No entanto, ainda há muita dúvida sobre como tomar a pílula do dia seguinte. 

Leia também: Você sabe como tomar pílula do dia seguinte? Veja os 4 erros mais comuns

Saber como tomar a pílula do dia seguinte e como ela age no organismo são as principais dúvidas das mulheres
shutterstock
Saber como tomar a pílula do dia seguinte e como ela age no organismo são as principais dúvidas das mulheres

Aqui no Delas temos um e-mail para conversarmos com nossas leitoras, o sexo@igcorp.com.br . Por lá recebemos diversas dúvidas sobre como tomar a pílula do dia seguinte e quais os efeitos do medicamento no organismo. 

Como trata-se de um item com uma alta quantidade de hormônios, seu uso incorreto pode ser prejudicial à saúde. Para evitar que isso aconteça, conversamos com alguns especialistas sobre como usar essa pílula, para quem ela é recomendada e outras dúvidas que já recebemos no nosso e-mail. 

Como tomar a pílula do dia seguinte?

Como tomar a pílula do dia seguinte? De acordo com especialistas, o medicamento deve ser usado apenas em emergência
shutterstock
Como tomar a pílula do dia seguinte? De acordo com especialistas, o medicamento deve ser usado apenas em emergência

De acordo com Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra, a PDS é um contraceptivo de emergência, portanto, deve ser utilizada somente em último caso. O ideal é que a mulher tome em até três dias (72 horas) após a relação sexual. Nas primeiras 24 horas a eficácia é maior, de 88%.

O médico explica que o medicamento deve ser usado quando o sexo é desprotegido, quando a camisinha estoura no momento da ejaculação ou quando a mulher se esquece de tomar a pílula anticoncepcional durante dois ou três dias. “Em casos de estupro ela também é amplamente utilizada”, completa.

Dessa forma, se o sexo foi feito com camisinha e o preservativo não estourou, não é necessário tomar a pílula do dia seguinte. Isso não vai garantir mais proteção contra uma gravidez indesejada. Afinal, a camisinha já fez esse papel.

O uso da pílula do dia seguinte não deve se tornar um hábito. Domingos Mantelli também explica a mulher também deve evitar tomar mais que uma dose por mês, já que os níveis de hormônio são altos.  

Leia também: Pílula anticoncepcional: esqueci de tomar; e agora? Delas responde

Perguntas frequentes sobre a pílula do dia seguinte

Como tomar pílula do dia seguinte? Quais são os efeitos no organismo? A PDS é abortiva? Essas são as principais dúvidas
shutterstock
Como tomar pílula do dia seguinte? Quais são os efeitos no organismo? A PDS é abortiva? Essas são as principais dúvidas

Além de como tomar a pílula do dia seguinte, selecionamos algumas perguntas frequentes que recebemos das nossas leitoras sobre o uso do medicamento, veja as respostas:

  • Como a pílula do dia seguinte funciona no organismo?

Com uma grande quantidade de hormônios, o medicamente impede ou retarda a liberação de um óvulo do ovário, dessa forma, impedindo a fecundação. “Além disso, a pílula do dia seguinte modifica o muco cervical, dificultando o transporte dos espermatozoides em direção ao óvulo”, explica Domingos Mantelli.

Uma das dúvidas que recebemos de nossas leitoras foi: “Quando a pessoa toma a pílula do dia seguinte e transa no outro dia (dentro de 24 horas), corre o risco de engravidar? Ou por estar no processo (efeito de 72 horas) não há essa possibilidade?”.

De acordo com o especialista, PDS age por três dias (72 horas) no corpo da mulher. Porém, a cada dia que passa, a proteção diminui. Dessa forma, a mulher até está protegida se fizer sexo sem camisinha nesse período.

No entanto, não é bom arriscar. Principalmente pelo fato de que relações sexuais com preservativos são sempre recomendadas, já que a camisinha é o único método contraceptivo que protege contra IST (infecções sexualmente transmissíveis).

O profissional ainda acrescenta que o efeito da pílula diminui após usar o medicamento por algumas vezes. “E com isso o risco de você engravidar aumenta. Quanto mais vezes tomar, menor vai sendo a eficácia contraceptiva”, fala.

  • A pílula do dia seguinte é abortiva?

Além de saber como tomar a pílula do dia seguinte, uma das principais dúvidas das mulheres é se o medicamento é abortivo. Em entrevista prévia ao Delas, Renato de Oliveira, ginecologista da Criogênisis, explica que não, a pílula do dia seguinte não é abortiva. De acordo com o profissional, o medicamente age antes de a gravidez acontecer, portanto, não aborta.

“Se a fecundação ainda não aconteceu, o medicamento vai dificultar o encontro do espermatozoide com o óvulo ou postergar a ovulação, caso ainda não tenha acontecido”, explica.

  • Pode usar a pílula do dia seguinte quando se toma anticoncepcional?

Depende. Como explica Domingos Mantelli, o uso do medicamento é indicado se você se esqueceu de tomar a pílula por dois ou mais dias seguidos. No entanto, se você trocou o horário ou só esqueceu naquele dia, talvez a pílula do dia seguinte não seja o mais indicado.

"As mulheres que acabam usando esse método de emergência dessa forma podem ser prejudicadas, porque quando combinada com o anticoncepcional pode haver interferência e interação entre os hormônios dos comprimidos", explica a ginecologista e obstetra Ana Carolina Lúcio Pereira em entrevista prévia ao Delas.

Se esse é o seu caso, o recomendado é que você interrompa o uso do anticoncepcional e espere a menstruação descer. Após isso, o ideal é começar a tomar uma nova cartela. Ana Carolina reforça que a PDS é uma alternativa se a mulher já parou de usar o método contínuo por mais de dois dias e não recorreu ao comprimido emergencial antes.

  • Quais os efeitos colaterais da pílula do dia seguinte?

O uso do medicamento pode causar alguns efeitos colaterais, como diarreia, vômito, náuseas, dores de cabeça e no corpo, além de aumentar a retenção de líquido. A pílula do dia seguinte também pode atrasar a menstruação. Geralmente, ela desce até 10 dias antes ou depois do esperado. Se isso não acontecer, é recomendado fazer um teste de gravidez.

Leia também: Como a pílula anticoncepcional e do dia seguinte influenciam o ciclo menstrual?

Tem dúvidas sobre sexo, sexualidade, prazer ou quer saber como incrementar posições sexuais? Faça como nossas leitoras que perguntaram como tomar a pílula do dia seguinte e entre em contato conosco pelo sexo@igcorp.com.br e nós traremos um especialista para respondê-la com sigilo total!