Tamanho do texto

Sexóloga fala sobre prós e contras de abrir a relação nessa época do ano

O carnaval já começou e nessa época do ano o clima de “azaração” rola solto, por isso, muitos casais cogitam a ideia de um “vale-carnaval”, uma espécie de “vale-night” que permite que os parceiros fiquem e até transem com outras pessoas. Mas será que viver um relacionamento aberto nos dias de folia é uma boa escolha?

Leia também: Carnaval é época de paquera e sexo casual; veja como arrasar sem decepção

Optar por um relacionamento aberto no carnaval pode trazer problemas no futuro, então é preciso pensar bem
shutterstock
Optar por um relacionamento aberto no carnaval pode trazer problemas no futuro, então é preciso pensar bem


Segundo a sexóloga Vanessa de Oliveira, expert em conquista e sedução, esse tipo de acordo pode funcionar para alguns casais, entretanto esse tipo de proposta só costuma funcionar com casais que já possuem um relacionamento aberto ou que andam conversaram muito sobre o assunto.

 “Dificilmente vai dar certo se o casal decidir abrir a relação de uma hora para outra, sem muito diálogo antes, acordos, regras, pois é preciso saber como cada um se sente a respeito disso”, alerta Vanessa que acrescenta que ao abrir o relacionamento o casal deve ser claro um com outro sobre o que aceita ou não e, claro, estabelecer algumas regras.

“Ambos precisam estar confortáveis com a situação. Se um não está de acordo, melhor não abrir o relacionamento . É preciso tomar cuidado para não ceder só para agradar o outro e sair machucada nessa história toda. As regras são particulares para cada casal. Alguns podem liberar uma paquera, sair só com os amigos, ficar com outras pessoas e até transar, vai depender muito de como cada vê o relacionamento”, explica a sexóloga.

Leia também: Veja dicas para curtir o carnaval sem se descuidar da proteção na hora do sexo

Na hora de fazer um acordo, se tiver algo que um dos dois não concorda, não vale a pena insistir, o melhor é focar naquilo que os dois estão de acordo. “Se um dos dois não aceita algo, a outra pessoa precisa respeitar a decisão, pois com a insistência ela não está respeitando o outro e nem o relacionamento. Esse tipo de decisão tem que ser natural para os dois e não forçada para uma das partes.”

Relacionamento aberto funciona com um acordo? 

Mesmo fazendo um acordo para viver um relacionamento aberto no carnaval, um dos envolvidos pode se arrepender
shutterstock
Mesmo fazendo um acordo para viver um relacionamento aberto no carnaval, um dos envolvidos pode se arrepender


A sexóloga também ressalta que pode ser tranquilo fazer o acordo, mas isso não garante que o que foi definido não vai atrapalhar o relacionamento no futuro. “Pode acontecer de ambos terem concordado e depois alguém se arrepender, mas pode ser que dê certo e o casal queira repetir isso em outras oportunidades, ou que decidam não tentar algo do tipo novamente e optem por um relacionamento exclusivamente monogâmico”, comenta.

Outra coisa que pode acontecer com essa experiência é o casal descobrir que o relacionamento não anda bem, que o amor deu lugar a outro sentimento e que a melhor solução é por um fim na relação.

Leia também: 6 coisas sobre sexo casual que você deve saber antes de virar adepta da prática

Vanessa também ressalta que o carnaval pode ser curtido a dois de forma segura, leve e descontraída. “A escolha do que fazer ajuda o casal a ficar mais tranquilo ainda. Se ambos não gostam de contato com outras pessoas, evitem aglomerações e prefiram os bailes ou festas fechadas aonde vão mais casais. Se a intenção é curtir em grandes blocos, o casal pode sair com outros casais de amigos, em turmas, assim não ficam isolados.”

Para a sexóloga, o importante é os dois entenderem que no carnaval a atmosfera é outra, e mesmo que não esteja em um relacionamento aberto faça acordos para não transformar qualquer coisa em briga. Uma dica é aproveitar o clima de festa para sair da rotina e esquentar a relação. “No carnaval, Bom mesmo é tirar um momento livre para ficar com o companheiro, aproveitar a fantasia para usar com ele e fazer uma festa a dois”, conclui.

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.