Tamanho do texto

Para penetrar, estimular o clitóris ou fazer os dois ao mesmo tempo, o uso do vibrador é uma das formas de ter mais prazer, seja sozinha ou acompanhada

Você conhece os brinquedos eróticos disponível nos mercado?  Tem o hábito de explorá-los? Seja na masturbação ou durante a relação sexual com outra pessoa, os acessórios podem ser bastante interessantes para aumentar o prazer e tirar o sexo da rotina. O vibrador feminino, por exemplo, é um dos produtos eróticos mais conhecidos e querido pelas mulheres. 

De diferentes modelos e funções variadas, o vibrador feminino é um dos brinquedos eróticos mais queridos pelas mulheres
shutterstock
De diferentes modelos e funções variadas, o vibrador feminino é um dos brinquedos eróticos mais queridos pelas mulheres

De diferentes modelos e funções variadas, o vibrador feminino pode ser usadado tanto na penetração vaginal quanto anal, além da estimulação clitoriana. Ou, dependendo do modelo, tudo isso ao mesmo tempo! A forma como o brinquedinho será utilizado vai depender muito do modelo e do material utilizado na fabricação. Mas, para a experiência ser ainda mais prazerosa e confortável, é indicado o uso de lubrificantes. 

Principais tipos de vibradores e suas funcionalidades

Um único vibrador feminino pode ter diferentes funções e intensidades, podendo estimular regiões como ponto G e clitóris
shutterstock
Um único vibrador feminino pode ter diferentes funções e intensidades, podendo estimular regiões como ponto G e clitóris


O Delas visitou uma boutique erótica para conhecer os principais vibradores disponíveis no mercado, suas funções e saber como podem ser usados para a masturbação. Nós selecionamos os principais modelos e apresentamos aqui suas funcionalidades e usos. 

Para facilitar, dividimos os brinquedos eróticos de acordo com a sua principal área de estímulo, são elas: ponto G, clitóris ou os dois simultaneamente. Confira:

Ponto G

Modelo do vibrador feminino da esquerda para a direita: “Fun Factory Tiger”, “Fun Factory Moody” e “Svakom Betty”
iG Delas/ Claudia Ratti
Modelo do vibrador feminino da esquerda para a direita: “Fun Factory Tiger”, “Fun Factory Moody” e “Svakom Betty”

ponto G  é uma das zonas erógenas do corpo feminino. Localizado em uma área da parte da frente da vagina, quando estimulado pode causar muito prazer. E aqui há uma vantagem: alguns vibradores dessa seção também podem ser usados por homens para o estímulo da próstata.

Veja quais são os modelos mais indicados para quem quer estimular essas áreas: 

  • Fun Factory Tiger

Feito de silicone, o “Fun Factory Tiger” em uma ponta curvada para facilitar o estímulo do ponto G ou da próstata. Além das vibrações, a textura e o eixo flexível contribuem para aumentar o prazer. O brinquedo sexual também é a prova d’água.

  • Fun Factory Moody

Assim como o “Fun Factory Tiger”, o “Fun Factory Moody” também é feito de silicone e tem uma ponta curvada para o estímulo do ponto G ou da próstata. Uma característica interessante é que as texturas permitem estimular os lábios da vulva.

  • Svakom Betty

O “Svakom Betty” tem a ponta curvada e um pouco mais larga que o comprimento, sendo indicada para a penetração e estímulo do ponto G. À prova d’água, o brinquedo erótico apresenta seis padrões de vibração.

Modelo de vibrador feminino da esquerda para a direita: “Fun Factory Delight” e
iG Delas/ Claudia Ratti
Modelo de vibrador feminino da esquerda para a direita: “Fun Factory Delight” e "Ovo F3"


  • Fun Factory Delight

Diferente da maioria dos vibradores , o “Fun Factory Delight” tem um formato em “S” para proporcionar uma nova experiência de prazer, estimulando o ponto G ou a próstata. O interessante do brinquedo é que ele apresenta três padrões de vibração e oito velocidades diferentes.

  • Ovo F3

Com um formato mais simples, o  “Ovo F3” apresenta o diferencial de ser, segundo o fabricante, “ultra silencioso”. Também focado no estímulo do ponto G, o brinquedo erótico apresenta cinco padrões de vibração e pode ser usado no chuveiro.

Clitóris

Vibrador feminino da esquerda para a direita: “Wow! Wonder Wabbit”, “Jimmy Jane Form 5” e “Fun Factory Volta”
iG Delas/ Claudia Ratti
Vibrador feminino da esquerda para a direita: “Wow! Wonder Wabbit”, “Jimmy Jane Form 5” e “Fun Factory Volta”

O clitóris é o único órgão do corpo humano com a função única e exclusiva de dar prazer à mulher. Com cerca de oito mil terminações nervosas, estimular a região é a garantir para o prazer, seja na masturbação ou no sexo a dois. Veja os principais modelos para estimular o órgão:

  • Wow! Wonder Wabbit

O modelo “Wow! Wonder Wabbit” tem um formato diferente e exclusivo para a estimulação do clitóris. À prova d’água, o brinquedinho apresenta sete padrões de vibração e pode ser recarregado por um cabo USB.

  • Jimmy Jane Form 5

O “Jimmy Jane Form 5” tem um design bem diferente do que vem à mente quando pensamos em um vibrador feminino. O brinquedo erótico foi desenhado para a estimulação dos lábios, mas pode perfeitamente ser usado para a estimulação clitoriana. À prova d’água, apresenta cinco velocidades de rotação e quatro padrões de vibração.

  • Fun Factory Volta

O “Fun Factory Volta” é um produto erótico interessante por apresentar mais de uma função. O design de ponta dupla permite massagear o clitóris, mamilos e outras zonas erógenas.  Também à prova d’água, tem seis padrões de vibração e seis velocidades.

Ponto G e clitóris

Vibrador feminino da esquerda para a direita: “Wow! Total Ecstasy 2”, “Jimmy Jane intro 8”, “Fun Factory Lady B”, “Satisfyer pro G-spot Rabbit” e “Fun Factory bi Stronic Fusion”
iG Delas/ Claudia Ratti
Vibrador feminino da esquerda para a direita: “Wow! Total Ecstasy 2”, “Jimmy Jane intro 8”, “Fun Factory Lady B”, “Satisfyer pro G-spot Rabbit” e “Fun Factory bi Stronic Fusion”

Se você quer estimular as duas regiões ao mesmo tempo, os modelos abaixo são os mais indicados:

  • Wow! Total Ecstasy 2

O “Wow! Total Ecstasy 2” é um brinquedo erótico rotativo de estimulação vaginal, anal e clitoriana. Ao mesmo tempo em que durante a penetração é possível alcançar o ponto G, o brinquedo também estimula o clitóris. À prova d’água, tem sete padrões de vibração e apresenta três velocidades.

  • Jimmy Jane intro 8

Assim como o modelo anterior, o “Jimmy Jane intro 8” tem um design para estimular o clitóris e o ponto G simultaneamente. O diferencial está na ponta mais curvada e na espessura da área que toca o clitóris. Apresenta três padrões de vibração, três velocidades e é um brinquedo sexual à prova d’água.

  • Fun Factory Lady b

O “Fun Factory Lady B” é mais longo para estimular não apenas o ponto G, como também o ponto A. Além disso, possui uma área externa para o estímulo do clitóris. Também é um produto erótico à prova d’água e apresenta seis padrões de vibração e velocidade.

  • Satisfyer pro G-spot Rabbit

O estimulador “Satisfyer pro G-spot Rabbit” é interessante por estimular o clitóris por sucção e vibrar na área de estímulo do ponto G. Como são funções diferentes, os controles são independentes. Então, você pode só usar a sucção ou somente a penetração se não quiser os estímulos simultaneamente.

  • Fun Factory bi Stronic Fusion

O “Fun Factory bi Stronic Fusion” é, na verdade, um pulsador. Ou seja, ele reproduz o movimento orgânico de “vai e vem” do pênis. A ponta curvada estimula o ponto G, a ponta externa o clitóris e as abas são para a estimulação dos lábios vaginais. O brinquedo erótico permite 64 combinações de vibração e pulsação.

Como cuidar do vibrador feminino?

Saber como cuidar do vibrador feminino é fundamental para garantir uma vida útil longa para o brinquedo erótico
shutterstock
Saber como cuidar do vibrador feminino é fundamental para garantir uma vida útil longa para o brinquedo erótico

Se você quer ter um vibrador feminino, é fundamental saber a melhor forma de cuidá-lo.  Garantir a limpeza e o armazenamento correto são formas de aumentar a vida útil do produto.

De acordo com Julio Cavadas, especialista em produtos eróticos da boutique erótica Innuendo, os brinquedos devem ser lavados antes e depois do uso. “Sempre indicamos produtos específicos para higiene dos brinquedos, pois eles possuem componentes que eliminam as bactérias e fungos dos brinquedos. Outra saída para a higiene é sabonete neutro e água morna”, orienta.

Além disso, outros cuidados são necessários se o produto erótico for feito de cyber skin ou qualquer outro material que imita a pele. Segundo o especialista, o ideal é deixa-lo secar sozinho e passar um talco à base de amido de milho para prolongar a vida útil.

Em relação ao armazenamento, é interessante reservar um local exclusivo para o vibrador feminino e outros produtos eróticos. “O lugar ideal é guardar o brinquedo em um local arejado, longe do Sol e do calor e da poeira”, orienta Julio. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.