Tamanho do texto

A ideia é quebrar o tabu e o constrangimento em relação ao corpo feminino

Ao contrário do que a mídia e a pornografia costumam mostrar, a vulva não segue o padrão pequeno, discreto e sem pelos. Na verdade, a região íntima feminina é diversa. Algumas têm lábios maiores, outras menores; algumas tem mais pelos, outras nem tanto. A realidade é que pouco se fala sobre essa diversidade.

Leia também: Projeto ressalta a diversidade da região íntima feminina

Reprodução/ Libresse
"Viva La Vulva": campanha publicitária exalta diversidade da região íntima feminina e pretende quebrar tabu sobre tema

Na tentativa de quebrar o tabu sobre o tema e exaltar a diversidade feminina, uma marca de produtos de higiene íntima criou a campanha “Viva La Vulva ”, onde mostra uma série de objetos que têm o formato parecido com o órgão feminino. A ideia é falar sobre as diferenças e incentivar as mulheres a explorarem e amarem o próprio corpo.

Leia também: Você sabia que existem 5 tipos diferentes de vagina? Veja quais são eles

Campanha “Viva La Vulva”

Frutas, flores, conchas, frutos do mar e outros objetos foram usados para representar a diversidade da vulva
Reprodução/Libresse
Frutas, flores, conchas, frutos do mar e outros objetos foram usados para representar a diversidade da vulva

A campanha publicitária consiste em um vídeo divertido de três minutos que exploram a diversidade da região íntima feminina. Para isso, as imagens mostram frutas, bolsas, frutos do mar, flores e até bolsas que lembram  órgão genital feminino .

Campanha publicitária exalta diversidade da vulva e propõe que mulheres amem mais o próprio corpo
Reprodução/ Libresse
Campanha publicitária exalta diversidade da vulva e propõe que mulheres amem mais o próprio corpo

Com diferentes formas, tamanhos e texturas os objetos que fazem referência à região íntima “cantam” uma versão da música “Praise You”, da banda Fat Boy Slim, e “dançam” enquanto celebram a diversidade da genitália das mulheres.

A letra da música foi adaptada para o objetivo da campanha e tem dizeres como “eu devo celebrá-la, querida; eu devo elogiá-la”, “eu sou muito grata que você é minha” e “você me faz ser grata por ser mulher”.

Leia também: 4 coisas que você deve parar de fazer com a sua vagina (e 4 que você deve fazer)

O objetivo da campanha e acabar com o tabu e o constrangimento em relação à vulva e ao corpo feminino
Reprodução/ Libresse
O objetivo da campanha e acabar com o tabu e o constrangimento em relação à vulva e ao corpo feminino

A equipe responsável pela campanha publicitária afirma que, além de promover seus produtos, a ideia do anúncio é acabar com o tabu e o constrangimento em relação ao corpo feminino . “Estamos convencidos de que cada vulva é única e que as diferenças devem ser celebradas”, diz a empresa em seu site.

O anúncio também mostra mulheres dançando e observando a própria região íntima com um espelho. No final do vídeo, essas modelos aparecem comentando sobre o tema. “Vagina perfeita, o que é isso?”, fala uma delas. “Nós não falamos sobre isso, portanto, existem todos esses tabus”, diz outra. E você, já explorou a sua vulva ? Fala sobre ela?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.