Tamanho do texto

Investir em uma experiência sensorial na cama é uma forma de sair da rotina

Com o avanço do tempo da relação e aumento da intimidade, o casal acaba se conhecendo em um nível onde já sabe o que o outro gosta na hora do sexo, qual a melhor posição e o que deve ser evitado. O problema é que alguns casais caem na rotina e o sexo passa a ser algo monótono.  Sentir prazer no sexo começa, então, a ser algo difícil e distante.

Tato, olfato, visão, audição e paladar: explorar esses cinco sentidos na cama pode dar mais prazer no sexo
shutterstock
Tato, olfato, visão, audição e paladar: explorar esses cinco sentidos na cama pode dar mais prazer no sexo

Para driblar esse problema, os casais podem lembrar que o sexo é, na verdade, uma experiência sensorial. Ou seja, quando estamos em uma relação com o outro, estamos nos entregando a uma experiência onde os cinco sentidos são aguçados e sentimos mais prazer no sexo . “Quando nos envolvemos sexualmente com alguém, todos os sentidos estão sendo estimulados. O olfato, o paladar, o tato, a visão e a audição são estimulados durante a relação”, explica a sexóloga Thais Plaza.

Além dos estímulos naturais que já acontecem, é possível recorrer a produtos sexuais, aromatizadores de ambiente, alimentos e novas posições sexuais para explorar de maneira mais aguçada cada um dos cinco sentidos e aumentar a conexão entre o casal. Assim, o sexo passa a ter uma cara nova, com mais prazer e sem cair na rotina.

Como explorar os cinco sentidos para ter mais prazer no sexo?

Buscar maneiras de explorar os cinco sentidos na cama é uma forma de conseguir mais prazer no sexo e sair da rotina
shutterstock
Buscar maneiras de explorar os cinco sentidos na cama é uma forma de conseguir mais prazer no sexo e sair da rotina

De acordo com Thais, existem inúmeras formas de ter uma experiência sensorial mais forte no sexo. Tudo vai depender do objetivo do casal e de qual sentido se pretende explorar mais. Para começar, a sexóloga sugere utilizar uma venda para impedir a visão e, consequentemente, intensificar os outros sentidos. De olhos tapados, é hora de explorar os outros quatro sentidos da forma que mais agrada o casal.

“Você pode tocar o corpo do outro sem que a pessoa saiba que parte do corpo está sendo tocada, pode trazer a questão olfativa e respirar fundo, pode falar besteirinhas e frases excitantes para explorar a audição, pode passar frutas na boca da pessoa...”, sugere a sexóloga.

Para te inspirar a tirar o sexo da rotina, detalhamos de que forma você pode explorar os cinco sentidos durante a relação para ter mais prazer no sexo. Confira:

Olfato

Cheirar o cangote, por exemplo, e aromatizar o ambiente com velas é uma maneira de ter mais prazer no sexo
shutterstock
Cheirar o cangote, por exemplo, e aromatizar o ambiente com velas é uma maneira de ter mais prazer no sexo

Para estimular o olfato na hora do sexo vale investir em um bom perfume para criar uma atmosfera e deixar o seu cheiro marcado na pessoa. Para Thais, a questão em relação ao olfato dentro dessa experiência sensorial está em sentir o cheiro do outro. “É cheirar o cangote, abraçar apertadinho e respirar fundo. É gostar de sentir o cheiro da pessoa que você ama”, afirma.

Além dessa relação mais íntima com o cheiro do outro, o olfato pode ser trabalhado com aromatizadores de ambiente. Você pode espalhar flores pelo ambiente, acender uma vala e até o incenso. Como a ideia é criar um clima e instigar o outro a partir do cheiro, vocês podem criar brincadeiras que envolvam passar o perfume em diferentes regiões do corpo, por exemplo, para ter prazer no sexo.

Paladar

Fazer brincadeiras com frutas é uma das maneiras de investir no paladar e ter prazer no sexo saindo da rotina
shutterstock
Fazer brincadeiras com frutas é uma das maneiras de investir no paladar e ter prazer no sexo saindo da rotina

Existem diferentes formas de explorar o paladar na hora do sexo, algumas mais ousadas e outras mais clássicas, dependendo do perfil do casal. Antes de partir para a relação sexual , o casal pode fazer um romântico jantar a dois com ingredientes afrodisíacos e um bom vinho para começar a aquecer e criar um clima. Aposte em velas para decorar o ambiente e criar um clima mais intimista.

Thais relembra que explorar o paladar vai muito além de simplesmente comer algo. Frutas, chocolate e chantilly, por exemplo, podem ser levados para a cama para fazer parte de brincadeiras entre o casal. Assim, ambos comem de maneira sensual e estimulam o parceiro não apenas pelo paladar, mas também pelo tato e visão. “Você pode colocar a fruta na sua boca e através dela colocar na boca do outro, terminando isso com um beijo gostoso”, sugere a sexóloga.

Os produtos eróticos também são grandes aliados quando o assunto é paladar. Existe uma infinidade de itens para aproveitar esse sentido na hora da relação. Você pode ter mais prazer no sexo oral, por exemplo, usando uma camisinha de sabor. Além de sair da rotina, você se diverte ao sentir um novo gosto. No mercado alguns dos sabores disponíveis são: caipirinha, café, morango, tuti fruti, melão, além daquelas que proporcionam a sensação de quente ou frio.

Visão

Trocar olhares com quem você se relaciona pode ser bastante intenso e excitante, garantindo prazer no sexo
shutterstock
Trocar olhares com quem você se relaciona pode ser bastante intenso e excitante, garantindo prazer no sexo

Antes mesmo de partir para a relação sexual, o flerte e a paquera começam com a visão. Nos sentimos atraídos pela beleza do outro, nos aproximamos e aí tudo começa como um jogo de sedução. Por isso, esse é um dos sentidos que mais estamos acostumados a explorar e estimular na hora do sexo. Mesmo assim, ainda é possível sair da rotina e buscar novas formas de aproveitar o momento a sós seguindo a proposta do “sexo sensorial”.

Provavelmente uma lingerie elaborada ou uma performance de strip-tease são as primeiras coisas que vem à mente quando o assunto é sexo e visão. As duas opções são válidas e bastante interessantes. No entanto, Thais sugere outras formas de explorar o sentido, principalmente observando o corpo do outro.

“É legal pensar em uma relação não só de luzes apagadas ou no escuro, mas em uma relação que mostre o seu corpo para quem você está se relacionando”, diz. Nesse caso, o olho no olho é uma ótima forma de excitar o parceiro, já que ele intensifica o momento e consegue transmitir o seu desejo. Além disso, algumas pessoas se sentem excitadas ao ver o parceiro tocando o próprio corpo.

A sexóloga ainda relembrar que estímulos visuais através de séries e filmes contribuem bastante para inspirar o casal. Para isso, busque assistir produções com cenas excitantes e que despertem o desejo. “Isso vai despertar o desejo no casal e eles vão se sentir com vontade de colocar as cenas em prática”, explica.

E claro, ambientar o local que a relação acontece com uma luz especial tem tudo para deixar o clima mais intimista, romântico e excitante. Você pode fazer isso trocando a tonalidade da lâmpada para uma que deixa o lugar mais escuro, por exemplo, ou acendendo velas pelo ambiente.

Audição

Para explorar a audição e ter prazer no sexo, falar o que gosta na cama e montar uma playlist são o mais indicado
shutterstock
Para explorar a audição e ter prazer no sexo, falar o que gosta na cama e montar uma playlist são o mais indicado

Fazer uma playlist para o casal é uma das primeiras coisas que pensamos quando o assunto é aguçar a audição na hora do sexo. E é exatamente isso o que as pessoas gostam. De acordo com um levantamento realizado pelo Deezer em 2017, para 90% dos brasileiros consultados, ter uma boa playlist para ser a trilha sonora na hora do sexo é algo que contribui positivamente para a performance.

Segundo a sexóloga é interessante pensar em músicas que sejam como uma trilha sonora para a relação. “É legal ter uma trilha para estimular o casal, que crie uma conexão e um ritmo para aquela relação”, fala Thais. O simples ato de montar a playlist do casal já é algo bastante empolgante. O casal pode pensar a fase da relação que está passando, se quer algo mais lento, mais rápido, romântico ou excitante.

Além de escolher uma música ambiente, outro ponto interessante que a audição proporciona é o diálogo com o outro. “Quando falamos de audição, mais legal do que a música, é você falar o que gosta e o que não gosta na hora do sexo”, diz Thais. Frases como “eu gosto disso” pode excitar a pessoa com quem você se relaciona bem mais do que imagina.

“Sinalize para o parceiro ou a parceira que aquele toque está agradável, fale o que você sente e elogie. Tudo isso é excelente para trazer novos sentidos em relação a essa experiência sensorial”, completa Thais. Por isso, não tenha medo de se expressar e falar o que está sentido durante o sexo.

Tato

Fazer massagem com óleos é uma maneira de aproveitar o tato para ter mais prazer na cama e sair da rotina
shutterstock
Fazer massagem com óleos é uma maneira de aproveitar o tato para ter mais prazer na cama e sair da rotina

“O tato é um dos sentidos mais importantes quando falamos da experiência sensorial a dois”, explica a sexóloga. Para Thais, o tato é um dos sentidos primordiais na medida em que permite sentir não somente o corpo do outro, mas também o próprio corpo, descobrindo zonas erógenas. Também é a chance de aproveitar esse momento conduzir o toque do outro da forma que você mais gosta. Além de ser possível fazer uma série de brincadeiras que volvem o tato e outros sentidos.

É interessante lembrar que os produtos eróticos estão ao seu lado quando o assunto é tato. O casal pode buscar óleos de massagem para que a mão deslize pelo corpo de forma mais fácil e agradável, além de produtos que proporcionam sensação de quente de frio. Ainda nessa linha, o casal pode apostar no gelo e outros recursos que facilitam a conseguir mais prazer no sexo .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.