Tamanho do texto

Que tal apimentar as coisas na cama e surpreender seu parceiro? O Delas te ajuda sugerindo diferentes posições sexuais para você testar com ele

Não deixe a chama da paixão se apagar! Se você sente que ela já se apagou, saiba que é possível reacendê-la! Para esses dois casos existe o desafio dos 30 dias de sexo , proposto por casais na web para estimular criatividade e intimidade na cama. A ideia é transar por trinta dias seguidos, sempre inovando de alguma forma, por exemplo com uma posição sexual diferente por dia.

Leia também:  Especialista dá nove dicas para uma rapidinha perfeita

A posição sexual de hoje é para aproveitar melhor aquela rapidinha e deixá-la ainda mais prazerosa
shutterstock
A posição sexual de hoje é para aproveitar melhor aquela rapidinha e deixá-la ainda mais prazerosa


Pensando nisso, o Delas se propôs a sugerir uma posição sexual diferente por dia durante toda a duração do desafio para ajudar você a surpreender seu parceiro. O mais importante é se divertir e curtir muito, não se esquecendo da proteção e do consentimento de todos os envolvidos. O desafio começou no início deste mês, mas você pode começar a partir de qualquer dia e qualquer posição.

Clique aqui para ver todas as posições listadas até agora

20º dia - “Rapidinha na parede”

Para quem não tem muito espaço, nem muito tempo, a prensada precede uma penetração vigorosa sob comando dele
Renato Munhoz (Arte iG)
Para quem não tem muito espaço, nem muito tempo, a prensada precede uma penetração vigorosa sob comando dele


Em “Rapidinha na parede”, a mulher se apoia na parede com as costas, para ser levantada levemente pelo parceiro, que fica na frente dela, com as mãos na parede e os joelhos levemente dobrados. A ideia é que ela fique como se estivesse no colo dele, com as pernas abertas e se segurando no corpo do companheiro, para ocorrer a penetração.

Equilíbrio nesse momento é tudo e a parede está aí para ajudar a mulher, bem como para tirar um pouco do peso de cima do homem e facilitar a penetração, já que ele não terá de segurar o corpo da parceira.

Leia também: Confira 6 posições sexuais para experimentar em locais apertados

Para quem ela é boa?

Como o nome já indica, esta pose é para aqueles momentos em que o casal está sem muito tempo para transar, mas com muita vontade. Prático, pode ser feito em qualquer lugar da casa e não exige que os dois tirem toda a roupa.

Por ser uma posição em pé, a penetração tende a ser um pouco menos profunda, o que deve agradar as mulheres, principalmente aquelas mais sensíveis. Mas ela ainda pode ser vigorosa, tudo depende dele, que é quem comanda tudo. Até por causa disso, seu parceiro também curtirá muito a pose. 

Estímulo extra

Neste caso, como a ideia é ser uma rapidinha mesmo, nem sempre será possível fazer um estímulo extra muito elaborado.

Para os casais que estiverem naquela pressa, sem muito tempo para preliminares, é importante não se esquecer do lubrificante. A vagina precisa ser excitada para liberar lubrificante natural. Se esse momento não ocorre, ela tende a ficar mais seca - ainda que a mulher queira fazer sexo. Sem um bom lubrificante, a penetração pode machucar. Opte por aqueles à base de água. Para quem quiser algo mais natural, o óleo de coco funciona perfeitamente e ainda é super benéfico para a flora vaginal.

Entretanto, mesmo na pressa, carinhos não podem faltar. Capriche nos beijos no pescoço e lábios do parceiro, experimente dar mordidinhas, inclusive na orelha dele, para deixá-lo mais excitado.

Leia também: 7 lugares e situações em que fazer sexo pode ser perigoso

No caso das mulheres que não dispensam um bom estímulo no clitóris, peça para o parceiro usar um anel peniano: um anel macio que ele usa ao redor do pênis, bloqueando levemente a circulação sanguínea e, consequentemente, estendendo a ereção, com um vibrador na ponta, que, virado para cima neste caso, estimula o clitóris. A vantagem deste brinquedo é que ele não toma nenhum tempo extra, é super prático e discreto.

Mas quem tiver mais tempo e mesmo assim quiser testar a “rapidinha na parede”, a grande sacada é caprichar nas preliminares, pois, apesar de as mãos teoricamente estarem livres durante a penetração, elas precisarão ficar apoiadas para garantir equilíbrio ao casal durante a movimentação. Nada impede, porém, que vocês mudem de posição em algum momento, até para poder brincar com as mãos. Existem outras posições divertidas que também podem ser feitas de pé, como a “cachorrinho de pé”, já mencionada no desafio .

Tem alguma dúvida sobre sexo, sexualidade, sobre a posição sexual sugerida ou até alguma outra? Entre em contato conosco pelo sexo@igcorp.com.br   e nós trazemos um especialista para respondê-la com sigilo total!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.