Tamanho do texto

A descoberta das sensações que tomam conta do corpo durante o ápice do prazer é algo único para cada pessoa e, enquanto isso ocorre "naturalmente" para algumas, outras chegam a ficar chocadas ou com medo

Enquanto muitas pessoas aprendem o que é um orgasmo ainda na adolescência – ou até antes – quando começam a se masturbar, há pessoas que, por diversos motivos, não seguem o “processo natural” de descobrir o próprio corpo por volta dessa idade. Algumas delas mal sabem qual é a sensação de chegar ao ápice de prazer e, quando isso ocorre, ficam surpresas e até assustadas. Outras podem inclusive passar a vida toda sem saber.

Leia também: Saiba como usar um travesseiro para potencializar o prazer na hora do sexo

Assim como orgasmo é algo particular de cada um, a descoberta dele não é igual para todo mundo
Shutterstock
Assim como orgasmo é algo particular de cada um, a descoberta dele não é igual para todo mundo

O orgasmo é algo muito particular para cada pessoa e, de acordo com os comentários em um fórum de discussões do Reddit a respeito de “primeiros orgasmos”, as maneiras que as pessoas descobrem as sensações que eles proporcionam também são bastante diversas. Confira os relatos de seis pessoas:

"Me assustou muito"

“O louco é que eu pensei que estava tendo orgasmos há anos. Sexo sempre foi bom. Uma pessoa próxima me disse que era estranho eu nunca ter tentado fazer isso sozinha. Um dia, meu namorado estava fora da cidade e eu estava entediada, então tentei me tocar. Isso me assustou muito. Eu me lembro de me sentar subitamente completamente em pânico. Depois disso, eu me tornei muito específica na cama e acredito que você precisa se descobrir antes de esperar que alguém o faça” – Ps-iloveyou.

"Pensei que tinha me machucado"

“Eu tinha doze anos e já havia assistido pornografia antes, mas não me toquei de que aquilo ia acontecer. Eu literalmente corri para longe do meu computador e me masturbei. Pensei que tinha me machucado até ver que tinha apenas ejaculado” – MeMyselfandBi.

Leia também: Conheça seis fatores que podem estar te impedindo de ter orgasmos

"Ainda penso nas habilidades daquele cara"

“Eu tinha 17 anos e estava no meu terceiro namorado. Nós fomos para a casa dele depois da escola e começamos a nos beijar, uma coisa leva a outra e foi nossa primeira vez dando uns amassos. Ele então perguntou se podia fazer oral em mim. Eu disse que sim. Nem dois minutos depois e eu já estava perdendo a cabeça, meu corpo estava surtando e aí, subitamente, ‘bam’! Eu estava respirando fundo e tentando me controlar, ele até me perguntou se eu estava bem. Não vou mentir, ainda gosto de pensar sobre as habilidades daquele cara no sexo oral” – Klanni.

"Uma onda de prazer que atingiu um pico"

“Eu tentei contrair os músculos da vagina enquanto fazia sexo com meu namorado porque sempre ouvi que os homens gostam disso. Depois de pouco tempo, percebi que estava sentindo uma onda de prazer que eventualmente atingiu um pico. Eu tinha 20 anos de idade” – Usuária anônima.

"Então é assim?"

“Eu sempre me senti suja quando me tocava, mas um dia pensei ‘dane-se’ e comecei a usar os dedos de outra forma. Eu tentei sentir algo, mas só pensava ‘então é assim? Isso é uma porcaria’. Alguns meses depois, comprei um vibrador e testei. Aí minha opinião sobre orgasmos mudou” – Bkbee.

Leia também: Pesquisadores encontram "fórmula" para o orgasmo feminino; entenda

"Me trancaram no banheiro até eu descobrir"

“Eu e minhas amigas estávamos conversando quando eu tinha 13 anos (e elas 14) e elas me perguntaram se eu já havia me masturbado. Quando eu disse que não, eles me disseram para deitar na banheira e deixar a água cair de forma a passar pelo meu clitóris até que eu tivesse um orgasmo. Elas então me trancaram no banheiro até eu descobrir. Melhores amigas do mundo” – Fischlips.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.