Tamanho do texto

De acordo com o estudo, os homens dinamarqueses passam em média 44 minutos satisfazendo as parceiras; confira outros países da lista

Você se considera sexualmente satisfeita? Um estudo recente realizado pelo Victoria Milan – site de relacionamentos para pessoas que buscam possíveis parceiros para affairs – com base na vida sexual e no prazer de mais de 6 mil usuárias do sexo feminino, há alguns países em que as mulheres se sentem mais satisfeitas com as experiências sexuais que têm. 

Leia também: Estudo aponta quanto tempo dura uma relação sexual desde as preliminares

Segundo o estudo, os homens dinamarqueses passam em média 44 minutos dando prazer a suas parceiras
Shutterstock
Segundo o estudo, os homens dinamarqueses passam em média 44 minutos dando prazer a suas parceiras

Outro estudo, promovido pela revendedora britânica de brinquedos eróticos Lovehoney e publicado em março deste ano, indica que a média de tempo que dura uma transa (para pessoas do Reino Unido) é de 19 minutos, sendo dez deles destinados às preliminares. Levando em consideração que as mulheres muitas vezes levam mais tempo que os homens para chegar ao ápice do prazer , o novo estudo mostra que, em alguns países, elas estão muito, mas muito satisfeitas. 

Leia também: Trocar de posição ajuda a prolongar a relação sexual; confira três dicas

Onde estão as mais satisfeitas?

De acordo com a pesquisa realizada com dados de pessoas de vinte países, as mulheres da Dinamarca encabeçam a lista das mais satisfeitas, já que seus parceiros passam cerca de 44 minutos dando prazer a elas. Em segundo lugar vêm os Estados Unidos, também na marca dos 40; segundo os dados levantados pelo estudo, homens norte-americanos passam 41 minutos satisfazendo as parceiras. A Finlândia ocupa o terceiro lugar da lista, com 39 minutos de prazer para elas.

Na marca dos 37 aos 30 minutos estão Canadá, Suécia, Noruega, Reino Unido, Alemanha, República Tcheca e Irlanda. Com 15 minutos, a África do Sul fica em último na lista. De acordo com as mulheres de lá, porém, o tempo é suficiente para satisfazê-las.

Leia também: Distância ou pausa na vida sexual podem fazer bem para o relacionamento

Ao comentar o estudo, a CEO da rede social, Sigurd Vedal afirma que os homens mais atraentes são aqueles que mais se empenham na hora de dar prazer às mulheres. “Um erro comum é achar que só homens que não são satisfeitos sexualmente vão trair, mas, na verdade, isso funciona para os dois. Manter uma mulher confiante e independente em um relacionamento exclusivo não é uma tarefa fácil e maridos-heróis vão levar quanto tempo for necessário para satisfazê-las”, afirma a CEO.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.