Tamanho do texto

A americana Lynn Dorsey queria gravar um vídeo íntimo para o marido, mas se confundiu e ficou no ar por cerca de 30 minutos se exibindo para a câmera

Em uma tentativa de apimentar a relação, Lynn Dorsey, de 61 anos, resolveu usar as redes sociais para fazer um vídeo íntimo para o marido. O grande problema é que a mulher não percebeu que, na verdade, estava logada na conta do Instagram da empresa em que trabalhava e acabou fazendo uma transmissão ao vivo no lugar errado.

Leia também: Modelo tem nudes expostas pelo ex após terminar com ele: “Me senti inútil”

Mulher faz transmissão ao vivo em rede social da empresa e acaba demitida
Shutterstock
Mulher faz transmissão ao vivo em rede social da empresa e acaba demitida


Lynn era diretora de turismo de uma empresa na Louisiana, nos Estados Unidos e, após o episódio catastrófico, foi demitida. “Foi um erro horrível e sem pretensão”, diz a mulher após a transmissão ao vivo ao jornal americano "Minden Press-Herald".

No olho da rua

Segundo ela, no momento em que resolveu fazer o vídeo, apertou o botão errado e, sem saber que estava na conta corporativa, começou a transmitir o vídeo íntimo . A exibição durou cerca de 30 minutos e o que era para ser algo entre o casal, acabou se tornando público.

A princípio, de acordo com informações do veículo “Cosmopolitan”, Lynn teve de tirar uma licença administrativa, mas, pouco tempo depois, foi colocada no olho da rua. A ex-funcionária entrou com uma ação judicial contra a empresa, pois acredita que a corporação não agiu de acordo com as leis da Louisiana.

Leia também: Mais da metade das mulheres sente-se pressionada a enviar "nudes" 

A petição também solicita que lhe sejam pagas indenizações, penalidades civis, honorários de advogados, bem como quaisquer outros custos que tenham surgido desde o dia que prestou depoimento.

Dicas para não errar ao mandar nudes

Bom, já deu para perceber que antes de tirar uma foto íntima ou fazer um vídeo sensual, é preciso ter certeza de que você está na rede social certa (ou seja, a sua) e mandando para a pessoa certa. Fora isso, há outras dicas para evitar dores de cabeça e arrependimentos na hora de fazer o famoso nude :

via GIPHY


- Se mandar para a pessoa errada, o vídeo ou a foto podem viralizar. Então, a melhor coisa a se fazer para prevenir constrangimentos e não mostrar o rosto, apenas o corpo;

- Porém, não adianta nada esconder o rosto se houver algo no seu corpo que pode ser identificado com facilidade. Portanto, esconda tatuagens , marcas de nascença, pintas (tipo aquelas que a Angélica tem na perna) ou qualquer outra marca na hora de fazer o nude;

- O local também pode te denunciar, por isso, prefira fazer o vídeo ou tirar a foto em ambientes com fundo neutro que não mostre muitos detalhes de onde você está;

- Não saia distribuindo nudes em aplicativos de relacionamento ou para pessoas que acabou de conhecer, afinal de contas, você nunca sabe quem está do outro lado da rede e o que a pessoa pode fazer com as fotos e vídeos que você enviou.

Leia também: Como mandar nudes de forma mais segura? Adeptas da prática dão dicas

São dicas simples, mas que fazem toda a diferença. Por isso, não espere acontecer algo bizarro, como transmissão ao vivo de Lynn na rede social da empresa, para começar a se prevenir.  

    Leia tudo sobre: instagram
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.