Tamanho do texto

Após terminar com o namorado, a modelo Candice Collyer teve suas fotos íntimas divulgadas e faz apelo às autoridades; confira a história

A modelo britânica Candice Collyer virou mais uma protagonista de escândalos envolvendo a divulgação de fotos íntimas sem autorização. Após terminar um relacionamento com Christopher Spearman, personal trainer e modelo, a moça viu as nudes que havia mandando para ele expostas a familiares e amigos, além de ter imagens fazendo sexo com o rapaz divulgadas na internet. 

Leia mais: Mais da metade das mulheres sente-se pressionada a enviar "nudes" para homens

Candice e Spearman
Reprodução/Instagram
Candice e Spearman


Ambos fãs de malhação, os dois se conheceram em uma academia em abril de 2014 e começaram a namorar quatro meses depois. Após dois meses com o personal, Candice alegou que ele era muito controlador e resolveu terminar o namoro. Ao "The Sun", ela conta que Spearman “surtou” e prometeu que arruinaria a vida da modelo. Apesar da ameaça, ela não imaginava que teria suas nudes divulgadas.

Leia mais: "Desafio do dedo" bomba na internet e mulheres compartilham foto seminuas

Ela alega que o ex a bombardeou com cerca de 40 ligações por dia e passou a usar números desconhecidos quando ela se recusava a atender. Quando ela pediu que ele a deixasse em paz, o personal criou contas falsas no Twitter e enviou as imagens íntimas da moça aos amigos e parentes dela. “Sabia que era ele porque ele era o único que tinha aquelas fotos. Ele ainda as enviou para meus colegas de trabalho, fiquei mortificada”, lamenta Candice.

Consequências duras

Nudes modelo
Reprodução/Instagram
Nudes modelo

A modelo conta ainda que seu desespero não parou por aí. De acordo com ela, Spearman telefonou minutos depois de divulgar as fotos e riu da situação. As imagens ficaram cerca de uma hora expostas na internet antes que ele mesmo as apagasse.

“Fiquei muito envergonhada, me senti inútil e não queria sair de casa por medo de me reconhecerem por algo que não sou. Perdi meu trabalho e senti como se não pudesse olhar minha família nos olhos”, desabafa.



Leia mais: Mulher faz uma selfie por dia por um ano e emagrece mais de 56 kg

Punição

Candice levou o caso à polícia e decidiu falar sobre o assunto após ver o ex-namorado se livrando das acusações sem cumprir pena de prisão. Ele chegou a ser sentenciado a uma pena de 12 semanas, mas ela foi suspensa. Fora isso, foi obrigado a pagar uma espécie de multa de aproximadamente R$ 1,8 mil.

Enquanto a modelo segue atormentada pelo que aconteceu e afirma que não deve superar a divulgação das nudes em pouco tempo, Spearman usou as redes sociais para dar conselhos sobre a vida: “Cerque-se de pessoas boas porque, acreditem, o mundo já é cheio de pessoas tóxicas que vão usar qualquer coisa para impedir seu sucesso”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.