Tamanho do texto

Enquanto eles treinam desde muito cedo, as mulheres nem mesmo têm o órgão para praticar, mas fazer uma masturbação nele não é tão complicado

A masturbação masculina pode ser algo necessário em inúmeros momentos em uma relação, independentemente do nível de proximidade do casal. No começo, quando a transa ainda não é uma opção, é uma forma de aumentar a intimidade entre os dois. Por outro lado, quando o relacionamento já é sério, e os dois estão juntos há tempos, é super necessária para variar um pouco na cama.

Leia também: Masturbação: uma forma também de sentir prazer a dois

Masturbação masculina pode ser legal também no pré-sexo, para que ele goze antes e, na relação, aproveite por mais tempo
Shutterstock
Masturbação masculina pode ser legal também no pré-sexo, para que ele goze antes e, na relação, aproveite por mais tempo

Os homens costumam praticar a masturbação masculina desde cedo, mas e você? Sabe como enlouquecer o parceiro com esta prática?  Fique tranquila: se você nunca fez ou ainda tem algumas dúvidas, saiba que não é nenhum bicho de sete cabeças – afinal, apenas uma é necessária nesse caso.

Mas sem brincadeirinhas sem graça, a cabeça do pênis não é o primeiro passo. Antes de tudo, vocês devem procurar um local confortável para o ato. Um sofá, uma cama ou uma poltrona, por exemplo. Saiba que você vai exercitar bastante o braço, então procure um apoio para ele também.

Depois que estiverem posicionado, deixe-o excitado. Estimule o corpo do boy, passando levemente os dedos por braços, peitoral, coxa e virilha. Você também pode dar beijos e chupões na nuca para que o órgão fique enrijecido o suficiente para uma boa masturbação.

Como segurar?

Cuidado, apesar de duro, o pênis não deixa de ser sensível. Você vai acabar segurando na posição contrária a que ele seguraria o próprio órgão – a não ser que fiquem de conchinha. Atenção para que a pele do corpo do pênis não fique muito esticada para baixo, machucando a glande. O melhor é segurar a partir da base, em direção a glande, tomando a extensão do corpo.

Leia também: Você revela segredos após a relação sexual? Estudo explica por que isso acontece

Você deve segurar com firmeza, mas sem apertar demais para não machucar. Se estiver na dúvida se pode pressionar mais ou não, pergunte para o parceiro. Variar a pressão também vai deixá-lo louco. Use os dedos alternadamente nessa hora, reproduzindo uma onda de pressão.

O que fazer?

Estimule-o alternando a pressão que faz no pênis, e comece a fazer o movimento de ir e vir delicadamente até que lubrificação própria dele saia. É normal sair um líquido do pênis quando o organismo percebe que vai ocorrer uma relação sexual.

Quando essa lubrificação sair, espalhe pela glande para que o toque fique melhor. Se você achar que ela não é suficiente, aposte em um gel lubrificante. O ir e vir da mão vai ficar muito mais natural e melhor em comparação ao movimento a seco. Estimule também a glande com movimentos circulatórios, mas tudo bem delicado, já que é uma região sensível.

Qual ritmo manter?

Mulher deve segurar o pênis com firmeza, mas sem apertar demais, já a posição da mão varia de acordo com a posição
Shutterstock
Mulher deve segurar o pênis com firmeza, mas sem apertar demais, já a posição da mão varia de acordo com a posição

O movimento da mão vai ser o responsável pelo prazer ou não da masturbação masculina. A ideia é conseguir manter um ritmo para que o homem fique cada vez mais excitado. Mas o legal é interromper o movimento momentaneamente ou mudá-lo, deixando-o mais lento ou circular, para que o boy não acabe gozando rápido demais.

Preciso estimular os testículos?

Em um intervalo de movimento e outro, lembre-se dos testículos e da virilha do parceiro. Posicione os testículos entre os dedos e volte a fazer movimentos alternados. Pensa em duas bolinhas na sua mão, e você precisa ficar invertendo a posição das duas sem deixá-las cair e sem usar a outra mão. Este é o movimento que você vai precisar fazer com os testículos. Com cuidado, mais uma vez, já que também é uma região sensível.

Leia também: Vibrador promete mais orgasmos e benefícios para o assoalho pélvico

Outra região que também não deve ser esquecida é o períneo, que fica entre o ânus e o pênis. São muitas terminações nervosas que vão deixá-lo louquinho se estimuladas.

Como finalizar?

Há três opções para fazer o homem gozar após os estímulos iniciais da masturbação masculina: continuar com o estímulo ritmado, partir para o sexo com penetração ou o oral. No caso de manter o estímulo apenas com a mão, varie o ritmo entre mais rápido e mais lento, aumentando o intervalo de mais rápido a cada vez, até que o homem consiga o orgasmo.

O importante é manter o ritmo. Para saber o que está agradando, vale também ficar de olho nas reações do parceiro. Quando ele for gozar, o pênis vai começar a pulsar. Nessa hora, aponta a glande para seu peito ou barriga, por exemplo, ele vai pirar ainda mais. Isso se você achar legal e não se importar em ficar lambuzada, claro.

O que eu nunca devo fazer?

Não tenha nojo de segurar no pênis do parceiro. Se você tem nojo e só vai conseguir segurar com o indicador e o dedão, formando uma espécie de pinça. Espere estar mais preparada e mais segura. Aumente a intimidade com o parceiro antes de tentar a masturbação para não acabar magoando o cara ou até se magoando por ter tentando uma coisa antes de estar preparada.

A pinça também pode acabar sendo mal vista pelos homens que se importam com o tamanho do órgão. Se ele não acha legal ter pênis pequeno, e você chega segurando como uma pinça e não com a mão toda, isso vai deixá-lo encanado, pensando que têm o órgão pequeno demais.

Além disso, cuidado para não abaixar demais a pele do corpo do pênis. Isso pode machucar a glande, dói demais, segundo os homens, e vai acabar com o clima. Ninguém quer sair machucado da relação. Outra coisa perigosa é acabar dobrando o pênis durante o ato. Cuidado, não vá acabar quebrando o “amigo” do parceiro porque fez algum movimento brusco com a mão.

Leia também: Especialista dá 5 dicas de como arrasar na hora de fazer sexo oral

Evite apontar a glande para o corpo dele quando ele for gozar. Apesar dos homens gostarem de ver a parceira com o sêmen espalhado pelo corpo após a masturbação masculina, odeiam quando acabam ficando lambuzados. Se você não gosta de receber o sêmen, tente colocar um pouco de papel higiênico na frente da glande para receber o gozo. Assim, ninguém fica bravo com a meleca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.