Tamanho do texto

Ela tem uma condição rara que eleva seus batimentos cardíacos e faz com que ela "apague" em mais diversas situações, até vendo filme de terror

Imagina se você "apagasse" sempre que chegasse ao ápice do prazer? Pois é, isso é o que acontece com Laura Crow, de 28 anos. Quase todas as vezes que tem relações sexuais com o marido, ela desmaia. Isso passou a acontecer após a primeira gravidez.

Laura Crow desmaia em várias situações e diz que consegue superar isso com o apoio do marido e dos filhos
Reprodução/ The Mirror
Laura Crow desmaia em várias situações e diz que consegue superar isso com o apoio do marido e dos filhos


Leia mais: Jovem vende doces no farol para juntar dinheiro para casar e conquista a web

Passada a gestação, a mulher foi diagnosticada com síndrome de taquicardia postural ortostática. Essa condição rara faz com que os batimentos cardíacos de Laura girem em torno de 110 batimentos por minuto quando ela está descansando, cerca de 40 batidas a mais que a média da maioria das outras pessoas, e por isso ela desmaia

O problema não impede Laura de seguir a diante, e ela afirma que nunca deixou e nem vai deixar de brincar com os filhos ou de fazer sexo com medo disso. “Escondo tantas emoções através de sorrisos, mas graças ao meu marido incrível e três crianças lindas tenho a força para continuar”, desabafa em entrevista ao portal britânico “Mirror”.

Motivos de desmaios

Quando ela passa por situações de adrenalina e excitação, o ritmo cardíaco dela pode atingir um pico de até 180 batimentos por minuto e isso faz com que ela desmaie. Além do sexo, Laura também apaga se não dormir o suficiente, se ficar exposta a altas temperaturas, se der muita risada, se fizer exercícios físicos e até se levar um susto vendo um filme de terror.

Leia mais: Prática de sexo oral menstruada vira caso de divórcio e vai parar na Justiça

A mulher conta que o marido Ben, de 28 anos, fica muito chateado quando isso acontece, principalmente na hora do sexo. Eles nunca conseguem voltar ao momento íntimo quando ela acorda, já que a situação faz com que o prazer dê espaço a preocupação.

Feliz no casamento

Mesmo com esse problema, ela afirma que, felizmente, isso não afeta o relacionamento deles e o amor supera esse obstáculo. "Ele sabe que sempre que temos relações sexuais, há 50% de chance do momento acabar com um desmaio”, conta a mulher.

Laura está com Ben há oito anos e durante cinco anos permaneceu perfeitamente saudável, até que ficou grávida , em 2009, de Dylan e, de repente, começou a desmaiar, algumas vezes por dia. Até então, isso nunca tinha acontecido. O médico pediu exames e só em 2011 foi diagnosticada com a síndrome.

Leia mais: Como é ter um relacionamento aberto: "Posso me divertir com outros quando quero"

Ela já chegou a apagar sete vezes por dia, mas atualmente ela desmaia pelo menos uma vez por dia. Já é uma melhora, né? 

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.