Se você está em quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) já deve ter se informado sobre o que é necessário para manter a imunidade alta: boa alimentação, prática de exercícios , consumo de vitaminas e manter-se hidratado. Você sabe por que beber água tem papel tão importante nessa lista?

água arrow-options
shutterstock
A água ajuda a limpar o organismo e é essencial para aumentar a imunidade

Leia também: Saiba como aumentar a imunidade com alimentação

De acordo com a nutricionista do Hospital do Coração Maria Fernanda Vischi D’Ottavio a água tem uma função muito importante no sistema imunológico dos seres humanos. “Manter a hidratação adequada é uma das maneiras de ajudar o sistema imune a funcionar adequadamente. A água dentro do nosso organismo exerce várias funções, entre elas a de excreção de impurezas e manutenção da temperatura corporal”, conta ao Delas.

Se há poucas impurezas no seu corpo, as células de defesa tem mais tempo para se preocupar com outras ameaças, como a Covid-19 , por exemplo. “A excreção de purezas colabora na eliminação de substâncias não desejáveis no corpo reduzindo o trabalho do sistema inume. Sobra 'mais tempo' para o sistema imune combater outros fatores que possam ser prejudiciais à saúde”, explica.

Quanto líquido devo ingerir durante o dia?

suco de frutas arrow-options
shutterstock
Além da água, sucos de frutos também servem para a hidratação do corpo

Os médicos divergem sobre a quantidade de água essencial para um adulto ingerir durante o dia. Os fatores de clima e ambiente interferem nesse consumo: em dias quentes o consumo de água é maior que em dias frios, o mesmo para quando praticamos atividade física ao invés de ficarmos sentado no sofá. Porém, há uma recomendação geral de beber entre seis e oito copos de água por dia .

Companheira de Maria Fernanda no HCor, a nutricionista Rosana Perim dá uma dica para diversificar na hidratação. “Ao longo do dia, alterne o consumo de água com suco de frutas, água de coco, bebidas reidratantes e chás. Assim não há necessidade de contar somente com os copos de água para garantir a hidratação”.

Leia também: Mesmo na quarentena, exposição ao sol é importante para imunidade

O número citado acima é, como falado, uma recomendação. Médicos apontam que tomar um pouco menos de água não prejudicará seu corpo. Porém, é essencial se atentar aos sintomas de desidratação :

  • urina amarela escura;
  • cansaço e tontura;
  • secura na boca, nos lábios ou nos olhos;
  • urinar menos de quatro vezes ao dia.

Se notar algum desses sinais, é hora de beber um copo de água.

Faça da garrafinha sua melhor amiga!

garrafa arrow-options
Reprodução
Vidro, plástico ou alumínio: onde é melhor armazenar a água mineral?

Com a pandemia do novo coronavírus , a livre circulação está prejudicada e idas ao supermercado são indicadas apenas quando há necessidade. Portanto, utilizar filtros é a melhor opção para garantir uma água potável em casa.

Outra dica é manter uma garrafa sempre ao seu alcance, ao lado da mesa do home office, por exemplo. Especialistas apontam que o melhor recipiente para utilizar é o vidro, devido a suas propriedades ecológicas e por ser fácil de limpar e higienizar.

Apesar de serem mais fáceis de encontrar e custarem mais barato, as garrafas de plástico podem liberar componentes químicos se armazenarem água por longos períodos de tempo (em média de sessenta a noventa dias), assim como recipientes de alumínio. Uma alternativa para recipientes de vidro são as garrafas de aço inoxidável que não têm risco de intoxicação, são mais higiênicas e fáceis de lavar.

Leia também: Dormir pouco pode afetar a imunidade do corpo

Atenção! Não é indicado que a água própria para consumo seja exposta ao sol. O calor pode desequilibrar a química da água mineral e causar fungos. Portanto, deixe os seus recipientes na geladeira ou em locais arejados.

    Veja Também

      Mostrar mais