O gengibre é uma raiz saborosa e rica em nutrientes. O uso dela na gastronomia não só dá um toque diferenciado aos alimentos, como também ajuda a equilibrar as funções do organismo, reduzindo inflamações e formando radicais livres.

Leia mais: Detox turbo ou 15 ovos por dia: detalhamos as dietas das famosas para o carnaval

O gengibre auxilia no emagrecimento%2C quando combinado com uma dieta equilibrada arrow-options
shutterstock
O gengibre auxilia no emagrecimento, quando combinado com uma dieta equilibrada

Com a chegada do verão, preocupações com o peso e redução da celulite aumentam. Para isso, uma ideia é utilizar o gengibre na dieta, pois ele contribui na amenização desse quadro, segundo o que afirma a nutricionista e consultora da Naiak, Karla Maciel.

De acordo com ela, a especiaria contém enzimas que melhoram a ação da vesícula biliar, o que auxilia na proteção do fígado contra toxinas. É indicada ainda para pessoas que apresentam desconfortos gastrointestinais em situações específicas, como ânsias e enjoos frequentes.

Conforme a nutricionista Luanna Caramalac, o gengibre, além de poderoso antioxidante e anti-inflamatório, também atua na prevenção de doenças como o câncer colorretal e úlceras no estômago. Ela reitera a função desse composto em auxiliar na perda de peso.

Leia mais: Nutrição e bronzeado: quais alimentos ajudam a cuidar da pele no verão?

"Esse auxílio acontece na medida em que o gengibre acelera o metabolismo e estimula a queima de gordura corporal . Ele possui os compostos químicos 6-gingerol e 8-gingerol, presentes em sua raiz, e que são responsáveis por aumentar a produção de calor e do suor", esclarece.

Como posso utilizá-lo?

Uma das maneiras mais versáteis de se utilizar o gengibre é quando ele está em pó arrow-options
shutterstock
Uma das maneiras mais versáteis de se utilizar o gengibre é quando ele está em pó


Maciel explica que a forma mais versátil de se utilizar o gengibre é na sua versão desidratada em pó. Ela diz que um estudo científico de 2019 mostrou que, assim, a especiaria possui maior poder antioxidante e anti-inflamatório por concentrar seus compostos nutricionais. 

Dicas de receitas para utilizar o gengibre

  • Drink sem álcool 

Um drink maravilhoso e refrescante, que conta com limão, tangerina e ervas naturais.

- Saiba como preparar Drink sem álcool

  • Mix de legumes oriental

Legumes como brócolis, pimentão, cenoura... Tudo isso com azeite, gengibre e sal fica uma delícia! 

- Saiba como preparar Mix de legumes oriental

  • Sorbet de manga e gengibre

Para uma sobremesa deliciosa, nada melhor que juntar algumas frutas bem docinhas. A mistura de manga, banana e água de coco fica ainda mais especial com o toque do gengibre.

- Saiba como preparar Sorbet de manga e gengibre

  • Suco de framboesa com gengibre

Super gostoso e refrescante, esse suco pode ser melhorado ainda com hibisco, morango e mirtilos.

Saiba como preparar suco de framboesa com gengibre

Há restrições

Como quase tudo, o gengibre pode fazer mal em alguns casos. Segundo Caramalac, doses excessivas do gengibre podem causar hipoglicemia em pessoas que têm diabetes, hipotensão e hipertensão. 

Ele em excesso também não é recomendado para gestantes ou pessoas que estejam tentando engravidar. Os estudos falam que o consumo excessivo nessa fase pode favorecer o aborto espontâneo e a má formação do feto, consequências também possíveis no caso da ingestão exagerada do hibisco.

Leia mais: Energia e ganho de massa muscular: como fazer da pasta de amendoim sua aliada

Para quem faz uso de medicamentos que afinam o sangue, como a aspirina, ele pode potencializar esse efeito, gerando mal-estar e sangramentos.

    Veja Também

      Mostrar mais