Tamanho do texto

Os movimentos dinâmicos e de impacto contribuem com o aumento da força e também ajudam a queimar calorias. Saiba mais sobre o exercício

A pliometria é um exercício repleto de dinamismo que visa promover mais estabilidade, força, equilíbrio, potência e mobilidade e está cada vez mais comum no Brasil. Os movimentos da atividade proporcionam inúmeras melhorias ao organismo e também ajudam a secar gordura.

Leia também: Quer ter abdômen definido? Kelly Key revela seus 6 exercícios ideais

pliometria é uma boa opção para secar gordura arrow-options
shutterstock
A pliometria é um exercício dinâmico que ajuda a promover mais equilíbrio, força, potência e mobilidade


De acordo com Kian Missaghi, especialista em treinos do aplicativo de exercícios Freeletics, o principal objetivo da pliometria é desenvolver e aumentar a força. "Em outras palavras, é uma forma rápida de desenvolver muita força em pouco tempo", afirma.

A atividade física ajuda a ativar o sistema nervoso central e melhorar a elasticidade dele. "Quando ela estimula as fibras musculares de contração rápida, permite que você gere força de maneira rápida e eficiente", acrescenta Missaghi.

O treinamento pliométrico segue um ciclo conhecido como alongamento-encurtamento. Nesse caso, os músculos se alongam e depois encurtam novamente, e isso propicia mais potência na realização dos movimentos.

A sequência também serve para explicar a intensidade aplicada na realização das atividades. "Ao armazenar e liberar energia elástica, aumenta-se a velocidade e a potência com um menor gasto de energia", pontua o especialista.

Leia também: Aposte neste HIIT de 12 minutos para treinar em casa no inverno

Pliometria emagrece?

pliometria arrow-options
shutterstock
Os exercícios são de muito impacto e podem prejudicar as articulações, por isso é bom ter cuidado ao praticar


Segundo Missaghi, o dinamismo, a agilidade e a intensidade do exercício permitem a queima de calorias como qualquer outra atividade física, porém ele é mais indicado para combater a flacidez, por exemplo, do que para emagrecer.

"A pliometria ajuda a queimar calorias e desenvolver músculos, por isso, poderíamos dizer que serve mais para secar gordura do que simplesmente perder peso. Ela pode ajudar na perda de massa gorda e ganho de massa magra", explica o especialista.

Kian Missaghi diz que, se o foco é emagrecer , vale mais a pena escolher movimentos que envolvam maiores massas musculares, como as atividades com pernas. Entretanto, ele não recomenda que pessoas muito acima do peso pratiquem os treinamentos pliométricos por ser de muito impacto e ter riscos de prejudicar as articulações.

"Para praticar pliometria de forma segura é preciso ter conhecimento da técnica, já que pode afetar forças de impacto e sobrecarregar o complexo músculo-tendão. Um exemplo é não 'desmoronar' os joelhos quando aterrissar de um pulo", esclarece ele.

Leia também: Não tem tempo? Saiba como fazer exercícios e emagrecer sem ir à academia

Dicas para iniciantes

pliometria arrow-options
shutterstock
Para não desgastar demais as articulações, a sugestão é começar aos poucos e subir o nível gradativamente


Caso alguém queira colocar esses treinos na rotina, ainda que esteja acima do peso, a sugestão é começar aos poucos e subir os níveis gradualmente para não se desgastar. "Qualquer pessoa pode começar fazendo exercícios mais simples, lembrando de prezar pela técnica e treinar até poder fazer várias repetições de forma correta. Assim que ambos forem adquiridos, aí é possível aumentar a intensidade dos exercícios ", diz Missaghi.

"Vale lembrar que o objetivo principal desse tipo de exercício é desenvolver potência, ou seja, maior força em menor tempo", completa.

Além disso, não existe um local específico para a prática. A pliometria é versátil e exige poucos itens além do próprio corpo, portanto, pode ser feita em qualquer lugar com espaço, para não interferir na realização dos movimentos. "Quadra, parque ou até mesmo um cômodo de sua casa" são indicações do especialista.