Tamanho do texto

Ovos e bife aparecem como as surpresas da lista, e todos os alimentos citados têm em comum a presença de açúcar ou gordura na composição

Não tem como negar que há alimentos que viciam e sempre deixam aquele gostinho de "quero mais". Uma pesquisa da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, descobriu que os 20 produtos mais viciantes têm em comum as altas doses de açúcar ou de gordura.

Leia também: 4 receitas saudáveis para driblar a vontade de comer doce

conheça 20 alimentos que viciam arrow-options
shutterstock
Pizza, chocolate, ovos e bife integram a lista de alimentos viciantes. A dependência pode gerar riscos à saúde


A médica nutróloga Ana Luisa Vilela, especialista em emagrecimento, explica que esses alimentos que viciam , em geral, fazem muita falta no processo de reeducação alimentar. "O sistema de recompensa cerebral é ativado quando consumimos algo que gostamos muito. O prazer é imediato e pode ser equiparado a vícios em bebidas alcoólicas, tabagismo e até drogas. Por isso que trocar hábitos alimentares é tão difícil", esclarece ela.

Confira os 20 alimentos mais viciantes segundo a pesquisa:

1. Pizza

Além de ser prática, a pizza também é versátil, ou seja, pode ter inúmeros sabores. O prato italiano é muito amado pelos brasileiros, mas a gordura e até o açúcar, no caso de pizzas doces, contribui para dependência.

2. Chocolate

O chocolate também integra a lista de alimentos mais perigosos para a saúde . A situação fica ainda pior no caso de chocolate branco, o que faz nutricionistas recomendarem os tipos meio amargo e amargo para tornar o produto mais saudável.

3. Salgadinho

Conservantes, corantes, sódio... Há vários motivos para cortar os salgadinhos da dieta. Eles se firmam como uma opção pouco saudável para o consumo e viciam facilmente.

4. Cookies

Não dá para resistir aos cookies, mas lembre-se que são produtos ricos em açúcar, e isso também colabora para que se gere a dependência no organismo.

5. Sorvete

O sorvete é um dos alimentos que viciam e também um dos mais perigosos à saúde, e um dos motivos é a presença de gordura saturada. Os sorvetes tipo sorbet, feitos à base de água, são os mais indicados para consumo.

6. Batata frita

É muito difícil resistir a uma porção de batata frita, mas se manter firme na dieta pode propiciar diversos benefícios.

7. X-burguer

Saboroso e suculento, o hambúrguer é uma opção rápida e prazerosa de acabar com a fome. Entretanto, o alimento pode colaborar com o ganho de peso quando consumido de modo constante.

8. Refrigerante

Parar de tomar refrigerante de uma vez por todas  tem benefícios que vão além de emagrecer. Tirar a bebida da dieta contribui com a diminuição da dependência de açúcar e também ajuda a deixar o cérebro mais calmo e a controlar a pressão alta.

9. Bolo

No preparo dos bolos é utilizado muito açúcar, em especial nos tipos industrializados, com o objetivo de acentuar o sabor, e isso torna o alimento mais viciante.

10. Queijo

Versátil e com um sabor único, o queijo tem o poder de incrementar qualquer prato, mas, em contrapartida, tem muita gordura na sua composição.

11. Bacon

O bacon é usado para receitas de lanches e pode até ser colocado no feijão, mas não dá para negar que, apesar de saboroso, ele vicia e possui muita gordura.

12. Frango frito

O frango, em si, tem vários nutrientes e faz bem para a saúde quando consumido de modo adequado. O frango frito é viciante e diminui os benefícios do alimento.

13. Salgadinhos assados

Esfirra, pastel de forno... É muito difícil resistir à tentação e comer apenas um salgado, especialmente em ocasiões especiais, como festas de aniversário e outros eventos.

14. Pipoca amanteigada

Uma dúvida comum é saber se a pipoca ajuda a perder peso ou pode integrar a dieta. O fato é que, se preparada da maneira correta, ela não só emagrece como ainda melhora o sistema digestivo, mas isso sem incluir a manteiga, que colabora com o vício no alimento, ou apelar para a versão de micro-ondas.

15. Cereal matinal

Cereais matinais são apresentados como alternativas saudáveis, mas contêm açúcar refinado na composição. Além de contribuírem com o surgimento de doenças, podem viciar o organismo em doces.

16. Bala de goma

Os gummies, conhecidos como balas de goma no Brasil, também integram a lista. Os doces mastigáveis podem ter vários sabores artificiais e são ricos em açúcares.

17. Bife

Dá para acreditar que o bife vicia? O prato é rápido e fácil de ser preparado, mas, em geral, possui gorduras que impulsionam o cérebro à dependência.

18. Muffins

Os muffins são bolos pequenos comumente usados como lanches entre uma refeição e outra. Há vários modos para fazer e os recheios também podem variar.

19. Nozes

As nozes proporcionam benefícios para a saúde e são utilizadas em processos de reeducação alimentar , entretanto contribuem para que o organismo fique viciado no alimento e acabe consumindo mais do que o necessário.

20. Ovos

Assim como o bife, os ovos aparecem como a surpresa da lista. O alimento já foi vilão e mocinho, mas com a versatilidade e facilidade dele é preciso se atentar e  saber quanto pode ser consumido para não cair na dependência.

Ana Luisa Vilela garante que nem todos os alimentos que viciam devem ser cortados e nunca mais consumidos. "Se há um equilíbrio na quantidade e o cérebro entende que algumas boas trocas suprem as necessidades, o vício não aparece. Assim, uma dieta torna-se rotina e nada fica ao extremo: nem o consumo, nem a abstinência", afirma a nutróloga.