Ao longo de três longos anos, Milla Shawn Clark não saiu de sua cama. "Presa entre quatro paredes", como ela mesmo afirma, a norte-americana dependia dos filhos para fazer sua higiene pessoal, uma vez que seus 340 kg a impediam de levantar e fazer as coisas por conta.

Leia também: É possível emagrecer 96 kg? Carla conseguiu: "Voltei a ter vontade de viver"

Milla sofria de obesidade mórbida
Reprodução/Facebook/Milla Clark
Milla Clark perdeu 270 kg; no detalhe, uma foto dela antes

Em 2016, a norte-americana, hoje com 51 anos, se consultou com o cirurgião Younan Nowzaradan, especialista em perda de peso, e participou do programa "My 600-lb Life", reality show da TLC - transmitido no Brasil pelo Discovery Channel como "Quilos Mortais" - que mostra a luta de pessoas contra a obesidade mórbida

Usando o método de Nowzaradan, Milla perdeu 45 kg, mas foi nesta semana que a sua espetacular transformação ganhou um novo episódio, literalmente. O programa "My 600-Lb. Life: Where Are They Now", que revisita personagens, revisitou Milla e mostrou que, três anos e cinco cirurgias após sua primeira consulta, ela perdeu impressionantes 270 kg, o que torna-a a paciente mais bem-sucedida do reality.

Leia também: Conheça 10 alimentos anti-inflamatórios e seus benefícios para a saúde

O episódio, que foi ao ar na última quarta-feira nos EUA, mostrou Milla comemorando seu 51° aniversário e revelou que a americana está aproveitando a "nova vida" com os filhos, levando-os para andar de caiaque e até mesmo para um encontro amoroso (ela é viúva).

"É algo muito humilhante"

Ao programa " Quilos Mortais ", Milla conta que a única forma que sua mãe conhecia de demonstrar amor para ela e sua irmã era dando comida para as duas. Na época, no entanto, ela não associava a alimentação errada ao seu ganho de peso.

Leia também: Estudo lista 10 alimentos perigosos e nós te ajudamos a encontrar substitutos

Após formar-se no colégio, ela conheceu o marido Elroy e se casou com ele: "Eu estava tão apaixonada por Elroy que esqueci que era gorda por um minuto". Os dois tiveram um filho, mas o peso de Milla fez com que uma nova gestação fosse muito arriscada - os outros quatro foram adotados.

Já lutando contra a obesidade mórbida e um linfedema na perna,  a americana foi, aos poucos, não conseguindo mais andar por conta própria, acabando presa à própria cama. "É algo muito humilhante. Crianças dessa idade não deveriam tomar conta dos pais", lamentou a mulher sobre os filhos darem banho nela para que ela não desenvolvesse uma infecção.

    Veja Também

      Mostrar mais