Tamanho do texto

Melissa McGilvrey chegou a 171 kg e percebeu que era hora de emagrecer após o cinto de um brinquedo não fechar em sua barriga; veja o que ela fez

Melissa McGilvrey sempre esteve acima do peso, mas o corpo realmente mudou no final da adolescência. Aos 19 anos, ela  deu à luz sua primeira filha e, por estar em um relacionamento abusivo, usava a comida para lidar com a situação. Nos próximos 20 anos, teve mais uma menina e um menino e livrou-se da relação. Na época, cuidar dos filhos era sua prioridade e, por isso, não se preocupava em perder peso.

Melissa McGilvrey chegou a pesar 171 kg e, com mudanças simples na rotina, conseguiu perder peso; saiba o que ela fez
Reprodução/Instagram/melisse_marie
Melissa McGilvrey chegou a pesar 171 kg e, com mudanças simples na rotina, conseguiu perder peso; saiba o que ela fez

Por conta de todo o seu histórico, Melissa chegou a pesar 171 kg. Ela consumia fast food com alto teor calórico e tomava sorvete diariamente. No entanto, uma ocorrência em um parque de diversões a fez mudar e perceber que era necessário perder peso . Isso porque, ao entrar no assento de um dos brinquedos, percebeu que o cinto de segurança não coube.

“Enquanto observava as reações de meus filhos, percebi que estava mentindo para mim a vida toda. Eu sempre disse a mim mesma que minha obesidade não estava incomodando ninguém, mas, na verdade, afetava cada pessoa ao meu redor. Eu me tornei determinada a mudar isso”, conta em depoimento à revista Women’s Health

Para emagrecer , aos 38 anos, em 2014, a mulher decidiu fazer caminhada em uma trilha pública. Ela andou um percurso de 1,6km e, quando terminou, seu rosto estava totalmente vermelho. “Meus dedos estavam inchados e formigando – e eu estava desapontada comigo mesma. Fiquei super dolorida no dia seguinte , mas voltei e segui pela mesma distância. E assim continuei todos os dias”, diz. 

Depois que ficou mais acostumada, passou a andar 3,2km a cada dois dias e, quando chegou a quase 5km, começou a ir todos os dias. Depois de 18 meses, ela já estava caminhando até 11km por dia e, aos domingos, 24km. “ Como eu trabalhava como motorista particular, tinha um horário flexível para caminhar e, ainda, estar em casa com os meus filhos. Essas caminhadas me ajudaram a fazer de mim uma prioridade também”, aponta. 

Academia e mudanças na alimentação para perder peso

Para perder peso, Melissa, além de controlar a alimentação e fazer caminhadas, também passou a praticar exercícios físicos
Reprodução/Instagram/melisse_marie
Para perder peso, Melissa, além de controlar a alimentação e fazer caminhadas, também passou a praticar exercícios físicos

Desde que passou a ser mais ativa, ela também reformulou sua dieta. Apesar de não ter cortado nenhum grupo específico de alimentos, passou a comer opções mais saudáveis, como carnes magras, legumes e grãos integrais. Ela também usou um aplicativo no celular para ajudar a controlar o que estava ingerindo no dia a dia e não passar longos períodos sem se alimentar. 

Geralmente, seu cardápio é dividido em:

  • Café da manhã: meia xícara de clara de ovo com cogumelos e espinafre;
  • Lanche da manhã: nozes ou um shake de proteína;
  • Almoço: 113g de peixe e batata doce;
  • Jantar: frango ou peru moído com algum tipo de grão (quinoa, por exemplo);
  • Ceia: um biscoito de manteiga de amendoim.

Desde então, ela perdeu 75 kg – e uma de suas filhas também está nesse processo de condicionamento físico. Recentemente, elas passaram a ir juntas para uma academia. “Fazemos aulas de ioga e HIIT, mas o local também oferece um nutricionista e treinadores que podem modificar todos os exercícios – e é por isso que vamos lá”, expõe.

Melissa ainda quer inspirar seus outros filhos a perder peso e ter uma vida mais saudável . “Eu estava cansada do meu peso afetando todos ao meu redor. Então, me comprometi a mudar. E agora que alcancei meu objetivo, estou determinada a passar esses hábitos ​​para o resto da minha família”, finaliza.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.