Tamanho do texto

A americana chegou a pesar 130 kg e, depois de sofrer com a obesidade, percebeu que era hora de emagrecer e ter um estilo de vida mais saudável

A americana Ashley Javar, de 29 anos, que vive em Las Vegas, tinha apenas 5 quando percebeu que estava acima do peso e que seu corpo era diferente do das outras crianças. Na época, seus pais a faziam consumir fast food, alimentos carregados de queijo e muito carboidrato. Eles não percebiam que esse estilo de vida fazia mal para ela – e a necessidade da filha perder peso não era uma preocupação.

Leia também: Mulher segue promessa e consegue emagrecer 106 kg em apenas um ano 

Depois de ter uma infância recheada de fast food, a americana Ashley Javar conseguiu perder peso e chegar aos 65 kg
Reprodução/Instagram/transforming_me702
Depois de ter uma infância recheada de fast food, a americana Ashley Javar conseguiu perder peso e chegar aos 65 kg

No entanto, conforme conta à revista Women’s Health , perder peso ainda não era algo que ela considerava até um fato marcante acontecer enquanto participava de um show de talentos na quinta série. Um colega estava procurando por garotas para serem dançarinas de apoio em uma apresentação. Quando se ofereceu, o menino disse: “Não me leve a mal, mas você está muito grande. Eu procuro por meninas bonitas."

A resposta a deixou abalada. Durante os próximos dez anos, ela tentou de tudo para emagrecer – mas nada dava resultado. Começou a seguir dietas, mas desistia após algumas semanas. Tentou as que estavam na moda, uma atrás da outra, mas se sentiu fracassada quando não conseguia fazê-las funcionar.

Aos 24 anos, Ashley sabia que já não podia mais tratar seu corpo dessa forma. E sentiu as consequências em suas costas. “Aconteceu quando eu fui pegar algo do chão. Não podia acreditar que um movimento tão pequeno pudesse causar tanta dor, mas foi tão ruim que eu tive que ir para o hospital”, conta à publicação.

A dor era tão intensa, que a jovem precisou usar uma cadeira de rodas e os funcionários do hospital tinham que ajudá-la a levantar da cama e ir ao banheiro. Quando chegou em casa, precisou dormir no andar de baixo, pois o marido não conseguia auxiliá-la para subir e descer a escada. Naquela noite, após deitar-se no sofá com 130 kg, soube que precisava fazer mudanças reais em sua vida. 

As transformações que foram fundamentais para conseguir perder peso 

Ashley mostra a evolução ao longo do processo de perder peso. Em 14 meses, ela saiu dos 130 kg e conseguiu perder 63,5 kg
Reprodução/Instagram/transforming_me702
Ashley mostra a evolução ao longo do processo de perder peso. Em 14 meses, ela saiu dos 130 kg e conseguiu perder 63,5 kg

Naquele momento, a americana criou uma lista de tarefas para mudar completamente o seu estilo de vida. Ela prometeu começar a contar calorias, medir as porções das refeições, cozinhar mais em casa e cortar algumas bebidas, exceto água, chá e café. 

Em relação aos alimentos, ela não deixou de consumir nada completamente. O objetivo era manter um bom equilíbrio de nutrientes. Além disso, instalou um aplicativo em seu celular que a ajuda a se manter no caminho certo todos os dias e saber exatamente quais tipos de comida está ingerindo. É como um diário alimentar, que registra tudo o que é ingerido durante o dia para que se possa ter um controle maior dos alimentos.

Leia também: 7 alimentos que podem ajudar a queimar gordura e mais dicas para emagrecer 

No começo, ela esclarece que não foi fácil e ficou com medo de fracassar, pois isso significaria que teria desistido totalmente de si mesma. “Eu também tentei ser o mais gentil possível comigo. Sabia que levaria tempo para treinar minha mente e minha relação com a comida”, diz. 

A boa notícia é que, antes que percebesse, cozinhar se tornou um hobby e ela aprendeu a fazer isso de forma rápida, simples e fácil para que não se tornasse sufocante. No dia a dia, Ashley apresenta uma refeição equilibrada em comparação ao que comia antes, incluindo frutas, porções de amêndoas, alface, tomate, cenoura, abobrinha e frango grelhado. 

Em 14 meses, o resultado era visível: 63,5 kg a menos. Além da alimentação, ela também aproveitava para andar e brincar com a filha. Não era sedentária e, ao mesmo tempo, não chegou a fazer academia durante todo esse tempo. Ainda assim, as mudanças positivas puderam ser vistas no espelho e, além disso, os elogios e os incentivos que recebeu de outras pessoas a manteve motivada. 

Depois de atingir o peso ideal, é hora de mantê-lo 

Depois de perder peso, a jovem detalha o que faz para conseguir mantê-lo e, ainda, inspira outras pessoas com sua história
Reprodução/Instagram/transforming_me702
Depois de perder peso, a jovem detalha o que faz para conseguir mantê-lo e, ainda, inspira outras pessoas com sua história

Assim que atingiu o peso que havia definido como meta - 65 kg -, ela encontrou um desafio totalmente novo: manter a perda de peso. “Essa tem sido, de longe, a parte mais difícil da minha jornada, uma vez que a euforia de emagrecer desapareceu e eu não tinha mais um grande objetivo com o qual estava trabalhando. Me vi um pouco perdida”, afirma. 

Foi aí que o Instagram entrou em cena. A americana decidiu iniciar uma conta na rede social - que conta com mais de 63 mil seguidores - como uma maneira de ficar responsável, manter suas mudanças saudáveis e, assim, inspirar outras pessoas que também estão passando por histórias parecidas. 

“Encontrei uma ótima comunidade de apoio lá e eles me ajudaram a encontrar um novo propósito. Agora que perdi o peso, mudei o foco para continuar vivendo saudável. No momento, estou me concentrando em minha saúde mental. É muito fácil ser sugado para fazer coisas "saudáveis" por razões não saudáveis e quero ter certeza que eu evito essa armadilha”, expõe. 

Para conseguir fazer isso, uma das maneiras encontradas foi se concentrar em todas as coisas positivas que o emagrecimento lhe proporcionou. “Agora, sou capaz de correr, pular e brincar com a minha filha sem sentir dores constantes. Posso fazer muito mais trabalho com muito menos esforço. Eu consigo subir escadas sem problemas”, declara. 

Leia também: Mulher e família perdem 63 kg juntos: "Essa foi minha motivação para emagrecer"

A americana diz que muita gente se concentra no quanto é difícil emagrecer, mas esclarece que seu dia a dia se tornou muito mais fácil com as mudanças feitas. “Quando outras pessoas me pedem conselhos sobre perder peso , eu digo a elas que realmente não há segredo: apenas coma de forma saudável, observe suas porções e fique com elas todos os dias. Não é fácil, mas é realmente simples”, aconselha.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.