Tamanho do texto

Melissa Bibeau tentava emagrecer desde os 16 anos e não conseguia, depois de ter os filhos ela percebeu que tinha que mudar e perdeu 44 kg em um ano

Desde a adolescência, um dos maiores desejos da americana Melissa Bibeau, de 33 anos, era emagrecer, ela tentava várias dietas da moda, mas nada resolvia. Tudo piorou quando ela entrou em depressão e começou a comer compulsivamente. Anos depois, ela realizou de ser mãe, mas a gravidez de gêmeos a fez ganhar mais peso. Cansada, ela resolveu tomar uma atitude e conta como conseguiu perder peso.

Leia também: Como perder peso após a gravidez? Mãe elimina 60 kg em 5 meses

Melissa Bibeau queria muito perder peso desde a adolescência e ela conseguiu após uma gravidez de gêmeos
Reprodução/Instagram
Melissa Bibeau queria muito perder peso desde a adolescência e ela conseguiu após uma gravidez de gêmeos


Segundo informações do portal britânico “Daily Mail”, a primeira tentativa de perder peso foi aos 16 anos, mas ela não sabia como fazer isso. “Tentei pular refeições e comer alimentos com pouca gordura sem entender como funcionava esse processo. Eu lutei com o meu peso a maior parte da minha vida adulta, mas aos vinte e poucos anos comecei a sofrer de depressão grave”, conta.

Essa série doença fez com que Melissa se sentisse fora do controle e não conseguia organizar vários aspectos de sua vida, incluindo o seu peso. Devido a depressão, ela passou a sofrer ataques de pânico e a ser assombrada por sentimentos de desesperança e foi necessário  procura a ajuda de um psicólogo. “Foi assim que eu entendi que eu tinha um transtorno alimentar compulsivo.”

Ao perder peso, Melissa viu seu corpo mudar de forma surpreendente e ficou feliz com o resultado
Reprodução/Instagram
Ao perder peso, Melissa viu seu corpo mudar de forma surpreendente e ficou feliz com o resultado

Esse problema fez com que ela engordasse mais e viu seu peso ultrapassar os 100 kg. Quando completou 18 anos, ela conheceu seu atual marido e quatro anos depois eles se casaram. Um dos maiores sonhos da americana era ser mãe e depois de um tempo de matrimônio ela e o parceiro decidiram tentar ter um filho.

A grande preocupação de Melissa era não conseguir engravidar devido à obesidade. “No final de 2014, decidi que precisava fazer uma mudança se íamos começar uma família e não queria ter problemas com a gravidez devido ao meu peso”, lembra.

Foi então que ela começou a comer melhor e a fazer exercício, mas isso não durou muito porque semanas depois ela descobriu que estava grávida.

Leia também: Mulher perde 30 kg fazendo 15 minutos de exercícios em casa

“Foi a notícia mais feliz que eu poderia ter depois de um período difícil para mim. Eu estava pronta para esse novo capítulo”, afirma a mãe que com 10 semanas de gravidez descobriu que estava esperando gêmeos. “Minha barriga cresceu rapidamente e explodiu de estrias do dia para a noite quando entrei no terceiro trimestre da gestação.”

Eliminando o excesso de pele 

Após perder peso, Melissa ficou com um grande excesso de pele na barriga e precisou passar por uma abdominoplastia
Reprodução/Instagram
Após perder peso, Melissa ficou com um grande excesso de pele na barriga e precisou passar por uma abdominoplastia


A americana lembra que estava nervosa com a ideia de como ficaria seu corpo depois da gravidez, mas tentou deixar essas neuras de lado, pois a prioridade naquele momento era deixar que as crianças se desenvolvessem para que ficassem bem. E deu tudo certo, os gêmeos nasceram saudáveis com 38 semanas e o casal ficou extremamente feliz.

“Nunca esquecerei a primeira vez que finalmente me olhei no espelho depois de dar à luz aos meninos. Senti uma sensação de orgulho por tê-los carregados, mas também me senti derrotada ao ver minha grande barriga vazia e pendurada”, relata. Além disso, por conta do excesso de peso, Melissa não estava se sentindo bem e fazer simples tarefas se tornaram um desafio.

Seis meses depois das crianças nascerem, a americana resolveu que era hora de tentar perder peso de novo. Para isso, ela começou a caminhar com os gêmeos durante o dia e a trocar alimentos gordurosos por opções mais saudáveis. Seguindo nesse ritmo de comer de forma saudável e se exercitar, em um ano, ela perdeu cerca de 44 kg. A melhor parte é que isso foi algo passageiro, ela mantém o peso e adotou de vez o novo estilo de vida. 

O problema é que ficou um excesso de pele na barriga e nos seios e, para resolveu isso, ela se submeteu a uma cirurgia de abdominoplastia e um lifting de mama. “Depois dos procedimentos, eu estava finalmente livre de toda aquela pele solta e flácida que estava pesando em mim emocionalmente”, diz Melissa que, agora, exibe o corpo que sempre sonhou. 

Inspiração para perder peso

Melissa conseguiu perder peso e resolver mostrar sua transformação no Instagram para motivar outras pessoas
Reprodução/Instagram
Melissa conseguiu perder peso e resolver mostrar sua transformação no Instagram para motivar outras pessoas


Com um novo estilo de vida, Melissa passou a mostrar sua transformação no Instagram. “Esse processo não foi fácil! Eu aprendi que uma transformação interna é necessária para fazer uma mudança duradoura externamente, e eu não poderia ter continuado a alcançar meus objetivos sem mudar meu estado de espírito. Tenho orgulho em dizer que perdi o peso sem passar fome nem me exercitar até a morte”, escreve em uma postagem.

Ela acrescenta: “Eu costumava fazer as dietas da moda para perder peso rapidamente, e eu até perdia alguns quilos rapidamente, mas ganhava de volta. A questão não é que as dietas não funcionam; o problema é que eles não são sustentáveis. Quem quer tomar shakes no lugar da refeição ou não tocar mais em uma fatia de pão pelo resto da vida? Eu aprendi que eu comia compulsivamente, pois estava muito restrita”.

Melissa diz que é muito suscetível a compulsão alimentar quando está se sentindo ansiosa ou deprimida, por isso, não dispensa um acompanhamento. “Para mim, várias pequenas refeições por dia e uma dieta rica em proteína ajudam a me manter em forma e minimizam o desejo de devorar tudo à vista. Eu também treino regularmente para manter a ansiedade sob controle.”

Leia também: Mulher emagrece, ganha 20kg após câncer e diz: "Consigo novamente"

Por fim, ela diz que cada pessoa é que um jeito e isso precisa ser considerado na hora de tentar emagrecer e fazer dieta. “É importante entender que o que funcionou para mim pode não ser adequado para você, mas espero que compartilhar meus pensamentos nessa jornada possa ajudar outras pessoas que lutam para perder peso .”

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas