Tamanho do texto

"Fazendo pouco ou nenhum exercício, eu posso comer tanto quanto meu namorado – um homem de 26 anos – e não ganho peso", diz Tina Stoklosa

Um casal afirma que há três anos só come frutas e garante que isso faz tão bem para eles que não precisam mais nem escovar os dentes. Tina Stoklosa, de 39 anos, é de Varsóvia, na Polônia, e começou essa dieta da fruta meses antes do Natal de 2013, pois queria se “desintoxicar”. No começo, ela diz que foi difícil porque amava comer fora, mas acabou se adaptando.

Tina Stoklosa e o namorado Simon Beun são adeptos da dieta da fruta há três anos e chegam a comer 30 bananas por dia
Reprodução/Instagram
Tina Stoklosa e o namorado Simon Beun são adeptos da dieta da fruta há três anos e chegam a comer 30 bananas por dia


De acordo com informações do portal britânico "The Sun", para encontrar uma variedade maior de frutas , Tina resolveu se mudar da Polônia para Bali, na Indonésia, onde conheceu seu atual namorado o bélgico Simon Beun, de 26 anos, que também segue a mesma dieta da fruta que a sua parceira.

Depois dessa drástica mudança na alimentação , a polonesa perdeu 31 kg e atualmente pesa pouco mais de 50 kg. O casal, além de só comer frutas, parou de escovar os dentes, porque mesmo sabendo que esses alimentos contêm açúcar, eles acreditam que a fibra da fruta já faz a limpeza necessária nos dentes.

A quantidade de frutas que o casal come soma a  quantidade de calorias de uma dieta normal, que varia de 2 a 4 mil calorias diárias e, para isso, a alimentação deles inclui até 30 bananas por dia. De líquido, eles só bebem água e água de coco.

A dieta da fruta foi uma tentativa de mudança 

Para Tina, a dieta da fruta trouxe muitos benefícios físicos e também psicológicos, além de controlar o peso
Reprodução/Instagram
Para Tina, a dieta da fruta trouxe muitos benefícios físicos e também psicológicos, além de controlar o peso


Tina conta que teve excesso de peso na vida adulta devido a ciclos de compulsão alimentar e como isso só estava se agravando, resolveu tentar uma dieta diferente. “Enquanto pesquisava uma receita de smoothie verde pela primeira vez encontrei uma garota na internet que só comia frutas e, então, eu encontrei um grupo inteiro de pessoas que comiam dessa maneira chamadas ‘fruitarianas’.”

Para a polonesa, essas pessoas que ela viu na internet pareciam incrivelmente saudáveis e resistentes. “Fiquei intrigada e decidi tentar por uma semana para perder peso antes do Natal. Naquela semana, eu me senti incrível – leve, otimista, pra cima, estava nas nuvens, parecia que tinha me apaixonado por tudo. Esta dieta valeu a pena, até mesmo para minha mente”, diz Tina.

O Natal passou e ela decidiu continuar comendo só fruta. Ela confessa que não foi simples e que nos dois primeiros anos ela teve recaídas e acabou comendo outras comidas. “Fazendo pouco ou nenhum exercício, eu posso comer tanto quanto meu namorado – um homem de 26 anos – e não ganho peso. Benefícios do estilo de vida frutariana? Certamente. A manutenção do peso é mais fácil comendo fruta.”

O casal também acredita que essa dieta da fruta cura depressão, doenças crônicas e até câncer. Vale ressaltar que não há nenhum estudo comprovando todos esses benefícios e pode ser perigoso, e um pouco de loucura, fazer uma dieta como essa. O aconselhado para  quem quer emagrecer é sempre contar com o apoio de um profissional.

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.