Tamanho do texto

“Nosso vínculo é algo especial. Eu sempre quis que ela olhasse mais para mim e agora eu sinto que isso acontece, nós duas nos inspiramos”, diz Jaime após ganhar a companhia da filha em um processo especial para ambas

Normalmente, o caminho para perder peso é apostar em uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos . Isso a maior parte das pessoas sabe, o difícil mesmo é criar força de vontade para ir à academia e conseguir dizer “não” a convites de amigos que não estão na mesma "pegada". Para superar esse obstáculo, Jaime Allison, de 40 anos, e sua filha Calista, de 18, uniram o útil ao agradável e entraram juntas nesse desafio.

Leia também: Juntos, parceiros mudam o estilo de vida e eliminam 181 kg

Mãe e filha confiaram pra valer que o jazz seria um método prazeroso para perder peso e alcançaram o objetivo juntas
Reprodução/Instagram
Mãe e filha confiaram pra valer que o jazz seria um método prazeroso para perder peso e alcançaram o objetivo juntas


Com uma rotina intensa de treinos e alimentação controlada, mãe e filha eliminaram 184 kg juntas. Quando alguém pergunta como conseguiram perder peso , elas afirmam que isso só foi possível graças ao " jazzercise ", uma modalidade de dança intensa que apareceu na vida delas por acaso, há dois anos.

“É uma hora de dança divertida, que queima gordura, tira o estresse e ainda proporciona benefícios surpreendentes para a saúde e os músculos”, afirma a mãe, que já queria emagrecer antes, mas não sabia o que fazer para conseguir e sempre desistia quando pensava que seria chato ir para a academia sem companhia.

Leia também: Sete dicas para emagrecer que você deve esquecer agora

Quando conheceu um programa de exercícios que indicava aulas de "jazzercise", ela e a filha resolveram fazer a matrícula e descobriram na dança algo prazeroso e que realmente apresentou resultados. Nas redes sociais, as duas publicam fotos juntas, mostram o antes e depois, os alimentos saudáveis que consomem e já inspiram até outras pessoas a seguirem o estilo.

A dança melhorou a relação da mãe com a filha


Em algumas fotos, Jaime e Calista parecem até irmãs. Com o jeito mais jovial que passou a demonstrar após passar a levar a rotina de exercícios a sério, a mãe conta que o jazz contribuiu muito para a relação das duas. "Agora somos uma equipe, ajudamos uma a outra e fazemos boas escolhas”, diz ela, que não trocaria de parceira na hora do treino.

“Nosso vínculo é algo especial. Eu sempre quis que ela olhasse mais para mim e agora eu sinto que isso acontece, nós duas nos inspiramos”, revela. Para quem fica motivado ao conhecer as duas, Jaime acredita que é só dar o primeiro passo para entrar nessa e nunca mais querer sair.

Leia também: Saiba o que Patrícia Poeta fez para emagrecer e confira dicas de nutricionista

“Leva apenas um momento, uma decisão. Você vai tomar uma atitude que mudará completamente a sua vida para melhor. Faça algo diferente, tente algo novo, saia de sua zona de conforto e experimente, você vai adorar! Isso é o que o jazz fez por mim e pela minha filha, muito mais que perder peso , ganhamos alegria”, garante a mãe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas