Tamanho do texto

Após lutar contra anorexia, Rachel engordou muito ao engravidar duas vezes

Uma canadense de 26 anos tem chamado atenção de muita gente nas redes sociais por conta da transformação em seu corpo após uma cirurgia para retirada de excesso de pele. Rachel Graham já teve de lutar contra um transtorno alimentar, depois ficou grávida de duas crianças bem grandes, não conseguiu controlar a alimentação e o resultado não poderia ter sido outro: 90kg a mais do que ela tem hoje.

Leia também: Australiana passa a cozinhar, perde 34 kg e ainda economiza R$ 200 por semana

Canadense afirma que, antes da cirurgia para retirada de excesso de pele, ela conseguiu perder peso com mudança de vida
Instagram/losinggravity/Reprodução
Canadense afirma que, antes da cirurgia para retirada de excesso de pele, ela conseguiu perder peso com mudança de vida

Após uma drástica mudança em seu estilo de vida, Rachel conseguiu emagrecer, mas ainda faltava tirar todo o excesso de pele para que sua transformação ficasse completa. No final de março, a canadense foi, finalmente, para a sala de cirurgia , e o resultado final foi compartilhado nesta quinta-feira (19) em sua página no Instagram. “Não podia estar mais feliz por estar livre da minha pele e poder ver o resultado da minha perda de peso.”

Muitos dos seguidores a questionaram sobre a cicatriz que ficou após a cirurgia, mas a canadense afirmou que, se for para comparar a marca com o desconforto de manter o excesso de pele, a cicatriz é “moleza”.

Leia também: Abandonou a dieta? Bella Falconi e Gracyanne Barbosa falam como manter o foco

“Eu tenho marcas em todo o meu corpo. Nos meus tornozelos, meus pés, braços… Todos machucados que eu mesma fiz em mim durante a minha adolescência. Eu olho para estas cicatrizes e me sinto triste, me sinto fraca, envergonhada. Essas marcas são lembranças dos pontos mais baixos da minha vida. Quando vejo a cicatriz da minha barriga, me sinto forte.”

Para Rachel, a marca que a cirurgia deixou em seu corpo a lembra de quanto ela mudou para conseguir emagrecer e como um novo capítulo começou. “Eu encontrei equilíbrio na comida, nos exercícios e, mentalmente, me sinto mais forte. Uma vez, tive uma cicatriz na minha barriga em que eu lia “GORDA”, de quando eu lutava contra a anorexia no início da minha adolescência. Esta marca, agora, foi embora com a cirurgia.”

Além disso, a canadense afirma que o medo de uma cicatriz nunca a impediu de querer a cirurgia para remover o excesso de pele, algo que gerava extremo desconforto e afetava negativamente sua saúde mental. "E esta ainda é uma cicatriz muito recente, que, eventualmente, vai ficar mais clara e quase não vai dar para ser notada. Também dá para facilmente esconder com as roupas."

Como a canadense perdeu peso?

A post shared by Rachel Graham (@losinggravity) on

Em seu blog, Rachel afirma que perdeu os 90kg apenas com uma mudança no estilo de vida. Ela passou a contar as calorias que comia ao longo do dia, comer alimentos saudáveis e praticar exercícios físicos. Além disso, a canadense acredita que uma das coisas que ajudou foi ter amamentado por 20 meses.

Mas, principalmente, ela mudou a forma de pensar. Depois de anos não sendo feliz com o próprio corpo, estabeleceu metas para conseguir alcançar o corpo que queria e que tinha antes dos filhos. “Em alguns dias eu praticava meus exercícios às 23h30, depois dos meninos terem ido (finalmente) dormir, para ter certeza de que não iria para a cama sem malhar.”

Isso não quer dizer, porém, que a mãe se tornou viciada em exercícios físicos. Ela afirma também que tinha seus dias de descanso, mas eles eram planejados, e Rachel não deixava de se exercitar porque estava se sentindo cansada ou achava que não teria tempo.

Leia também: Saiba como funciona uma aula de ioga com tecido e como ela pode te ajudar

A post shared by Rachel Graham (@losinggravity) on

Rachael focou em sempre estar em movimento, então passou a brincar mais com os filhos, a sair para caminhar com eles e fazer pequenas mudanças no dia a dia para se tornar menos sedentária. Além de tudo isso, passou a tomar água, sendo que, antes, ela passava longe da bebida e apenas ingeria entre quatro a cinco latas de refrigerante diet por dia.

Agora, o foco é fortalecer o corpo. “Eu perdi 90kg apenas fazendo exercícios em casa, mas agora me inscrevi em uma academia. Mudei meu objetivo para treinos de força, ao invés de apenas fazer cardio”, explica. E agora, após a cirurgia , com certeza Rachel terá novos objetivos para o novo corpo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.