Violência contra a mulher
Reprodução
Violência contra a mulher

Denunciado pela companheira, a jornalista Ana Luiza Dias, de 37 anos, por crimes como carcere privado e violência domestica, Fred Henrique Moreira Lima, de 30 anos, foi preso ontem em um apartamento em Copacabana pela polícia da 12ª DP. O homem já havia sido acusado de agredir três namoradas e os seus avós. 

Segundo a polícia, durante a busca no imóvel, foram encontrados alguns dos objetos usados durante as agressões a esposa, como um bastão retrátil e um soco-inglês, além de uma réplica de uma pistola.  

Ana Luiza, denunciou o seu companheiro no dia 29 de abril. De acordo, com a delegada responsável pelo caso, Natacha Oliveira, a mulher apresentava sinais visíveis de agressão. 

"Na sexta-feira (29), a Ana compareceu à delegacia com muitos sinais evidentes de lesões corporais, principalmente na região da face. Ela informou que, durante esses três dias, o Fred a manteve em cárcere privado e a espancou várias vezes. Além da agressão física, ela também foi submetida a tortura psicológica", diz a delegada Natacha Oliveira.

Em entrevista, Ana Luiza conta que a motivação das agressões, eram os acessos de raiva causados pelo ciúme de Fred Henrique Moreira Lima. Ela também relata que ele criava motivos para agredi-lá. 

"Foi ciúme, misturado com loucura. Ele cria histórias na cabeça dele, falou que tinha clonado meu celular. Ele inventou um motivo e partiu para cima de mim, está aqui o resultado. Estou com uma mandíbula de titânio, estou torta”, relata a Luiza. 

A jornalista esteve internada até quarta-feira, dia 4. De cordo com os exames feitos pelo hospital, foi identificado traumatismo craniano e uma fratura na mandíbula. Ana Luiza desabafa, dizendo que tomou coragem para denunciar ao perceber que a sua vida estava em risco.  

"Eu reagi. A gente às vezes dá um 'start' na nossa vida e não podemos perder tempo. Então, pensei: 'É agora ou vou morrer'. E eu ia morrer. Poderia ter infecionado minha mandíbula. A fratura poderia ter pegado a veia. Se eu continuasse lá, iria morrer. A mulher deve ser respeitada, amada, cuidada" fala a mulher. 

Ana Luiza não foi a única a acusar Fred Henrique de atos violentos, ele já havia sido preso por 6 meses, em consequência de queimar a mãe de um de seus filhos com uma panela quente, além de ter dado choques, mantê-la em carcere privado e a agredi-lá com chutes, socos e ataques com vassoura. 

Ele também foi acusado dez anos antes, pelos mesmos crimes, por uma de suas ex companheiras,  também agredida e queimada em um de seus acessos de ciúmes.  Além das mulheres, ele também foi expulso de casa por agredir os próprios avós. Possui passagem na polícia por tráfico de drogas e roubo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários