A data visa combater as violências contra as mulheres negras na politica
Reprodução
A data visa combater as violências contra as mulheres negras na politica

Natal terá, a partir do dia 14 deste mês, oficialmente o “Dia Marielle Franco de Enfrentamento à Violência Política contra as Mulheres Negras, LGBTQIA+ e periféricas”. A data  proposta pela vereadora, Divaneide Basílio, foi aprovada na quarta-feira, 04, na Câmara Municipal. 

"Essa legislação é uma das formas que a gente tem materializar nossa fala quando a gente diz que somos todas Marielles, ou que a força da sua luta semeou. Isso não é só discurso. Isso é prática. O estabelecimento desse dia em Natal é a maneira de dizer que nós, mulheres negras, ocupamos e vamos continuar ocupando mais espaços na política e que não seremos silenciadas, nem violentadas. Nunca mais", defende a vereadora. 

Divaneide Basílio é a primeira mulher negra vereadora da cidade de Natal e como muitas mulheres, já sofreu discriminação devido ao seu gênero e raça. Segundo pesquisa divulgada pelo instituto Marielle Franco, “A violência política de contra mulheres negras”, 95% das candidatas a cargos políticos no Brasil já sofreram algum tipo de violência politica. O projeto “Dia Marielle Franco de Enfrentamento à Violência Política contra as Mulheres Negras, LGBTQIA+ e periféricas” visa combater essas discriminações. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários