Mulheres empoderadas, diversidade, feminismo
shutterstock
Mulheres empoderadas, diversidade, feminismo

Pesquisa feita pelo DataSenado em conjunto com o Observatório da Mulher, revela que 86% das entrevistadas acreditam que a  violência de gênero aumentou em 2021. O estudo publicado usa como base as estatísticas de boletins de ocorrência divulgados pelos estados durante o ano. Como São Paulo capital, que obteve um crescimento de 75% de atendimentos a vítimas de  violência doméstica, foram ao todo 42.212 mulheres atendidas. 




Leia Também

Leia Também

Leia Também

Outros estados também tiveram números bem semelhantes. O Distrito Federal  marcou o segundo maior número de casos em 12 anos, com uma marca de 16.327 novas ocorrências de violência doméstica. No Ceará, 18.889, além de 1.946 casos que constam como crimes sexuais. Esses só são alguns exemplos do agravamento da violência doméstica desde o começo da pandemia.

Ainda de acordo com a pesquisa, "68% das brasileiras conhecem uma ou mais mulheres vítimas de violência doméstica ou familiar, enquanto 27% declaram já ter sofrido algum tipo de agressão por um homem,” aponta o estudo. 

Leia Também

Para Marcus Rubem, coordenador do DataSenado que apresentou a pesquisa durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos. Os dados podem ajudar na criação de políticas públicas de combate à violência de gênero.

“Nós acreditamos que os resultados da pesquisa podem ajudar bastante nas políticas públicas voltadas ao combate da violência contra a mulher", afirmou à Agência Senado. 

** Daniela Ferreira é estagiária desde dezembro de 2021 das editorias iG Delas e Receitas. Estudante de jornalismo na Universidade Metodista de São Paulo, é apaixonada por tudo o que está ligado ao universo feminino e por poder ouvir e contar as histórias das pessoas à sua volta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários