Meghan Markle
Reprodução
Meghan Markle



Após o jornal britânico The Mirror declarar que Meghan (40), duquesa de Sussex,  está pensando em entrar para a corrida eleitoral, de 2024, caso Joe Biden não tente a reeleição ,  o distante meio-irmão de Meghan falou sobre o assunto em uma entrevista que não ficaria surpreso se ela um dia concorresse à presidência dos Estados Unidos.


A ex-atriz americana, que se tornou membro da Família Real Britânica quando se casou com o Príncipe Harry , em 2018, não faz segredo de sua política progressista desde sua mudança para a Califórnia no ano passado. Thomas Markle Jr, que tem o mesmo pai de Meghan, disse à revista australiana New Idea que sua irmã ambiciosa certamente poderia fazer uma mudança para a Casa Branca no futuro.

Leia Também

"Ela obviamente tem aquela personalidade de determinação e energia ... não me surpreenderia [se ela se candidatasse à presidência]...Eu simplesmente sei, seja qual for o esforço que ela fizer e colocar as mãos, ela fará coisas boas. Desejo a ela boa sorte, mas, com certeza, se é isso que ela quer, ela vai em frente", falou. 

Desde que rompeu com a família real, Meghan Markle vem explorando novas possibilidades de trabalho e fechou contratos milionários com plataformas digitais .

Um ex-funcionário do gabinete do primeiro-ministro do Reino Unido e com fortes ligações com a política estadunidense teria dito que diferentes partidos estão sondando a ex-atriz para saber as intenções políticas dela, principalmente após sua entrevista a Oprah Winfley.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários