Cerimônias e festas para poucos, com tudo que se tem direito, saem bem mais baratas – e noivos podem curtir melhor a noite

Mini wedding: detalhes são fundamentais
Arquivo pessoal
Mini wedding: detalhes são fundamentais

Silvia Naomi Torii fez seu casamento com tudo a que tinha direito: vestido de noiva, cerimônia, festa com jantar, decoração sofisticada, bolo de três andares e muitos bem-casados. Tudo por $ 14 mil. O segredo da economia? Ela optou pelo modelo mini wedding.

“Estávamos com o orçamento apertado e preferimos fazer um evento melhor, em um bom lugar, para poucas pessoas, a uma coisa simples para muitos”, diz Silvia, que chamou 50 pessoas para sua união. “O bom é que deu para dar atenção para todos os convidados e ainda curtir o jantar com calma”, conta.

Segundo a cerimonialista Fernanda Vianna, especializada em casamentos íntimos, mini weddings são festas com até 100 convidados, entre familiares e amigos próximos, e podem ter um estilo tradicional ou informal, dependendo do gosto dos noivos.

A economia, nesses casos, é significativa. Um número menor número de convidados não altera o valor de alguns serviços, como fotografia e filmagem, mas faz grande diferença no orçamento de outros, como buffet e decoração, que representam boa parte dos gastos de um casamento.

Mas não é apenas a vantagem financeira que leva os casais a abraçarem a ideia. “Eu e meu marido já morávamos juntos e queríamos um casamento com a nossa cara, sem aquela obrigação de convidar pessoas que não fizeram parte da nossa história”, conta Andrea Santos, que teve 100 convidados em sua festa.

Cuidado nos detalhes

Andrea Santos, o noivo e convidados: opção pelo mini wedding permite aos noivos dar mais atenção aos convidados
Arquivo pessoal
Andrea Santos, o noivo e convidados: opção pelo mini wedding permite aos noivos dar mais atenção aos convidados

O fato de se tratar de um casamento intimista não significa que não sejam necessários tempo, dedicação e planejamento, diz Fernanda, que também escreve o blog Casamento Prático . O passo a passo para a organização não muda.

Uma das principais decisões no mini wedding é o local onde será realizado. Dependendo do estilo da festa e do orçamento, há diversas opções: hotéis, restaurantes, a própria casa dos noivos. “O mais apropriado é que seja um lugar que carregue algum significado para o casal”, diz Fernanda Floret, autora do blog Vestida de Noiva . “Pode ser um restaurante que eles gostem muito de frequentar, por exemplo. Se a verba for maior e os dois compartilham a paixão pelo mar, o casamento pode acontecer em um iate, e assim por diante”.

O importante é que o lugar comporte confortavelmente o número de convidados sem, no entanto, ser grande demais. “Se o local for enorme, a festa ficará com cara de vazia”, diz a blogueira.
A atenção aos detalhes também é fundamental. Por ser intimista, as pessoas acabam notando mais as pequenas coisas. Por isso, aposte nos detalhes. “Seja tradicional ou informal, é delicado caprichar nos detalhes e imprimir a personalidade do casal em tudo”, resume a cerimonialista Fernanda Vianna.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.