João Bidu

O que esperar do Ano de Vnus?
Vitria Fernandes/Joo Bidu
O que esperar do Ano de Vnus?

Vênus é um astro feminino, permanece em torno de três semanas em um signo quando está em ritmo normal e leva cerca de 252 dias para completar sua volta pelo Zodíaco. Como vai reger a sinfonia dos astros, Vênus terá um papel muito importante nas previsões, começará e terminará o ano em Capricórnio e vai percorrer todos os signos ao longo do período, encerrando 2021 em movimento inverso, já que passará a retrogradar a partir do dia 20 de dezembro. Na Astrologia, Vênus é considerado o planeta do amor, da beleza e das artes e tem conexão com tudo o que é sedutor, charmoso e agradável aos olhos, estimulando as pessoas a enxergarem o lado bom, belo e poético da existência. 

Radiografia do regente de 2021

Vênus simboliza paz, harmonia, conciliação, elegância, cordialidade e vai favorecer especialmente os assuntos do coração no novo ano, embora também tenha relação estreita com os interesses financeiros e materiais, pois governa Touro, morada da Casa do Dinheiro no Zodíaco. Vênus também é o planeta regente de Libra, signo que abriga a 7ª Casa e todos os assuntos relacionados com parcerias, acordos, compromissos e alianças, por isso é o setor das uniões estáveis, dos romances duradouros e do casamento. 

Símbolo de criatividade, diplomacia e equilíbrio, Vênus favorece a socialização, embala os pequenos prazeres da vida, traz bom gosto, refinamento e estimula a vaidade, incentivando os cuidados com o corpo e aparência. Se depender do regente de 2021, as relações em geral ocuparão lugar de destaque e o espírito de conciliação falará mais alto, sinal de um período indicado para vencer resistências, diferenças e conflitos. Quem semear concórdia, entendimento e gentileza no novo ano poderá colher ótimas parcerias pessoais e profissionais, relacionamentos mais saudáveis, prazerosos e dias mais felizes. 

O amor vai estar no ar

A energia de Vênus evoca sedução, encantamento, atração, traduz sensibilidade, empatia, delicadeza e mesmo que você nem pense em protagonizar uma história de amor, o sentimento pode chegar de mansinho, mudar os seus conceitos e a sua vida no novo ano. Paqueras e namoros terão pela frente um dos períodos mais movimentados, mas a missão maior de Vênus é unir corações e promover a aproximação de pessoas que sonham em partilhar a vida com outro alguém. Encontrar o par perfeito que sempre idealizou, morar junto com o namorido, planejar o casório ou resolver questões importantes na relação conjugal, caso já tenha um love, são coisas que podem saltar para o topo da lista de desejos em 2021, mesmo para quem ainda não pense a respeito. 

Embora divórcios e separações possam ocorrer, o número de casamentos deve aumentar consideravelmente, como também a possibilidade de muitos casais vencerem crises, encontrando novos estímulos e horizontes na vida a dois. Um dos aspectos mais positivos do planeta do amor, ao ser patrono das reconciliações, é que Vênus espalha a energia da reciprocidade e da empatia, incentivando a se colocar no lugar do outro para compreender desejos, expectativas e pontos de vista sob a ótica do par. Mas se Vênus é o planeta que patrocina encontros amorosos, também estimula rivalidades e concorrências, uma boa razão para cuidar do romance com todo carinho e atenção. Se o casal não falar a mesma língua, se faltar valorização no relacionamento e se um sentir que está em segundo plano na vida do outro, a vontade de buscar um envolvimento que satisfaça mais pode se manifestar.

Atividades profissionais em destaque

Vênus é o mensageiro da beleza, da generosidade e da criatividade artística e, sob sua influência, valem mais o charme e o bom gosto do que as demonstrações de grandeza, ostentação ou riqueza. Profissionais que já atuam ou pretendem ingressar nos setores de moda, estética, perfumaria, cosméticos, joias, bijuterias e tantos outros que têm a missão de embelezar o corpo receberão as vibrações especiais do regente do ano, podendo obter mais sucesso em suas carreiras e atrair um bom retorno financeiro. O mesmo se aplica para quem trabalha com produção cultural e com atividades artísticas. 

Outras áreas que devem prosperar muito no ano de Vênus são as ligadas a festas, cerimônias de casamento, decoração de ambientes, flores, presentes, bem como as carreiras associadas à arquitetura, paisagismo, relações públicas, marketing digital e mídias sociais, diplomacia, aconselhamento e orientação psicológica. Em todos esses setores ou em qualquer outro que queira ingressar, lembre-se de que Vênus é o astro das parcerias, dos acordos e das alianças, portanto, será importante somar seus dons, talentos e habilidades com pessoas que possuam qualidades e perfis arrojados e empreendedores, assim, a possibilidade de êxito será maior. Agora, mesmo que esses setores indicados sejam promissores, vale salientar que ótimas oportunidades podem surgir em outros segmentos, principalmente em áreas que tenham contato direto com o público. Outro detalhe: a sorte pode sorrir para quem colocar um pouco mais de bom gosto, delicadeza, afeto e equilíbrio emocional na interação com colegas, chefes, colaboradores ou clientes. 

Os interesses financeiros

Embora seja mais conhecido como planeta do amor, Vênus também governa a Casa da Fortuna, que rege os recursos materiais, os talentos de natureza prática e os valores essenciais à vida das pessoas. Assim, o ano será favorável para você colocar não apenas a vida sentimental nos trilhos, mas também a financeira. Apenas lembrando que o lado vilão de Vênus de vez em quando vem à tona, revelando atitudes teimosas, ciumentas e um apego exagerado às coisas materiais. Para quem faz do dinheiro a motivação dos seus esforços, o ano promete bons rendimentos e os lucros tendem a aumentar. Quem não tem tanta possibilidade de dar um grande salto em sua condição econômica, pode e deve aproveitar o ano de Vênus para saldar ou reduzir dívidas em busca de uma situação mais tranquila e menos exasperante.  As pessoas que atuam em bancos, financeiras, corretoras e em outras atividades que lidam com aplicações e empréstimos podem ser privilegiadas. Aliás, não só elas, mas também as que atuam com construções, artesanato, confecções, jardinagem, contabilidade, pois podem surgir estímulos e facilidades em linhas de crédito e financiamento para a expansão das suas atividades. 2021 tem potencial para atender as aspirações de quem busca estabilidade material e emocional, mas outros interesses também estarão em evidência neste ano. 

Bem-estar, saúde e aparência

Como Vênus é a deusa da beleza, nem é preciso consultar posições e aspectos de outros planetas para afirmar que no novo ano deve crescer ainda mais a busca pelos padrões estéticos estabelecidos, consagrados e também por novas técnicas, como harmonização facial e outros procedimentos mais modernos. As mulheres continuarão fazendo sacrifícios para reduzir medidas ou corrigir imperfeições, mas os homens não ficarão atrás. Em alguns casos, devem concorrer com as mulheres em cirurgias reparadoras, e muitos vão se esbaldar com o grande número de novos produtos que podem ser lançados para embelezar, garantir jovialidade e incrementar o visual masculino. 

Por outro lado, a energia venusiana nem sempre favorece dietas restritivas e atividades que exijam rigor, esforço físico e disciplina ferrenha, portanto, será preciso mais empenho e estímulos extras para levantar a disposição na hora de malhar. Na saúde, Vênus influencia várias partes do corpo humano por ser o astro regente de Touro e Libra. Em 2021, será aconselhável acompanhar de perto qualquer distúrbio envolvendo os órgãos sexuais femininos, rins, vias urinárias, virilha, garganta, pescoço e disfunções ligadas à glândula tireoide. 

Mas Vênus não reinará isolado em seu trono e outras forças planetárias também vão exercer forte influência no astral do novo ano. 

Veja a seguir os principais eventos astrológicos que vão acontecer em 2021:

Você viu?

Os movimentos dos astros rápidos

Embora seja um satélite da Terra, a Lua tem status de planeta na Astrologia e é o astro mais veloz do Zodíaco: permanece apenas dois dias e meio em cada signo e influencia bastante o horóscopo diário. Na entrada do ano astrológico, no dia 20 de março, a Lua estará em Gêmeos, ativando os setores e interesses relacionados com comunicações, mídias sociais, transportes, marketing, ensino, trabalhos escritos, blogs, livros, revistas, tutoriais, lives e produções digitais em geral. Ela também vai estimular encontros, conversas, declarações e toda forma de interação e expressão nos relacionamentos.

Mercúrio é o segundo planeta mais rápido e permanece menos de um mês em um determinado signo, mas estica a visita quando faz movimento retrógrado, o que acontece três vezes ao ano. Em 2021, ele fará a aparente caminhada contrária nos meses de fevereiro, junho e outubro, todas as vezes em signos regidos pelo elemento Ar. Nesses períodos, a recomendação é dobrar a cautela com conversas, comentários, trocas e intercâmbios de informações e dados, documentos, deslocamentos, prazos e contatos em geral. 

O terceiro na categoria dos astros rápidos é Vênus, mas já falamos bastante do planeta regente de 2021. Na sequência vem o Sol, que leva 30 dias para percorrer cada setor do Zodíaco e completa sua trajetória no prazo de 12 meses, sempre em março, quando recomeça seu ciclo ao ingressar no signo de Áries, o ponto inicial do Zodíaco, inaugurando um novo ano astrológico. O quinto e último astro rápido é Marte, que fica por volta de 40 dias em um signo, isso quando faz movimento normal, como vai ocorrer em 2021, ou seja, não teremos movimento retrógrado do astro. Marte é considerado o planeta da ação, da iniciativa, da paixão e do sexo e rege o signo de Áries, onde estará posicionado na virada do ano e onde sua força é plena. Só que ele ficará poucos dias em seu domicílio e já no dia 6 de janeiro migrará para outro setor do Zodíaco. Mas Marte deixará de percorrer dois signos em 2021: não vai visitar Capricórnio nem Aquário.

Mudanças importantes no céu

A outra categoria planetária reúne os astros de movimento mais vagaroso e é composta, pela ordem de permanência nos signos, por Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão. Júpiter é o que demora menos tempo para percorrer uma área do Horóscopo e fica cerca de um ano em cada setor. Em 2021, Júpiter estará em Aquário, alimentando aspirações, esperanças, trazendo renovação e anunciando mudanças e reformas aceleradas e revolucionárias em assuntos que envolvam ciência, leis, ensino à distância, cultura, religiosidade, relações internacionais públicas e diplomáticas, viagens, intercâmbio e integração entre povos diferentes e distantes. Júpiter também fará um trânsito breve pelo signo de Peixes entre 13 de maio e 27 de julho, período em que deve mexer bastante com a espiritualidade e a fé, intensificando a busca por experiências místicas, esotéricas e religiosas. A vontade de ajudar o próximo deve se manifestar com mais força nesse período, incentivando trabalhos voluntários junto às pessoas e aos povos mais carentes do mundo.

Mas Júpiter regressará para Aquário no final de julho e permanecerá nesse signo até 27 de dezembro. Considerado o planeta da expansão, ele amplia o que influencia, mas também traz altas doses de entusiasmo, o que pode indicar empolgação passageira em muitas iniciativas e quem entra em cena para ajustar o foco, esfriar os ânimos e dar mais solidez aos propósitos é Saturno. Ele demora dois anos e meio para atravessar os graus de um signo e vai seguir o exemplo de Júpiter, atuando em Aquário ao longo de 2021. O planeta das responsabilidades ficará nessa posição até março de 2023 e ganha força em Aquário, signo que governou até o descobrimento de Urano. O astro terá a missão de conectar os ideais com a realidade e trazer doses necessárias de prudência, disciplina, organização, sabedoria e conhecimento que qualquer projeto vai demandar para se tornar viável no novo ano. 

Mais do que nunca, será preciso desenvolver competências, reciclar saberes e aperfeiçoar habilidades para garantir o emprego ou sonhar com algo melhor. No âmbito mundial, Saturno em Aquário colocará em destaque as ações multilaterais, organismos internacionais, grupos organizados que reúnem países, governos estrangeiros e assuntos que tratam de interesses comerciais, científicos e ambientais. Muitas vezes Saturno tem mão pesada, exige sacrifícios, renúncias, impõe limites, restrições e austeridade, sinais bem presentes nos últimos tempos, sobretudo no aspecto profissional. É que Saturno também governa o grande ciclo de 36 anos que está em vigor atualmente e só terminará em 2052, por isso vem exercendo muita influência no Horóscopo desde que assumiu o comando, em 2017. 

Aspectos entre os astros mais lentos

Agora, tanto Júpiter quanto Saturno vão interagir bastante com Urano, outro astro que faz parte da trupe dos planetas mais vagarosos. Ele ingressou em Touro em 2019 e permanecerá neste signo até abril de 2026, influenciando e impactando especialmente os assuntos materiais. Ao agir no signo que abriga a 2ª Casa Astral, o planeta mais revolucionário do Zodíaco incentiva outras formas de gerar recursos, instiga alterações, modernizações e estimula a criatividade, inspirando ideias diferentes e pioneiras para administrar os interesses financeiros. Urano em Touro dá impulso para que opções originais e inovadoras sejam criadas, movimentem a economia, facilitem a vida e se consagrem como alternativas práticas e fáceis para lidar com dinheiro, sobretudo pela internet com os sistemas de pagamentos virtuais e instantâneos. O problema é que Urano vai formar aspectos tensos com Júpiter e Saturno em alguns períodos do ano, revelando que mudanças, projetos e planos devem ser muito bem pensados, gestados e estruturados antes de serem implementados ou poderão cair nas armadilhas da falta de experiência, conhecimento técnico ou inoperância. Agora, vale esclarecer que esses movimentos terão efeitos diferentes para cada signo, dependendo das Casas Astrais onde irão ocorrer. Os dois últimos astros mais lentos não farão mudanças significativas em 2021. Netuno seguirá em Peixes, alimentando as esperanças e a fé interior, enquanto Plutão vai continuar sua lenta caminhada por Capricórnio, impulsionando transformações mais profundas nas relações de trabalho e na economia. 

A energia do novo pede passagem! 

Com a poderosa energia planetária que estará concentrada em Aquário, estruturas antigas e de poder que não têm mais espaço, voz ativa e funcionalidade podem cair em descrédito. A ruptura das práticas e dos conceitos velhos, conservadores e ultrapassados ficará mais nítida em 2021, alavancada pelas crescentes demandas tecnológicas e a necessidade de adaptação aos novos tempos. 

Mudanças radicais devem ocorrer, as áreas científicas vão avançar, tratamentos pioneiros e vacinas vão surgir, outros métodos vão despontar e o desenvolvimento tecnológico será acelerado, alterando as formas de trabalhar, consumir, lidar com dinheiro e até se relacionar: as mídias sociais e a internet devem se consagrar de vez como instrumentos de comunicação. 

ONGs, grupos organizados, causas ambientais, coletivas e humanitárias vão ganhar mais urgência, evidência e estimularão a união de diferentes camadas da sociedade em torno de ideais, temas e reivindicações que podem beneficiar a população de forma geral. A semente de uma nova mentalidade já está em processo de germinação e pode começar a brotar já em 2021, junto com a consciência de que cada vida do planeta é preciosa e o futuro que queremos deve ser construído agora, nas ações do presente. 

+ Inscreva-se no Clube João Bidu e receba conteúdo exclusivo! Basta baixar o app do Telegram no seu celular e entrar neste  LINK !

TEXTO:  Vitória Fernandes/João Bidu

LEIA TAMBÉM: 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários