Acne adulta: por que acontece e como tratar?
Reprodução: Alto Astral
Acne adulta: por que acontece e como tratar?

Uma coisa é certa: pelo menos uma vez na vida você terá que lidar com uma espinha chata! Ainda que acnes sejam comuns durante a adolescência devido às alterações hormonais e excesso de oleosidade da pele, a condição também pode surgir anos depois, na fase adulta.

Parece um tanto quanto inaceitável ter que lidar com espinhas na pele já madura, no entanto, essa é uma realidade de muitas mulheres e são necessários cuidados específicos para livrar-se delas, como tratamento e manutenção no skincare.


Leia Também

Segundo o dermatologista José Roberto Fraga Filho, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a acne da mulher adulta é aquela que aparece a partir dos 25 anos — podendo vir desde a puberdade ou surgindo espontaneamente nessa idade — e está localizada, principalmente, no queixo e mandíbula.

“As causas não são totalmente esclarecidas, mas vários fatores estão envolvidos. Entre os principais temos exposição aos raios ultravioletas, estresse, obesidade, dieta, tabagismo, alteração do sono, cosméticos e lavagem excessiva da pele”, pontua o especialista.

Leia Também

Não há, entretanto, uma relação direta com as espinhas da adolescência, segundo o dermatologista. Ou seja, jovens que apresentavam acnes não estão propensas a também tê-las na vida adulta. Além disso, o tratamento também é diferente, pois as espinhas podem ressurgir mesmo após tratadas. “Tratá-las é um desafio terapêutico. Mesmo após o uso de antibióticos e ácidos tópicos, a chance de recidiva é frequente, sendo necessário sempre a manutenção dos cuidados”, salienta.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários