A ansiedade  das noivas de subirem ao altar e planejarem todos os detalhes dos seus casamentos, neste ano, foram trocadas por frustrações e incertezas por causa da pandemia do novo coronavírus . De acordo com um levantamento do site de casamentos "Icasei", pelo menos 61% das cerimônias que deveriam ter sido feitas no primeiro semestre foram adiadas no Brasil. Esse é o caso da médica Izaura Gomes Correia, 30, que já deveria estar comemorando três meses de matrimônio.

Izaura Gomes Correia e Edvam Charles
Arquivo pessoal
Izaura Gomes Correia e Edvam Charles

"Para mim, foi muito difícil. Desde pequena, sempre foi meu sonho entrar na igreja com o meu pai. Foi muito difícil planejar tudo, ver as lembrancinhas e os convites chegando -- do jeito que eu imaginei -- e depois ver tudo isso sendo adiado por algo que a gente não tem controle. Como sou uma pessoa que gosta muito de planejar, foi decepcionante."

Lembrancinhas para os padrinhos
Arquivo pessoal
Lembrancinhas dos padrinhos

Com o casamento marcado para o dia 2 de maio, Izaura conta ao Delas que não imaginava que teria que adiar por tanto tempo o casamento com Edvam Charles, de 34 anos. "Como a gente já estava namorando há dois anos, os dois já estavam trabalhando e queríamos muito construir uma família, não tinha nada que nos impedisse de casar."

"Eu sou médica e já sabia dos casos que estavam acontecendo em São Paulo e no Rio, então, bem lá no fundo, eu sabia que teria que adiar. Mas, como noiva, eu não queria nem pensar nessa possibilidade", conta a profissional, que trabalha na linha de frente contra a doença em Inajá (PE).

Apesar de estar disposta a antecipar a cerimônia no civil, Izaura está decepcionada com fato de ter de postergar outro sonho: a maternidade. "Quero muito ser mãe. As pessoas dizem para a gente se casar logo no civil, engravidar e depois fazer o casamento religioso, mas eu não me vejo de vestido de noiva e barrigão. Não foi isso o que eu planejei", relata.

Izaura e Edvam se planejavam para a festa no dia 2 de maio deste ano
Arquivo pessoal
Izaura e Edvam se planejavam para a festa no dia 2 de maio deste ano

O casamento dos sonhos da médica, para 500 convidados, custou em torno de R$ 150 mil e precisou ser remarcado para o dia primeiro de maio de 2021. "No ano passado, eu e Edvam fomos, como padrinhos e convidados,a uns dez casamentos. Vi algumas amigas minhas de faculdade se casando e a gente visualizava tudo o que poderia ter quando chegasse o nosso. Eu estava com muita expectativa", diz. "Eu chorei horrores quando vi que tudo isso não iria acontecer".

Sem casamento, relacionamento à distância continua

Sara Bernouli e Abner Braz
Arquivo pessoal
Sara Bernouli e Abner Braz

Quem está passando pela mesma frustração é a influenciadora digital Sara Bernouli, 23. O casamento com Abner José Braz, 25, estava marcado para o dia 2 de maio, planejado e quase todo pago. "Estamos noivos desde maio do ano passado e tínhamos nos planejado para casar em maio. Foi um ano e dois meses de muita organização."

Convite de casamento da Sara e do Abner
Arquivo pessoal
Convite de casamento da Sara e do Abner

Ela conta que, quando a pandemia começou a se atingir o Brasil, não imaginava que teria que prorrogar a realização do sonho por tanto tempo. "Achei que não ia ser preciso adiar de maneira nenhuma. Até que o cartório me ligou cancelando e disseram que me retornariam quando tivessem uma previsão de retorno. Até hoje, não me ligaram", diz.

Como casar com festa e tudo sempre foi o sonho de Sara, fazer algo menor e para menos convidados estava fora de questão para ela. "Algumas pessoas falaram para a gente fazer a festa para menos pessoas, seguindo todas as normas de restrições, mas, além de não ser seguro, a festa era o meu grande sonho. Eu preferi adiar porque não quero colocar as pessoas em risco e quero que cada um dos meus 500 convidados possam ir à festa", conta ela, que calcula ter investido entre R$ 70 mil e R$ 80 mil no casamento.

Sara e Abner mantêm um relacionamento à distância: ela em Belo Horizonte, Minas Gerais, e ele em Santa Bárbara, Paraná, e estavam ansiosos para colocar um ponto final nisso. "O que me deixou mais chateada de tudo isso é que, como meu relacionamento é a distância -- e meu noivo mora a 1.000 km de distância de mim --, é difícil ter que esperar mais um ano para tudo acontecer." O casamento deles foi remarcado para o dia 3 de abril de 2021.

Alianças Sara e Abner
Arquivo pessoal
Aliança Sara e Abner

"Eu sei que muitas noivas estão muito ansiosas e desesperadas nesse momento. Mas, apesar de tudo isso ser muito difícil, a gente vai se lembrar que conseguiu superar isso juntos", completa a influenciadora.

As duas noivas estavam com tudo pronto, mas contam que não tiveram nenhum prejuízo com os fornecedores para negociar a nova data.

    Veja Também

      Mostrar mais