Tamanho do texto

Que tal ficar bem quentinha e continuar estilosa nesse inverno? Veja quais são alguns dos modelos de casacos que prometem chamar atenção nas ruas

O inverno ainda não chegou, mas os termômetros já estão indicando temperaturas mais baixas, e o frio está dando as caras em diversas partes do Brasil. Por causa disso, os casacos se tornam grandes aliados na hora de se manter bem aquecida. E por que não mesclar conforto com muito estilo? Confira 5 modelos de casaco que prometem ser  tendência

Leia também: O que vai ser tendência de moda na temporada outono/inverno 2018?

1. Casaco de pelúcia

O modelo de casaco feito com pelúcia e ecologicamente correto e traz referências da moda Boho e urbana
Reprodução/Pinterest
O modelo de casaco feito com pelúcia e ecologicamente correto e traz referências da moda Boho e urbana


Segundo diversos consultores de moda, a temporada outono/inverno deste ano pode ser definida como um choque de culturas e de eras passadas, e modelos de casaco com pelúcia já vinham aparecendo em referências Boho na moda internacional. "Já estamos vendo bastante nas ruas, no 'Street Style', especialmente os coloridos", afirma a consultora de imagem e estilo Rita Heroína. 

Também chamado de "faux fur coat", ou casaco de pele falsa, em português, a peça não faz sucesso apenas por permitir uma infinidade de combinações, mas também por ser amiga dos animais. "Os casacos de pelúcia sintética são opções ecologicamente corretas que substituem os casacos de pele tradicionais, feitos com peles reais, que são alvos de tantas polêmicas", comenta a especialista. E é exatamente por isso que está fazendo tanto sucesso entre as fashionistas. 

No Brasil, o Pinterest — rede social que reúne bilhões de ideias moda, organização, decoração, etc. — registrou um aumento de 150% no número de ideias salvas sobre casaco de pelúcia nos últimos seis meses. E se você quer aderir à tendência, Rita sugere combinar com calças jeans skinny, botas e blusas de gola alta e manga comprida ou com camisas brancas que também sejam de manga comprida.

2. Trench coat

Trench coat estava meio
Reprodução/Pinterest
Trench coat estava meio "esquecido" nos guarda-roupas, mas promete voltar com tudo no inverno de 2018



O  trench coat é um modelo bastante versátil, já que toda a elegância desse tipo de casaco também pode ser facilmente adaptada para um estilo mais casual. "O Trench é um clássico que andava meio esquecido, mas hoje está super em alta", comenta a consultora de imagem e estilo. 

Rita explica que a volta do trench coat é exatamente pelo fato de ser algo mais tradicional entre tantos novos modelos que estão surgindo agora. "Os outros estilos vem e vão, como muitas coisas na moda. Basta um olhar diferente de um estilista para uma determinado clássico para que ele volte com tudo e nos dê o ar da graça", afirma. O modelo também se encaixa na categoria de roupas "oversized", ou seja, em tamanhos e comprimentos maiores, o que está sendo bastante incorporado no inverno brasileiro. 

Assim, é fácil de combinar com outras peças que também são mais tradicionais, além da peça sempre ir muito bem com jeans, com flares e calças com corte reto. Em um ano, a procura por casacos como esse no Pinterest cresceu 102% em todo o mundo e 50% só no Brasil. 

Leia também: Boina é tendência de acessório para qualquer estação do ano; veja como usar

3. Jaqueta de veludo

As jaquetas de veludo seguem a linha retrô e trazem referências da década de 70 para a moda mais atual
Reprodução/Pinterest
As jaquetas de veludo seguem a linha retrô e trazem referências da década de 70 para a moda mais atual


Outro sucesso é a jaqueta de veludo  que, segundo Rita Heroína, traz um gostinho do que foi moda nas décadas passadas, em especial nos anos 70. No último ano, esse modelo teve 265% mais buscas no Pinterest e está entre os preferidos para manter os brasileiros quentinhos nas temperaturas mais frias. 

Na hora de usar, porém, é importante ficar atento para não deixar o visual "retrô demais". "Esse tipo de jaqueta é para looks mais descontraídos, mas é preciso tomar cuidado para não usar jaqueta e calça de veludo no mesmo look, por exemplo", recomenda a profissional. 

Para não ter erro na composição de peças, a melhor opção é seguir um estilo "hi-lo", que é exatamente a mistura entre o casual e o chique. Assim, se quer apostar na jaqueta de veludo, tente equilibrar com outras peças que sejam feitas de tecidos mais naturais e leves. "É bom sempre usar o bom senso", comenta. 

Apesar da cautela para combinar, saiba que é possível, sim, criar um visual fashionista usando peças retrô, como um casaco de veludo. Faça uma brincadeira com as tendências de anos diferentes e até misture peças atuais, colocando elementos mais modernos. "Quando elementos de décadas passadas voltam às trends, é sempre legal brincar com essa linha do tempo da moda", diz Rita. 

4. Puffer

O casaco puffer veio para conquistar até os corações mais tradicionais e vão dominar as ruas no inverno
Reprodução/Pinterest
O casaco puffer veio para conquistar até os corações mais tradicionais e vão dominar as ruas no inverno



Jaquetas no estilo  puffer , essas que são mais "fofinhas", também vieram para conquistar os corações mais tradicionais e vão dominar as ruas nesse inverno. Tanto os modelos mais justos ao corpo, quanto os "oversized" dão um visual bastante moderno para sair do visual mais tradicional e chamar atenção por onde passa.

De acordo com Rita, o puffer é o tipo de casaco ideal para ser combinado com jeans e com calças com corte flare. Além disso, se quiser variar ainda mais, pode apostar nos modelos coloridos, na ténica do "color block", misturando cores vibrantes e chamativas em um mesmo look, ou até mesmo em um tom neutro para um visual monocromático. 

Leia também: Moda retrô - inspire-se no que já foi sucesso e está voltando às passarelas

5. Vinil

Casacos e jaquetas de vinil chegam para a moda urbana com referências de tecido e cores dos anos 80
Reprodução
Casacos e jaquetas de vinil chegam para a moda urbana com referências de tecido e cores dos anos 80



Os casacos e jaquetas de vinil  vieram com tudo em 2017 e continuam chamando atenção no invetno de 2018. Da mesma forma que o veludo, esse material é uma referência retrô dos anos 80 e 90 na moda contemporânea. "A era noventista é muito ligada à ode ao brilho, ao xadrez, ao vinil e ao strass. Já a era 'Disco Music', entre os anos 80 e 90, é marcada por muito brilho, peças de lurex, ombreiras, vinis e plástico", diz Rita.

Na hora de entrar de cabeça nessa tendência, não tenha medo de ousar. Saia do preto básico e foque em cores que chamem mais atenção, como vinil vermelho. Mas o conselho para peças retrô ainda é o mesmo: equilíbrio é tudo, e seguir o "hi-lo" ainda é a melhor forma de não errar.  "Se você se vestiu inteira de vinil, aposte em tecidos mais naturais para os acessórios", explica a consultora de imagem e estilo.

Dica para seguir as tendências

Estar bem vestido é, sim, uma coisa importante, mas isso não significa, necessariamente, estar na moda. Rita lembra que mais importante do que seguir as tendências é respeitar e valorizar o seu estilo. Por isso, se um  casaco não combina com a sua personalidade, não é preciso aderir. "Uma dica preciosa nesse caso é investir apenas 20% do seu guarda-roupa em tendências, para manter-se antenada mas sem ser vítima da moda", finaliza a especialista. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas