Caroline Gotardo durante a gravidez os trigêmeos e após alta hospitalar
Reprodução
Caroline Gotardo durante a gravidez os trigêmeos e após alta hospitalar

Caroline Gotardo já era mãe de três filhos quando deu à luz trigêmeos . Além da complicação de um parto de três crianças, ela precisou ser intubada com Covid-19 um dia após o nascimento dos bebês. A mãe, natural de Chapecó, teve alta no fim de março após passar um mês internada e espera que seus filhos sejam liberados do hospital em breve.

Segundo o G1, os três recém-nascidos estão no Hospital Regional do Oeste e recebem a visita da mãe duas vezes por semana. Théo, Manoela e Alice já saíram da unidade de tratamento intensivo (UTI) e estão no berçário do hospital. A previsão é que eles estejam em casa no final de abril.

Caroline foi internada no dia 22 de fevereiro após sentir sintomas da Covid-19. Ela utilizou aparelhos para respirar e deu à luz no dia 24 com o auxílio de uma máscara de oxigênio. No dia seguinte ao parto, a mãe precisou ser intubada e ficou 22 dias nessa situação.

Os trigêmeos nasceram prematuros e a mãe aguarda ansiosamente para recebê-los em casa. "Agora é viver a segunda chance que a gente teve. A gravidez inteira a gente imaginou como iria ser com os três. Vamos viver o que tivemos que retardar", diz.

A mãe só conseguiu segurar as filhas no colo no domingo de Páscoa e Théo no último domingo (11). Ela saiu do hospital em uma cadeira de rodas e sem força muscular. Caroline está fazendo fisioterapia e já consegue andar com o auxílio de uma bengala. "Foi algo maravilhoso, sem dúvidas. Uma emoção surreal. Foi o meu melhor presente [dar colo para as meninas no domingo de páscoa] e pela primeira vez segurar ele. Consegui segurar firme eles, foi emocionante", lembra.

Para poder receber os bebês em casa, Caroline, o marido e os filhos mais velhos precisarão passar por um novo teste para Covid-19. Como os trigêmeos são prematuros, eles precisam ter cuidados redobrados. "A gente está com tudo pronto para eles. Enxoval está todo pronto, só faltam eles em casa", finaliza a mãe das crianças.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários