A youtuber Myka Stauffer e o marido, James, passaram os últimos anos compartilhando nas redes sociais o processo de adoção de Huxley, uma criança no espectro autista trazida da China para viver com eles nos Estados Unidos. Porém, na quarta-feira (27), o casal publicou um vídeo no YouTube anunciando que o garoto foi devolvido para a adoção e está vivendo com uma nova família.

mãe e filho
Reprodução/Instagram
Myka Stauffer começou o processo de adoção de Huxley, um menino no espectro autista, em 2016

“Quando Huxley chegou em casa, haviam demandas especiais que não tínhamos consciência e não fomos informados sobre elas”, fala o pai no vídeo. O casal se explica dizendo que tentaram dar toda a atenção necessária ao menino devido ao espectro autista , mas não foi o suficiente. 

“Nos últimos anos, ele esteve em vários terapeutas que tentaram ajudá-lo. No último ano, passou pela terapia mais intensa. Para nós, foi muito difícil ouvir os médicos. Foram muitos feedbacks tristes. Nós nunca gostaríamos de ouvir coisas assim. Não gostaríamos de estar nessa posição e tentamos oferecer todo o suporte possível. Nós o amamos muito”, continua. 

Myka segue dizendo que sempre amou muito o garoto e tentou cuidá-lo da melhor forma. “Não houve um minuto com ele que não tentamos o nosso melhor. Após muitos esforços e avaliações, vários profissionais médicos sentiram que ele precisava de um lugar diferente para suprir suas necessidades”, explica.

Leia também: Fotógrafas fazem ensaios sensíveis de famílias com crianças no espectro autista

O fato causou revolta e espanto entre os seguidores. “Sinto muito, mas você realmente falhou como mãe. Você não faria isso com os seus próprios filhos”, escreveu uma pessoa fazendo referência aos quatro filhos biológicos do casal. 

familia
Reprodução/Instagram
Na foto, os pais aparecem com Huxley e os quatro filhos biológicos

Em relação a reação do público, Myka responde: “Se eu me sinto um fracasso como mãe? Sim, tipo, 500%. Os comentários hostis só estão piorando a situação. Não diz respeito à mim. É a jornada dele e os últimos meses foram os mais difíceis, piores do que eu imaginei”. 

Leia também: Mãe de meninos autistas desabafa sobre o que gostaria que outras mães soubessem

O casal ainda acrescenta que tentou manter a privacidade de Huxley durante todo o processo, por isso não publicaram nada antes. Eles também afirmam que o menino foi adotado novamente e hoje tem uma mãe com treinamento médico adequado para atender suas necessidades.

    Veja Também

      Mostrar mais