Normalmente, os bebês começam a ganhar rigidez no corpo e a ficar de pé por volta dos nove meses de idade. Mas essa pequena britânica de apenas 4 meses, já fica em pé sem ajuda nenhuma dos pais e teve a história viralizada na internet.

Os pais Tezra Finn-Johnston e Emily Derrick notaram que a filha, Lula, tinha uma força fora do comum quando ela saiu do hospital. Lula nasceu no dia 31 de janeiro pesando cerca de dois quilos e meio. Hoje ela é chamada de o bebê mais forte do mundo!

Leia também: Aprenda exercícios básicos para estimular a inteligência do bebê

bebe
SWNS/Reprodução
Os pais atribuem a força da bebê aos exemplos de vídeos de levantadores de peso, mas também a proporção do corpo pequeno dela.


Mas a surpresa para os pais foi quando a bebê, após cinco dias de vida, conseguia sustentar a cabeça sozinha. Agora com quase quatro meses, ela fica de pé e sustenta o próprio peso sem ajuda.

"Quando ela tinha cerca de um mês, estava fazendo uma birra e eu tentei sentá-la em mim para acalmá-la. Mas ao invés de sentar, ela ficou de pé nos meus joelhos e não dobrou as pernas", conta o pai ao The Sun .

Leia também: Grávida do 22º filho, mãe compartilha rotina das crianças de aulas em casa

Então, ele começou a influenciar a filha a ficar de pé sozinha, pensando que se irritada ela tinha rigidez corporal, poderia desenvolver postura quando estivesse feliz. "Todo mundo parece pensar que é incomum que ela possa se sustentar, mesmo sentada, e muito menos em pé", afirma Tezra.

bebê mais forte do mundo
SWNS/Reprodução
Os pais notaram que a menina tinha rigidez e força corporal quando a bebê estava com 5 dias de vida

E mesmo com pouco tempo de vida, Lula já mostrou que está começando a engatinhar . "Vimos em um documentário que os bebês já estão programados a engatinhar desde a barriga. Coloquei ela no tapete e ela começou a dar pequenos passos", diz o pai.

Leia também: Como entender a linguagem do bebê?

Tezra acha que um dos motivos para a força de Lula pode ser uma boa proporção entre músculo e peso , com base no fato de que ela era um bebê pequeno ao nascer.

A bebê ainda não consegue andar, mas os pais temem que seu primeiro passo possa estar mais perto do que pensam.

    Veja Também

      Mostrar mais