Situações limite, como a que o mundo vive no momento com o coronavírus, abrem debate sobre a solidariedade e o egoísmo das pessoas. Com medo do desabastecimento de comida e corrida aos supermercados, as pessoas estão levando mais do que necessitam e deixando quem precisa sem opções.

Leia também: Saiba como higienizar a sua casa e proteger a família do coronavírus

mãe
Reprodução/ tiktok
Lauren se desesperou ao não encontrar nenhuma fralda para a filha de 18 meses

Esse foi o caso de Lauren Whitney, mãe de quatro crianças, que foi até o supermercado de seu bairro em Washington, Utah - EUA, e não encontrou fraldas para sua bebê de 18 meses, Rosalynd.

Lauren filmou a procura pelas fraldas do tamanho de sua filha nas prateleiras da rede Walmart e caiu no choro ao não encontrar nada. "Para vocês loucos que compram todas as fraldas, como vou colocá-las na minha filha se não posso me dar ao luxo de comprar 20 por vez, como vocês podem?".

O vídeo publicado no aplicativo TikTok já foi compartilhado por mais de cinco milhões de pessoas que ficaram comovidas com o drama da mãe em meio ao surto do novo coronavírus . Após a repercussão, Lauren concedeu entrevista ao Today e revelou trabalhar meio-período num cinema para ajudar nas contas da família.

"Somos uma família de baixa renda e, portanto, é difícil conseguirmos simplesmente comprar uma grande quantidade de coisas ao mesmo tempo. Quando temos dinheiro para poder comprar coisas e não existe, é muito frustrante”, desabafou.

Leia também: Mãe cria "diário do coronavírus" para filhas estudarem em casa

"As pessoas que estão comprando a granel ou que estão limpando as prateleiras dificultam para aqueles de nós que são de baixa renda, ou são pagos apenas a cada duas semanas, ou até uma vez por mês", finalizou a mãe .

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

      Mostrar mais