Tamanho do texto

O caso aconteceu no interior de São Paulo e foi possível graças à inseminação artificial; conheça os detalhes desta história

Frank Teixeira deu à luz sua primeira filha, Antonella, na noite desta quarta-feira (11) na cidade de Itapira, interior de São Paulo. O nascimento marca a realização de um sonho dele e de sua esposa, Taris Souza.

Leia também: Mãe dá à luz netos gêmeos para filho gay ser pai: "Sonho realizado"

homem trans grávido e esposa arrow-options
Reprodução/Facebook
Frank Teixeira é um homem trans que engravidou com o método de inseminação artificial

Segundo o G1 , a gestação do homem trans foi possível graças a um método de inseminação artificial “caseira”, que consiste em injetar o sêmen do doador no útero usando uma seringa.

Inicialmente, foi Taris quem fez o procedimento para ficar grávida. Porém, após algumas tentativas frustradas, Frank decidiu fazer uma surpresa para a esposa e tentou engravidar . Logo na primeira tentativa o teste deu positivo.

Leia também: Casal de lésbicas gera o mesmo bebê em caso inédito de "gravidez compartilhada"

Como Frank tinha parado de tomar os hormônios masculinos há seis meses devido ao custo, não foi tão difícil engravidar. “Um dia ele viu que estava no período fértil, combinou com o doador e resolveu fazer nele mesmo”, diz a mulher.

Apesar de Antonella ter nascido este ano, o desejo de ter um filho começou em 2017. Taris conta que na época chegaram considerar a adoção como uma opção e até participaram de um curso preparatório. No entanto, o medo de que a criança procurasse os pais biológicos foi mais forte e o casal optou pela inseminação artificial.

    Leia tudo sobre: gravidez