Se o pós-parto já é uma fase difícil, imagine descobrir que está grávida quatro meses após dar à luz. Complicado, não? Em relato anônimo no Reddit, rede social, uma mulher de 20 anos conta que passou por isso e, pior, quem causou tudo foi a sogra.

Leia também: Mãe fica furiosa ao descobrir método usado pelo pai para diferenciar os gêmeos

mulher triste segurando teste de gravidez
shutterstock
Mulher engravida ainda no pós-parto e descobre que a responsável foi a sogra que furou a camisinha do casal

Segundo ela, a mãe do marido não estava feliz com o fato de ter nascido uma menina e, por querer um neto, furou camisinhas escondido do casal, obviamente. “Nós engravidamos e ficamos muito felizes com o nascimento da nossa filha, mas minha sogra não aceitou o fato de que tínhamos uma menina, chegando a negar isso durante a gestação!”, começa escrevendo.

A anônima continua contando que a justificativa da avó era que as mulheres não passam o sobrenome da família adiante e ela queria um neto para fazer isso. “Então, assim que dei à luz, ela começou a perguntar quando teríamos o próximo. Durante meses foram comentários sobre isso, mas apenas ignorava”, diz.

Leia também: Ela tem 25 anos e ele, 45: mulher diz que diferença de idade causa humilhação

Apesar de tudo isso, a avó ofereceu ajuda ao casal quando a menina nasceu. “Ela começou a ficar algumas horas do dia com minha filha enquanto eu dormia. Eu também comecei a vê-la no meu quarto quando acordava e ela dizia que estava lá para limpar”, conta.

A mãe conta que quatro meses após o parto começou a se sentir estranha e fez um teste de gravidez para descartar a possibilidade. No entanto, o teste deu positivo, deixando ela e o marido chocados, já que estavam usando preservativos em todas as relações e tomando todo o cuidado possível. “Nós amamos essa criança que vai chegar, mas ficamos confusos sobre como a gravidez aconteceu”, fala.

Quando revelou a gestação para a cunhada, ela começou a chorar e pedir desculpas. “Ela revelou que minha sogra estava furando as camisinhas enquanto cuidava da minha filha!”. A cunhada não acreditou que a mãe realmente faria isso, mas teve a certeza quando ficou sabendo da gravidez.

“Estou com tanta raiva e não sei o que fazer. Minha vontade é ir até a casa da minha sogra e bater nela! Estou feliz com a gravidez, mas não foi uma escolha. Não foi nem um acidente, foi a minha sogra querendo ter o seu precioso neto menino! O que eu faço”, finaliza a mãe.

Leia também: Mãe fica furiosa ao descobrir método usado pelo pai para diferenciar os gêmeos

O que fazer?

Nos comentários da publicação, os usuários ficam chocados e deram algumas sugestões.  “Acho que você tem os motivos suficientes para ir até a polícia e ver o que pode ser feito”, escreveu um. “Se for um menino, dê para ele apenas o seu sobrenome”, diz outro. “Mude as fechaduras da sua casa!”, escreveu mais um.

E você, o que acha que ela deveria fazer em relação à sogra?

    Leia tudo sobre: gravidez

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários