Tamanho do texto

Apresentadora comentou sobre o tema na segunda-feira (29); confira quatro dicas de como retomar a intimidade do casal após o nascimento de um filho

Na segunda-feira (29), Sabrina Sato publicou um vídeo em seu canal no YouTube onde fala brevemente com Fábio Porchat sobre as mudanças após a chegada de Zoe e brinca sobre a vida íntima com o marido, Duda Nagle.

Leia também: As mudanças no casamento com a chegada dos filhos

Sabrina Sato e Fábio Porchat arrow-options
Reprodução/Youtube
Sabrina Sato contou detalhes da vida de mãe e da intimidade com o marido em papo com Fábio Porchat

"Você não tem ideia como o amor aumenta com o parceiro. Eu e Duda estamos parecendo irmãos praticamente", fala Sabrina Sato . Então, Porchat faz uma brincadeira dizendo que então eles não vão mais para a cama, mas se amam. Como resposta, a apresentadora dá uma rasadinha como quem diz “é isso mesmo”.

A famosa não é a única a passar por isso.  Na verdade, é quase impossível que o cansaço, as alterações hormonais e a nova rotina não interfiram na intimidade do casal . Mas, como melhorar tudo isso? De acordo com Nathalie Raibolt, especialista em sexualidade humana, é importante que os pais entendam que, independente do filho, eles continuam sendo um casal.

Sabrina Sato e Duda Nagle
Reprodução/Instagram
Sabrina Sato e o marido Duda Nagle

Além do companheirismo em compartilhar a educação e cuidados do bebê, é fundamental que os dois retomem o contato íntimo para fortalecer a conexão. Claro, sempre respeitando o desejo de ambos, já que nem sempre os dois estão no mesmo clima. O importante é não deixar esse campo de lado.

Leia também: Psicanalista dá dicas de como retomar a vida íntima após o nascimento dos filhos

4 dicas para retomar a vida íntima do casal

1. Tempo a sós

Nathalie aconselha reservar um tempo para o casal. Se a rotina for muito corrida, vale até anotar na agenda e reservar pelo menos algumas horinhas na semana para se dedicas apenas um ao outro. “Olhem no olho, escutem, não falem nada, mas fiquem juntos... Pare de achar que isso não faz diferença para sua família!”, aconselha.

2. Sem culpa

É comum que os pais se sintam culpados em deixar a criança com alguém para sair e namorar. No entanto, a profissional reforça como esses momentos íntimos são importantes. Para ela, pais felizes, que se cuidam e dedicam um tempo para namorar são mais competentes em criar filhos seguros, com autoestima elevada e que se sentem amados. “A lição que você dará a eles é que criem afeto também!”, diz.

Leia também: Por que casais se separam após a chegada do primeiro filho?

3. Prazer no contato

“Tente prestar atenção nas sensações corporais vindas do toque do carinho e outros tipos de contato. O banho é um bom momento para se curtir a dois. A água traz relaxamento e bem-estar”, propõe.

4. Prioridade

Nathalie sugere colocar namorar como prioridade na agenda. A ideia não é encarar como uma obrigação, mas deixar um espaço na rotina para esse momento prazeroso aos dois. “Pode ajudar a reaquecer a relação a dois, deixando a rotina mais leve e gostosa”, explica.