Tamanho do texto

Isso foi possível graças a um berço com um sistema de resfriamento especial

India Gibson, 25 anos, e Jamie Hayes, 32, encontraram o filho de seis meses morto em seu berço. Segundo os pais, Toby morreu repentinamente durante o sono. Diante de tanta dor, o casal britânico não queria se despedir do bebê e decidiu ficar com ele em casa por mais dez dias após a morte.

Leia também: Mãe cuida de bebê natimorto por 15 dias: “Não queria deixa-la ir”

Mãos de adulto segundo mãos de um bebê
shutterstock
Graças a um berço com temperatura especial para conservar o corpo do bebê, pais cuidam do filho dez dias após morte

Isso foi possível graças a um berço com temperatura especial que os pais ganharam de uma instituição de caridade do Reino Unido que trabalha com famílias que perderam filhos recém-nascidos ou natimortos. O acessório tem um sistema de resfriamento que preserva o corpo do bebê por mais alguns dias.

Leia também: Bebê contrai herpes e mãe faz desabafo na web após morte da recém-nascida

Pais e filho juntos por mais alguns dias

Mãos de adulto segurando mãos de bebê
shutterstock
Pais querem que outras famílias tenham a oportunidade de passar mais dias com o bebê após a morte e se mobilizam

“Ter Toby em casa com esse berço significava que poderíamos ter ele conosco 24 horas por dia, ou seja, ele não seria tirado imediatamente de nós”, diz India ao site “Daily Mail” . A mãe conta que durante o tempo que ficaram com o filho em casa continuaram cuidando dele como se estivesse vivo.

“Nós o beijávamos para dar bom dia, boa noite e dar a ele o amor que sempre demos”, fala. “Também demos muitos abraços e conseguimos manter uma rotina com ele”, completa. India ainda conta que algumas famílias que conseguem o berço para ficarem mais alguns dias com o filho chegam até a dar banho no bebê.

Para a mãe, esses dez dias foram fundamentais para que a família pudesse visitá-los para se despedir de Toby.

Leia também: Menina morre no dia do aniversário da mãe e história emociona

Depois dessa experiência, o casal queria que outras famílias tivessem a chance de passar mais tempo com os filhos após a morte do bebê . Para isso, eles criaram uma campanha online para arrecadar dinheiro para comprar outros berços.

“Nosso desejo é que outros pais que sofrem com a perda tenham uma chance de passar mais tempo com seu bebê, dando amor e criando novas memórias antes de se despedirem”, fala. India comenta que isso foi fundamental para eles conseguirem lidar com o luto, por isso, quer ajudar outras famílias.