Tamanho do texto

Maryann White escreveu uma carta a um jornal católico afirmando que o uso de roupas coladas deixa as mulheres nuas. A atitude gerou protestos na web

Maryann White, uma mãe católica do estado de Indiana, nos Estados Unidos, iniciou uma campanha na internet contra o uso de legging que gerou revolta nas redes sociais.

Leia também: Mãe transmite parto natural e na água ao vivo no YouTube

undefined
shutterstock
Americana pede para mulheres não usarem calça legging e internautas protestam contra a atitude


A atitude de Maryann começou após ter visto fiéis usando calça legging durante uma missa na universidade católica Notre Dame, que fica na cidade de South Bend, também em Indiana.

De acordo com White, roupas coladas “corrompem” os meninos, pois faz com que eles não consigam tirar os olhos das mulheres. Para ela, esse tipo de roupa é muito revelador e acaba deixando as pessoas nuas.

A mãe chegou a publicar uma carta no Observer , um jornal católico. Em um trecho, ela diz: “Esses bons meninos fazem de tudo para evitar ficar olhando para vocês”.

Maryann também enfatiza que é “apenas uma mãe católica com quatro filhos e com um problema que só as garotas podem resolver: leggings”, e faz um pedido: “Vocês podem pensar nas mães de meninos e trocar a legging por uma calça jeans na próxima vez?".

Leia também: Mãe com tumor cerebral vai escrever cartões para filho se lembrar dela

Protesto pelo uso de legging

undefined
Reprodução/Twitter
Internauta protesta à favor do uso de legging

Como forma de protestar contra as falas de Maryann, alunas da universidade foram às aulas usando as ditas ‘roupas coladas’. Além disso, muitos internautas usaram as redes sociais para rebater a americana e criaram a hashtag #LeggingsDayND.

Entre as principais críticas ao depoimento de Maryann White , está o fato de que ela atribui à mulher a responsabilidade pelos atos de homens.

“Aparentemente, as mulheres são responsáveis pelas ações dos homens”, comentou um internauta. “A julgar pela quantidade de contas que eu bloqueei esta semana, a misoginia e o sexismo estão vivos e vão bem”, disse outro, com ironia.

Leia também: Em crítica por trabalhar e tirar leite ao mesmo tempo, mãe cria roupa especial

Houve ainda uma mulher que questionou a carta de Maryann. “As mulheres que mostram as pernas são consideradas inadequadas em muitas culturas. Então, onde isso vai parar? Nós não devemos usar legging, não devemos mostrar nossas pernas. Então todas nós devemos usar burca?”, indagou ela.

No Twitter, uma usuária postou fotos usando leggings. “Uma mãe católica publicou uma opinião no jornal de que leggings levam os homens ao pecado”, começou ela.

“Estamos protestando contra o nosso direito de não sermos responsáveis pelos homens e de não sermos constantemente policiados pela moral ou feminilidade”, completou a usuária sobre a questão do uso de legging pelas mulheres.