Tamanho do texto

Ideia foi testada por um grupo de mães na Austrália e elas disseram que com esse truque os filhos - e até o adultos - perderam o interesse nas telas

Ver crianças no celular é algo cada vez mais comum e um  hábito que começa cada vez mais cedo. É comum ouvirmos que os bebês hoje já nascem sabendo mexer em um aparelho desses. Mas a super exposição às telas faz mal e um grupo de mães testou - e aprovou - um truque para lidar com essa questão. 

undefined
shutterstock
Ver crianças no celular é algo cada vez mais comum e um hábito que começa cada vez mais cedo em muitas famílias

Segundo o site australiano Mamamia, o macete é trocar as cores do aparelho para que a cena de ver crianças no celular diminua. Com isso, o aparelho se tornaria menos atraente para os pequenos - e até para os adultos - eles usariam menos os eletrônicos

Detalhes do macete para afastar as crianças do celular

undefined
shutterstock
Se você é pai ou mãe e não consegue fazer seu filho largar o celular, vale a pena tentar esse truque

O truque consiste em deixar o celuar em escala de cinza. Com isso, seria reduzido o brilho da tela e as tradicionais cores vibrantes seriam substituídas por tons mais calmos como branco, cinza e preto. 

Como justificativa para essa ideia, o portal cita o site Go Gray, que defende que a tática é como "transformar a sua sobremesa favorita e seu vegetal menos desejado". 

É fácil mudar o esquema de cores, segundo o Mamamia, tanto para quem tem um Iphone ou para quem usa um celular com sistema Android. 

No primeiro caso, vá em ajustes, geral, acessibilidade, adaptações de tela, filtros de cor. Este é o momento de escolher a escala de cinza. Para os usuários de Android, há app disponíveis para fazer essa alteração. 

E depois, o tempo que a criança passa no celular dimuniu?

undefined
shutterstock
De acordo com internautas, o truque deixou o celular menos atraente para crianças e também para adultos

De acordo com o site australiano, quem testou o truque ficou bastante satisfeito como resultado. "O interesse do meu filho no celular caiu drasticamente", diz uma mãe. "Ontem meu filho pediu para ver meu celular depois da aula de natação. Olho para o aparelho branco e preto e logo me devolveu, dizendo que estava quebrado", conta outra, que completa: "Foi uma vitória". 

Até adultos afirmam ter achado o aparelho mais chato depois da mudança nas cores e, com isso, não passaram tanto tempo assim rolando páginas e páginas de redes sociais. 

Leia também: Veja como a tecnologia também pode ajudar no desenvolvimento das crianças

É uma ideia simples de ser adotada e pode ajudar muitos mais pais por aí a lidarem com a questão de crianças no celular e conseguir tirar o aparelho das mãos dos pequenos sem muitas brigas e discussões.