Tamanho do texto

Arifa Sultana, de 20 anos, deu à luz gêmeos 26 dias depois do nascimento do seu primeiro filho. Apesar da gravidez inusitada, todos passam bem

O nascimento de três bebês em Bangladesh está dando o que falar nos últimos dias na imprensa nacional e internacional. Isso porque a mãe das crianças tem dois úteros e os filhos nasceram com um mês de diferença. 

undefined
shutterstock
Sem saber que tinha dois úteros, mulher dá à luz três filhos com quase um mês de diferença entre eles

Leia também: Sim, é possível ter gêmeos de pais diferentes; entenda quando isso acontece

Segundo informações da BBC , Arifa Sultana, que não sabia que tinha dois úteros , deu à luz um bebê no final de fevereiro. 26 dias depois, ainda com dores, voltou aos hospital e deu à luz mais dois bebês.

O caso chocou a equipe do hospital que atendeu a jovem de 20 anos, como conta a médica Sheila Poddar, que fez a cesárea dos gêmeos, à rede britânica. "Quando a paciente chegou, fizemos uma ultrassonografia e descobrimos os gêmeos. Ficamos chocados e surpresos", comenta. 

Apesar da gravidez tripla inusitada, todos passam bem. O primeiro filho já havia nascido saudável e, pouco menos de um mês depois, mãe e gêmeos tiveram alta do hospital quatro dias após o segundo parto. 

Leia também: Jovem relata a experiência de ter dois úteros e dar à luz

"Estou muito, muito feliz que tudo deu certo", afirma a médica responsável pelo nascimento dos gêmeos. 

Mulher com dois úteros não é tão raro assim

undefined
shutterstock
Fenômeno de uma mulher ter dois úteros é chamado útero didelfo

A jovem mãe, ainda de acordo a rede britânica, é da zona rural de Bangladesh e não fez nenhum exame no período pré-natal. Na verdade, ela nunca tinha sido submetida a um ultrassom e, por isso, não fazia ideia de que tinha mais de útero. 

Essa condição, como afirma o ginecologista Christopher Ng à BBC, não é tão incomum assim. Tal fenômeno recebe o nome de útero didelfo e trata-se de uma malformação do órgão. 

Leia também: Mulher com duas vaginas era considerada infértil, mas consegue engravidar

O médico diz também que, provavelmente, Arifa teve três óvulos fecundados ao mesmo tempo. Eles formaram três embriões que se dividiram nos úteros na mulher, e gestação seguiu. 

A mulher com dois úteros e agora mãe de três filhos também fala à rede britânica e afirma estar contente com a nova família: "Foi um milagre. Todas as crianças estão saudáveis. Vou fazer de tudo para deixá-los felizes".

    Leia tudo sobre: gravidez