Tamanho do texto

Para a noiva Dalton Mort, essa foi uma forma de incluir a filha na cerimônia de casamento; veja as fotos do momento e saiba os benefícios do uso do sling

A norte-americana Dalton Mort, de Ohio, provou que os filhos podem, sim, participar da cerimônia de casamento dos pais. A noiva não queria deixar a filha Ellora, 2 anos, com um parente durante sua entrada na igreja, então, decidiu ela mesma carregar a menina em um sling durante toda a celebração. 

Leia também: Convidados têm olhos vendados em festa de casamento de noiva que perdeu a visão

Dalton Mort carregou a filha Ellora, 2 anos, em um sling durante a cerimônia de casamento e fotos chamaram a atenção
Laura Schaefer
Dalton Mort carregou a filha Ellora, 2 anos, em um sling durante a cerimônia de casamento e fotos chamaram a atenção

“Eu a levei por alguns motivos. Nós realmente queríamos que ela se envolvesse na cerimônia, porque sentimos que o casamento é um compromisso da família tanto quanto com nosso próprio relacionamento”, fala Dalton à “Popsugar” sobre a escolha de carregar Ellora no sling .

Mãe optou pelo sling para carregar a filha pela possibilidade de poder ficar com a pequena durante toda a cerimônia
Laura Schaefer
Mãe optou pelo sling para carregar a filha pela possibilidade de poder ficar com a pequena durante toda a cerimônia

“Além disso, era mais fácil carregá-la. Sabíamos que a missa seria de pelo menos 45 minutos e foi bem na hora dela dormir. Ela ia precisar de mim e eu não queria me preocupar. Ela realmente adormeceu cerca de 20 minutos depois de cerimônia”, fala a noiva .

Leia também: Noiva surpreende pai em hospital para dançar com ele no dia do casamento

No sling, a pequena Ellora conseguiu participar do casamento dos pais de uma forma única e especial
Laura Schaefer
No sling, a pequena Ellora conseguiu participar do casamento dos pais de uma forma única e especial

Dalton ainda comenta que não se sentiu cansada por carregar a filha durante todo aquele tempo, que foi cerca de uma hora. De acordo com a mãe, ao contrário do que se pode pensar sobre a presença de crianças em um casamento, não teria como a cerimônia ser mais tranquila.

“Eu não teria feito de outra forma”, fala. “Não há criança mais comportada do que uma dormindo. Eu ainda a segurei nos meus braços enquanto meu marido e eu fizemos nossos votos. Foi realmente especial para nós”.

As fotos do casamento  ficaram encantadoras e estão circulando pelas redes sociais.

Leia também: Noiva interrompe próprio casamento para amamentar a filha

Benefícios do sling

O uso de sling proporciona uma série de benefícios não apenas para o bebê, mas também para a mãe
Laura Schaefer
O uso de sling proporciona uma série de benefícios não apenas para o bebê, mas também para a mãe

O carregador proporciona uma série de benefícios tanto ao bebê quanto à mãe. Ao levar à criança em uma amarração, a mãe permanece com a coluna alinhada, aliviando possíveis dores e proporcionando conforto.

Em relação aos pequenos, eles ficam bem próximos à quem está carregando, o que regula a temperatura corporal, os batimentos cardíacos e a respiração. No sling , o bebê se sente mais seguro e protegido. Além disso, estudos comprovam que crianças que são carregadas dessa forma choram menos e têm menos cólica.